Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 20 de Setembro 2018
Por Maria Helena


Barreiro / Moita - Edição impressa jornal «Rostos»
Baixa da Banheira das zonas que mais vai sofrer com instalação do aeroporto no Montijo


Inferências-Líder do PP espanhol defende TGV Lisboa - Madrid
Será de novo a margem sul e Barreiro na encruzilhada das indefinições da história?


Rota 66 - Barreiro
«A gente fala lá fora»


A(nota)mentos - Recuperação do património ferroviário do Concelho do Barreiro
Armazém de Víveres e o Dormitório da CP são trocos


Inferências - Barreiro
Quais as marcas dos mandatos autárquicos ? ( I)


A(nota)mento
Barreiro – a importância da arte urbana no fazer cidade


Por dentro dos Dias
Barreiro - um tempo de percepções sem perspectivas


COLUNISTAS
A Retribuição Mínima Mensal Garantida
José Caria
Montijo


As pessoas ainda contam
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Descascando a cebola
Nuno Santa Clara
Barreiro


Prioridades e importância
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


É falta de educação não responder às perguntas ou não cumprir o que se promete
Por Nuno Cavaco
Moita


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


CARTA AO DIRECTOR
Carta ao Director
Para quando a Câmara Municipal da Moita resolve está situação?


BASTIDORES
Mais quatro diplomas da Descentralização aprovados em Conselho de Ministros
Proteção Civil, Saúde animal, Habitação e Estruturas de atendimento


Redução do IMI no Barreiro
Aprovada proposta do PSD


Encontro de socialistas de todo o distrito de Setúbal
Grande comitiva nas Festas da Moita


HOSPITAL DO BARREIRO SEM ÁGUA DEVIDO A INTERVENÇÃO DA CMB
O INCRÍVEL ACONTECEU


Bruno Vitorino volta a apresentar proposta para reduzir o IMI no Barreiro
Criação do IMI familiar também em discussão



Bloco de Esquerda - Moita
Em defesa da cultura ribeirinha do tejo


Bloco de Esquerda reuniu com «Plataforma Cívica Aeroporto BA6-Montijo Não»
A necessidade de um debate o mais amplo possível é uma preocupação


Eleitos da CDU na Assembleia Municipal da Moita
Transferência de competências colocam em causa a sustentabilidade das Autarquias


Barreiro - Obras de requalificação na ponte pedonal
PSD alerta para degradação da ponte pedonal da Recosta


CONVERSAS DE 2 MINUTOS
Barreiro – Alfaiate Borges com 92 anos
«Os fatos portugueses são os melhores do mundo»


Barreiro - «Má Raça» um dos rostos da arte in town>
Quando nasci estavam a construir a muralha da Avenida da Praia


ENTREVISTA
Moita - Nuno Cavaco, freguesia da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira
Balneários e relvado no campo do UDCB avançam sem apoio do Poder Central


José Figueiredo, Bombeiros Voluntários do Barreiro
«A minha maior alegria é estar a comandar este corpo de bombeiros»


Sara Oliveira, Provedora da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro
«É muito difícil ver pessoas sofrer e sentirmos a impotência»


AS EMPRESAS
Greve dos enfermeiros no distrito de Setúbal
Adesão acima dos 70%


Transporta diariamente cerca de 70 mil passageiros entre Setúbal e Lisboa
Fertagus apresenta comboio decorado «Setúbal é um mundo»


Semana Europeia da Mobilidade 17-23 de Setembro
Fertagus promove o uso do transporte em Lisboa e Setúbal


Melhorar a oferta portuária de Setúbal
Permitindo a receção de navios maiores e mais modernos


ACT Barreiro promove ação de sensibilização na Riberalves na Moita
Promover a melhoria das condições nos locais de trabalho


ACT- Barreiro e a Câmara da Moita promovem Seminário
Avaliação de Riscos Profissionais - Organizações Públicas e Privadas


Na Quinta da Margueira em Almada
1º Fórum Empresarial da AISET- Associação da Indústria da Península de Setúbal


DESPORTO
No Barreiro 97 atletas de todos os escalões
Participaram na 5ª Etapa do Circuito Nacional de Remo de Mar - 2018


Campeões Nacionais do Clube de Vela do Barreiro
Câmara Municipal aprova saudação por unanimidade


