Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 24 de Junho 2018
Por Maria Helena


Rosto da Semana – Barreiro
Sara Ferreira – palavra dada é palavra honrada


A(nota)mento - Barreiro
Evocação do cidadão Alcino Monteiro


Por dentro dos dias – Barreiro
Liberdade rima com Dignidade


Inferências
Barreiro a necessidade de pensar em conjunto
– a fábrica e a cidade!


COLUNISTAS
A Leste Nada de Novo
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Estou chateado!
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


É falta de educação não responder às perguntas ou não cumprir o que se promete
Por Nuno Cavaco
Moita


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


MONTIJO - AGIR NO PRESENTE,PREPARAR FUTURO
Por José Caria


BASTIDORES
Nuno Magalhães deputado do CDS-PP eleito pelo círculo de Setúbal
Visitou os postos da GNR na Trafaria em Almada e em Paio Pires no Seixal


Moita - O edifício tem de estar à altura do serviço que nele se presta
PS RECLAMA DIGNIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA DO VALE DE AMOREIRA


Moita - Pavilhão Desportivo da Escola Secundária da Baixa da Banheira
Verdes Exigem a Construção


ENTREVISTA
Barreiro - Naciolinda Silvestre, Presidente da União de Freguesias de Palhais e Coina
«Uma freguesia que dá qualidade de vida a quem cá está»


Barreiro - Isabel Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Santo António da Charneca
«Não quero que a minha freguesia seja uma freguesia peri


AS EMPRESAS
Serviço de Praias TCB 2018 - Transportes Colectivos do Barreiro
Início dia 30 de Junho


Novas fardas dos funcionários dos Transportes Colectivos do Barreiro
Apresentação de Livro dos TCB


DESPORTO
Ribeirinho da Baixa da Banheira venceu Forum Barreiro Night Run 2018
Ana Correia e Marco Tavares os vencedores individuais


Passeio Informal do Barreiro no dia 24 de junho
Dirigido ao público em geral


Torneio de Minibasquete do GDESSA - Barreiro
150 meninas encheram Pavilhão Municipal


Associação de Basquetebol de Setúbal organiza no Barreiro
Torneio Distrital de 1x1 e lance livre de sub14 masculinos e femininos


Barreiro - Ginastas da Associação Trampolins Fabriltramp
Ana Renata Paulino e Raquel Solposto em 3º. lugar nacional


Moita - Ginastas do GAC da Baixa da Banheira
Campeãs Nacionais em Trampolim Individual.


PERSONALIDADES
Barreiro - Faleceu Cardoso Ferreira
Antigo deputado municipal eleito pelo Partido Socilaista


AS ESCOLAS
Setúbal - Colocar os estudantes em contacto com o seu futuro contexto profissional
Escola Superior de Saúde apresenta projetos de intervenção c


Conselho Municipal de Educação do Barreiro
Toma posse para o quadriénio 2018-2021


Barreiro - Escola Profissional Bento Jesus Caraça
Aula com a Fotografa Vera Marmelo.


REPORTAGEM
Barreiro - Conversa à Mesa com Marta Baeta um encontro com sabores do Quénia
Uma favela onde residem cerca de 2 milhões de pessoas


Barreiro - Plataforma Cívica BA6 - Montijo Não
Vai avançar com petição para o tema ser debatido nas Assembleias Municipais


Moita - Festas Populares da Baixa da Banheira em honra de São José Operário
«Seremos visitados por cerca de 30 mil pessoas»


Barreiro – Coral TAB e Russkii Klub
Uma noite com ritmo e a perfeição da «simbiose» entre as vozes e a dança


Barreiro - Um dia não é suficiente para visitar e ver todas as obras da 9ª Colectiva de Artes
Mais de 120 obras dos alunos de Casquilhos


Barreiro - Por fim às indignas condições de trabalho
Esta não devia ser uma preocupação do século XXI


Centro de Formação de Professores Barreiro – Moita
Vai ter professor destacado para desenvolver o trabalho da autonomia curricular


«Os Mistérios do Sexo» pelo Teatro de Ensaio do Barreiro
Como através do sorriso é possível pensar o mundo e a vida


Barreiro - «Jogo de Massacre» uma peça que é ArteViva
Um espectáculo onde a morte afirma-se com um grito à vida.


MOLDURA
Concerto com Miguel Gameiro no Barreiro
Espetáculo «MARIA» dedicado à figura da mulher


Encontro com Energia na Baixa da Banheira - Moita
COMO GERIR E POUPAR ENERGIA?