CV Barreiro- Vasco Soares sagra-se Campeão Nacional de Infantis
Madalena Wanzeller sagra-se Campeã Nacional de Infantis feminina (3º lugar ge


AS ESCOLAS
Setúbal - Nova pós-graduação em Intervenção Social e Práticas Artísticas
Seminário de divulgação agendado para 26 de setembro


Setúbal - Obras científicas são lançadas na Fundação Gulbenkian
Investigadoras do IPS estudam voz cantada e a fala na primeira infância


Equipa da EST Barreiro /IPS conquista 3.º lugar com projeto na área da Biotecnologia
Politécnico de Setúbal sobe mais uma vez ao pódio do Polie


«As nossas 25 escolas básicas estão cada vez mais bonitas»
Presidente da Câmara da Moita visitou escolas requalificadas


Escola Profissional Bento de Jesus Caraça
Graffiti Barreiro Tour EPBJC


REPORTAGEM
Barreiro - Declarações Politicas das forças políticas
Criticada a ausência de maioria do executivo Municipal


Barreiro – Moções, recomendações e saudações
Aprovação por unanimidade na Assembleia Municipal


Psicologia deve ter um papel no desenvolvimento da comunidade
Psicólogos do Barreiro querem implementar programa de acção no concelho


Colocar o Barreiro no mapa da formação náutica
19 barreirenses receberam Certificado de Pescador


Sistema led em toda a iluminação pública do concelho do Barreiro
Actualmente o encargo anual com a iluminação pública são 850 mil euros


Barreiro - Plataforma Cívica BA6 - Montijo Não
Vai avançar com petição para o tema ser debatido nas Assembleias Municipais


MOLDURA
Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados realiza em Sintra
Conferência sob o tema «Justiça e Comunicação Social»


No Barreiro foram detidas duas mulheres com 41 e 67 anos por tráfico de estupefacientes
Apreendidas 160 Doses de Cocaína e 166 Doses de Heroín


Dia Nacional dos Castelos em Palmela
Assinalado com Curso sobre Castelos Medievais Portugueses
. Inscrições abertas até 3 de outubro


Barreiro / Moita - No dia 29 de Setembro pelas 10:00 horas
Marcha de Protesto contra infraestrutura aeroportuária na Base do Montijo


Na Cooperativa Cultural Popular Barreirense - Barreiro
Seminário «Patologia Mamária: uma causa de todas as mulheres»


Semana Europeia da Mobilidade no Barreiro
«Passe a Passe» e «1 Dia com os TCB» assinalam


Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro dias 5 e 6 de Outubro
Revelado o cartaz completo do OUT.FEST 2018


No Barreiro apresentação nacional do «Iberia Brass Quintet»
Quinteto do Conservatório de Amesterdão inclui barreirense João Canelas


Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro
Apresentação do livro «Tantas Cores Dentro de Mim»


Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete
Promovem «Passeios de Bicicleta»
. Dia 22 de Setembro


Barreiro - Mais de uma centena de pessoas participaram na 13ª edição da «Subida do Coina»
13 anos a valorizar o património do Rio Coina


Na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro
NaturBRR – II Mostra de Imagem de Natureza da Cidade do Barreiro


AUTARQUIAS
Concurso público estará concluído antes do final deste ano
BARREIRO AVANÇA COM ILUMINAÇÃO LED


OPINIÃO
Pela Valorização das Assembleias Municipais
Por Pedro Vasconcelos Almeida
Barreiro


Farmácias Solidárias: Finalmente uma realidade em Almada
Por Sara Machado Gomes


RESPECT
Por Rui Lopo
Barreiro


SE O EUSÉBIO AINDA JOGASSE…
Por Luís Tiago
Barreiro


A falta de transparência municipal na concessão de apoios financeiros
Por Alcídio Torres
Montijo


Como melhorar a nossa Automotivação?
Por Sandra Pereira
Barreiro


O AÇAMBARCAMENTO DA OSTOMIA
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS FARMÁCIAS E O BUSINESS DA OSTOMIA
Por Vitor Bento Munhão
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Barreiro - Exploração do bar do Santoantoniense Futebol.
CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO


Barreiro - Associação de Mulheres com Patologia Mamária
Assembleia Geral no próximo dia 27 de Setembro.


CULTURA
Barreiro - Feira Quinhentista de Coina
Dia 21 abre portas às 14h00 à Comunidade Educativa


POSTAIS
PS e CDU deviam terminar com o clima de crispação
Deviam tentar dialogar em prol do Barreiro.


PAN recomenda medidas para Barreiro Acessível
Campanha de sensibilização sobre ocupação abusiva de lugares de pessoas com deficiência


Bombeiros Voluntários do Barreiro – CSP
Aberto «Auto de Averiguações» ao caso de «Abertura de Porta»


Crónicas do Algarve
Acerca de medo, de medos e de fantasmas


Unanimidade sobre Pólo Ferroviário do Barreiro
Como elemento estratégico de desenvolvimento regional e do país


Instalação do terminal de contentores da APL no Barreiro
Assumida a necessidade de promoção de um amplo e franco debate


Barreiro – Encontro na Praceta Frei Luís de Sousa
Manter vivas as relações dos «jovens da praceta»


Barreiro - Programa POLIS vai avançar em duas fases
Uma na zona verde a outra nas infraestruturas da zona habitacional


Moita - Mais de 15 mil pessoas na Tarde do Fogareiro
«Um espirito saudável que junta muitos amigos»


Barreiro - Vela no Desporto Escolar
Vai nascer Centro de Formação no Clube de Vela


Taxa de Analfabetismo no Barreiro é de 3,5%
Novos tipos de iliterados que são os info-excluídos


Barreiro - Obras no Moinho Pequeno
Funcionária da Câmara afirma que actual executivo limitou-se a levantar suspensão da obra


Terminal de Contentores do Barreiro
Estudo de Impacto Ambiental terá parecer positivo da Câmara


Barreiro - Quinta Braamcamp tem capacidade de construção
Um projecto imobiliário interessante


Barreiro - Aumento de acções de desinfestação
Pragas de baratas e ratos causam impacto financeiro


Na Galeria de Artes do Forum Barreiro
Exposição de pintura de Carolina Santos


AGENDA
Barreiro - Com encenação de Diogo Infante
Teatro «O Deus da Carnificina» no AMAC


EUROPA
Comissão Europeia regista a iniciativa
«Acabar com a fome que afeta 8 % da população europeia»


Comissão Europeia regista iniciativa
sobre «Cidadania Permanente da União Europeia»


inferências rostos.pt - o seu diário digital

Inferências - Barreiro
Quais as marcas dos mandatos autárquicos ? ( I)

Inferências - Barreiro<br>
Quais as marcas dos mandatos autárquicos ? ( I)Considero, na verdade, que é interessante pensar e deixar para memória futura estas notas, sobre a acção do Poder Local no Barreiro – o que todos eles fizeram e as suas marcas inscritas na vida real.

Desde as primeiras eleições autárquicas foram eleitos no concelho do Barreiro cinco presidentes da Câmara Municipal, todos eles residentes na zona urbana da extinta freguesia do Barreiro, e, até, inclusivé, Helder Fráguas, Presidente da Comissão Administrativa que geriu os destinos da autarquia até 1976. Isto não é nada de especial, mas permite sentir a influência do chamado «centro da cidade» no pulsar do concelho.

Barreiro - Quais as marcas dos mandatos?

Um destes dias dei comigo a reflectir sobre as marcas legadas pelos mandatos dos sucessivos executivos municipais e respectivas lideranças.
Quais as marcas dos mandatos? – perguntava a mim mesmo.
Deixando de lado a presidência de Helder Fráguas, que liderou uma Comissão Administrativa reconhecida como exemplar, pela diversidade de opiniões, pelo seu pluralismo e pela forma nobre de colocar acima de todos os interesses a valorização do concelho e a resolução dos problemas. Todos exercendo uma acção de intervenção na vida local assente no voluntariado.