Passeio de Bicicletas Antigas do Barreiro
Inscrições gratuitas.


Barreiro - 20º Concurso de Gastronomia Ribeirinha
Tendo como base produtos originários ou característicos dos rios Tejo e Coina


No Largo do Mercado Municipal 1º de Maio - Barreiro
Mundial de Futebol 2018 em Ecrã gigante


Barreiro - Mata da Machada vai voltar a estar protegida por jovens voluntários
Colaboração de cerca de 50 jovens na deteção precoce de eventuai


AUTARQUIAS
Moita - Candidatura à inscrição no Património Cultural Imaterial da UNESCO.
Técnicas de embarcações do estuário do Tejo no Estaleiro Naval de


Transportes Colectivos do Barreiro
Apresentam Livro e novas fardas em dia simbólico para os TCB



Barreiro - Novo Balcão Único na Rua Teresa Borges
Obra de adaptação inicia a 25 de junho


BARREIRO - CONDICIONAMENTO / CORTE DE TRÂNSITO
Na Avenida do Bocage a partir de 21 de Junho


Câmara Municipal do Barreiro assina protocolo com escolas
Atribuição dois manuais escolares a todos os alunos que estudam e residem no Concelho


ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO MUNICIPIO DO BARREIRO
Um dos temas da reunião da Assembleia Municipal em Coina


Transportes Colectivos do Barreiro
Alteração de Horários
. Período de Férias Escolares


OPINIÃO
Fazer a diferença
Hélder Leal Rodrigues
Barreiro


Vamos ocultar a nossa história?
Por Luís Murilhas
Barreiro


Gerir o medo
Por Sandra Pereira
Barreiro


O AÇAMBARCAMENTO DA OSTOMIA
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS FARMÁCIAS E O BUSINESS DA OSTOMIA
Por Vitor Bento Munhão
Barreiro


A evolução tecnológica e o risco das fake news
Por Carlos Aguiar
Barreiro


Aproximadamente 22% da população portuguesa sofre de Rinite Alérgica.
Por Cândida Bizarro, Inês Ribeiro e Maria Inês Silva
Barreiro


PATRIMÓNIO INDUSTRIAL COMO GERADOR DE CONHECIMENTO
Por Leal da Silva
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Moita - Sessão Pública na Baixa da Banheira
Sobre o estado de degradação da saúde pública na Baixa da Banheira


Moita - 47ª Feira do Livro de Alhos Vedros
No Largo do Coreto de 28 de Junho a 1 de Julho


Moita - Ginásio Atlético Clube da baixa da Banheira
Comemorações do 80º Aniversário


CULTURA
Barreiro - Ministro da cultura visita a exposição da Ephemera
«O que faz falta é agitar a Malta» no parque empresarial da Baía do Tejo


Associação Barreiro – Património,Memória e Futuro considera um crime
Câmara Municipal arrasou o Moinho Pequeno


LIVROS
«Histórias do Advento» de Susana Talete do Barreiro
Da escrita diária sobre a realidade..ao mundo da fantasia partilhada


POSTAIS
«Uma viagem pelo Barreiro – TCB 60 anos - 1957 -2017» de Bruno Vieira Amaral
Um livro para sentir e pensar o concelho de ontem, de hoje e do fu


Instalação de Posto de Gás Natural nos Transportes Colectivos do Barreiro
Proposta aprovada por unanimidade


Barreiro - Aprovada por unanimidade proposta de aquisição
de 60 autocarros a gás natural comprimido para os TCB


Imortalizar património do Barreiro com fotografias de qualidade
Exposição «Lugares com história-Barreiro»


Barreiro – Reconstrução do Moinho Pequeno arrancou como ‘vem de trás’
Avança estudo para praia interior na Caldeira do Moinho Grande


Moita – Festas Multiculturais do Vale da Amoreira
Música, Dança. Gastronomia, Exposições, Artesanato e Animações Culturais


EUROPA
Orçamento da União Europeia
Comissão Europeia propõe investir 9,2 mil milhões de EUR no primeiro programa digital de sempre


Comissão Europeia publica relatório
sobre a aplicação da Carta dos Direitos Fundamentais na União Europeia em 2017


opinião rostos.pt - o seu diário digital

Sobre os incêndios florestais e incendiários
Por Rui Lopo
Barreiro

Sobre os incêndios florestais e incendiários<br />
Por Rui Lopo<br />
BarreiroA verdade é que no “mapa” das alterações climáticas muitas das zonas que arderam nesta fase critica de incêndios florestais estava identificada como zona de risco e de potencial aumento deste fenómeno, sendo informação conhecida técnica e politicamente!