Helder Madeira – resolução das águas, saneamento e arruamentos

Helder Madeira foi o primeiro presidente da Câmara Municipal do Barreiro, exerceu vários mandatos, de 1976 até aos anos 90. Viveu um tempo de grandes dificuldades, aquele que foi pioneiro na busca de caminhos e consolidação do Poder Local.
Se olharmos para a paisagem urbana, ao nível visual, uma marca dos seus mandatos é o depósito de água do Alto da Paiva. Foram anos para resolver problemas de abastecimento de água ( nas horas de ponta faltava a pressão nos mais diversos locais do concelho, do Lavradio a Santo André e em muitas zonas rurais não existia abastecimento de água domiciliário). Foi o resolver os problemas ao nível do saneamento básico. Foi estruturar a recolha dos resíduos urbanos, criando um sistema, introduzindo os contentores e as viaturas de recolha. Foi o acabar com a Lixeira de Coina. Foi a construção de centenas de quilómetros de passeios e arruamentos, dando sentido ao conceito que a habitação continua no espaço urbano – criando zonas de lazer, polidesportivos, parques infantis, criando zonas verdes, plantando milhares de árvores – a poluição dos contactos da CUF ainda se fazia sentir. Tudo isto, muitas vezes, com recurso a empréstimos, porque a Lei de Finanças Locais, raramente era cumprida. Uma tensão permanente, ao ponto de em certa altura, foi necessário recorrer a um peditório para comprar gasóleo para os autocarros.

E, foram negociações de terrenos que deixaram em aberto as condições para que, nos mandatos seguintes pudesse avançar a construção do Parque da Cidade e as Oficinas dos TCB, até mesmo, o abrir caminhos para a implementação do POLIS.
Ficou, igualmente, inscrita a proposta de construção da ETAR no Lavradio, para iniciar o processo de tratamento dos esgotos urbanos. Foi feito muito trabalho ao nível do saneamento, no que diz respeito à separação de esgotos fluviais e domésticos.
As marcas da gestão de Helder Madeira são essas da resolução de problemas de águas, saneamento, arruamentos e criar espaços de lazer.
Outra marca dos seus mandatos foi a Urbanização da Cidade Sol, um espaço moderno, que introduzia uma novo conceito de urbanização. Uma urbanização que era visitada por estudantes universitários de arquitectura – este era um caso de estudo.
Os seus mandatos foram vividos num tempo de viragem, emergia o processo de desindustrialização.
A marca da cidade dominante começou a ser o desenvolvimento da área serviços. Nasceu o Hospital do Barreiro.
Helder Madeira, era aquele presidente que conduzia o seu próprio carro, que assumia com entrega plena a sua acção autárquica, como uma continuidade da sua militância politica.
Em todos os seus mandatos todos os eleitos, de todas as forças politicas – do MDP/CDE ao PS, do PSD ao PRD – todos assumiam pelouros ou pelourinhos. Uma prática de co-operação que já vinha da Comissão Administrativa.
Esta dinâmica permitiu, por exemplo, dar passos pioneiros, no país, ao nível da Protecção Civil, um pelouro atribuído a João Pintassilgo, eleito pelo PS.
No plano desportivo foram dados os primeiros passos de implementação de Planos de Desenvolvimento Desportivo. As Festas da Cidade e a Barrind, proposta Manuel Pina, eleito PS, responsável pelas actividades económicas. Foram marcas que se inscreveram na memória do Poder Local do concelho do Barreiro.

Olhar o Depósito do Alto da Paiva – a nossa torre, quer marca a entrada da IC 21 – é sentir ali, o símbolo de uma gestão autárquica que, acima de tudo, procurou melhorar as condições de vida e dar qualidade a um espaço urbano que foi herdado de antes do 25 de Abril, de ruas sem passeios, sem arruamentos. Sair de casa e colocar os pés na lama ou no pó.
Ou, ainda, pôr fim, na época, com a construção da passagem desnivelada, a horas de espera na rua Miguel Bombarda, devido à constante passagem de comboios. Outra marca da gestão de Helder Madeira.
E, por fim, acrescento a Biblioteca Municipal do Barreiro, um equipamento moderno, na época considerado pioneiro e inovador, era mesmo, uma uma referência de biblioteca pública ao nível nacional.