Interesso-me pela natureza desde pequenino, de forma mais consciente desde o início da adolescência, e com opinião politica (entenda-se que não necessariamente partidária) desde os meus 16 anos.
O meu passatempo de observar aves, que em tempos idos foi muito mais do que isso, levaram-me a conhecer praticamente todo o país, alguns locais com muito detalhe e portanto, as nossas serras, os nossos bosques e florestas.
Esta prática e esta atenção sobre os nossos espaços naturais, faz com que não me recorde de nenhum ano em que não me revoltasse sobre o Portugal que invariavelmente arde ano após ano, à vista de todos.

Não acordei agora, não me indigno apenas em 2017. Fi-lo, entre outras, quando uma parte significativa de locais do médio tejo arderam em 2003 de Niza a Proença a Nova, passando por Vila Velha de Rodão, ou em 2005 em parte do Vale do Zêzere na serra da Estrela, ou ainda a serra da arrábida em 2004. E antes disso muitas outras vezes.
Estamos perante uma catástrofe nacional que obrigaria a lucidez, análise critica, firmeza e convicção.
Infelizmente estamos a observar um inaceitável aproveitamento politico e não apenas dos que estão no parlamento, mas de toda a sociedade que assume cada vez mais uma radicalização de posições perigosa e preocupante, em que se critica de forma leviana, só “porque sim” ou só porque a proposta ou a opção vem do outro partido politico.

Assistimos também a uma versão preocupante dos que mediaticamente são “bonzinhos” e que não criticam ou até procuram ser consensuais mas que se fazem rodear de uma horda de opinadores públicos (locais e nacionais), verdadeiramente incendiária, que “bate em tudo quanto mexe”, abrindo portas à tal radicalização de posições, aos ódios, aos boatos e maledicência. Passa-se uma má imagem da politica e de quem a pratica, um caminho perigosamente complexo que me preocupa de sobremaneira.
Pessoalmente não me revejo e afasta-me.
Não podemos “enfiar a cabeça na areia”. O que temos, é e foi da responsabilidade do nosso voto, das escolhas que fazemos, dos caminhos que percorremos como sociedade.

A titulo de exemplo, recordo que em 2001 foi extinta a fundação para a prevenção e segurança, inicialmente criada com o objetivo de trabalhar os conteúdos de prevenção /sensibilização contra os incêndios florestais e posteriormente alargada a questões de segurança rodoviária, e cuja responsabilidade da sua criação foi do então secretário de estado Armando Vara, fundação extinta porque foi dado a conhecer a utilização de verbas para ações que de prevenção já tinham muito pouco, concretizadas muitas vezes em autarquias com finalidades eleitorais.
Ou, sabemos mesmo (?) todos que alguns daqueles municípios – governados por diferentes forças politicas - rodeados de floresta por todos os lados não tinham planos de prevenção aprovados? Não se entenda com isto que estou a responsabilizar os autarcas, é mesmo só para refletirmos se agimos e pensamos com toda a informação necessária.

A verdade é que no “mapa” das alterações climáticas muitas das zonas que arderam nesta fase critica de incêndios florestais estava identificada como zona de risco e de potencial aumento deste fenómeno, sendo informação conhecida técnica e politicamente!
Mas a motivação deste meu texto surge da declaração ao país do Presidente da República na sequência dos malogrados incêndios florestais de Outubro de 2017, sobre a qual procurei guardar a necessária distancia higiénica para que a emoção não se sobreponha na reflexão, particularmente quando é afirmado que “(…) Portugueses houve que não viram os poderes públicos como garante de segurança e confiança (…)”.

Gostava que todos refletíssemos sobre esta frase e a sua aplicabilidade em tantas matérias da nossa sociedade, no apoio social, na nossa justiça, na qualidade ambiental, ou no serviço nacional de saúde (SNS), sublinho este último porque é mais fácil de entender o que quero dizer: porque quando admitimos que existem doentes que não podem ser tratados dentro de um determinado intervalo de tempo, estaremos a conferir-lhes segurança e confiança nos poderes públicos? No mesmo registo, quando o governo de Passos Coelho opta por diminuir os recursos financeiros do SNS (para além ou não dos limites da troika entenda-se) sabia que estava a aumentar a taxa de mortalidade, sendo provável que por essa medida tenham sucumbido mais portugueses por mês no que no total do inaceitável verão / outono de 2017…

Reflitamos sobre o