Pedro Canário – o inicio da modernização do espaço urbano

Seguiu-se a gestão liderada por Pedro Canário, um tempo já diferente, ser eleito já era até apetecível, os ordenados dos autarcas eram convidativos.
As marcas inscritas no tecido urbano dos mandatos de Pedro Canário são o Parque da Cidade e as Oficinas dos TCB, Pavilhão Municipal Luís de Carvalho, Mercado do Lavradio.
Um autarca que colocou como objectivo prioritário modernizar a gestão, nesse sentido iniciou um amplo processo de informatização dos serviços, com formação aos trabalhadores. Iniciou um processo de estudo dos serviços no sentido de estabelecer uma ponte entre os objectivos e a estrutura funcional.
Nos seus mandatos avançou a urbanização dos Fidalguinhos. Uma nova realidade urbana.
No âmbito desportivo cresceram os planos de desenvolvimento a outras modalidades, e, também, programas de desenvolvimento cultural. O tema dos descobrimentos passa a integrar a agenda politica local. No Barreiro realizaram-se as comemorações nacionais, promovidas pela Marinha, para assinalar os 500 anos da descoberta da India. Nas escolas desenvolve-se um programa multidisciplinar – A Viagem, uma referência.
No âmbito do PER, liderado por Eduardo Porfirio, vereador PSD, inicia-se um programa destinado a acabar com as barracas no concelho, neste contexto nasce o Pavilhão Municipal Luís de Carvalho.
Foi desenvolvido o programa do POLIS, que não obteve aprovação.
Foi construído o Mercado Municipal do Lavradio e desenvolveu-se o projecto do Centro Comunitário do Lavradio e do AMC.
A situação financeira da autarquia nunca foi de respirar com tranquilidade, o recurso a empréstimos para garantir investimentos e uma gestão equilibrada foi sempre uma prática corrente na gestão, quer de Helder Madeira, quer de Pedro Canário. Os orçamentos regra geral eram inflacionados, assim continuou a ser na gestão de Emidio Xavier, eleito pelo PS.
No fase final do seu mandato, em sequência do processo da ETRI, Pedro Canário, convidou o Arquitecto Manuel Salgado, para pensar a importância do território da antiga CUF no desenvolvimento do concelho.
Com esta decisão contribuiu para abrir um dossier, à margem do PDM, no sentido de colocar na agenda local a necessidade de se pensar a cidade para além do seu espaço urbano e ligar o seu desenvolvimento ao território da antiga CUF.
Recorde-se que ainda hoje, está em vigor, o PDM – Plano Director Municipal, que foi aprovado na gestão de Pedro Canário, salvo erro 1992.
Ainda hoje, este continua a ser um tema em aberto, apesar de terem sido dados alguns passos positivos de abertura da fábrica à cidade.
Igualmente, penso que foi na sua gestão que foi aberto o caminho para nascer o projecto do Retail Planet, gerando um novo polo de desenvolvimento do concelho.

Mandatos de Emídio Xavier e Carlos Humberto

Todas estas notas, não foram fruto de qualquer investigação rigorosa, são escritas com base no recurso à memória, no pensar sobre o vivido.
Num segundo texto, irei abordar os mandatos de Emídio Xavier, o primeiro presidente da CMB eleito pelo Partido Socialista e Carlos Humberto, CDU, que concluiu os três mandatos, antes do actual de Frederico Rosa.
Para já, fica só a nota que, na verdade, o mandato de Emídio Xavier, foi decisivo para aprofundar o debate da ligação do centro da cidade à fábrica, a ligação às zonas ribeirinhas e colocar na agenda politica local a Mata da Machada.

Quanto a Carlos Humberto os seus mandatos foram decisivos para pensar e definir estratégias para os territórios ferroviários, dinamizar as zonas ribeirinhas, abrir o território da ex-CUF à cidade e estabelecer o diálogo com o Poder Central, quer com o PSD, quer com o PS, para que este assumisse as suas responsabilidades na reconversão e revitalização dos espaços vitimas da desindustrialização, nomeadamente dinamizando acções numa estreita parceria com a Baía do Tejo.
O processo das AUGI’s viu finalmente uma luz ao fundo do túnel e os TCB abriram as portas ao futuro.
Mas, sobre estes dois mandatos, aprofundaremos a reflexão em próximo artigo.

Considero, na verdade, que é interessante pensar e deixar para memória futura estas notas, sobre a acção do Poder Local no Barreiro – o que todos eles fizeram e as suas marcas inscritas na vida real.
Naturalmente, muito mais há para dizer, tanta actividade realizada, mas essas, são as tais coisas que não ficam inscritas no território, quanto muito são marcas de tempos vividos, nomeadamente, as formas de estar, de comunicar e de ligação à cidade e cidadania.

António Sousa Pereira

09.09.2018 - 20:59
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2018 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND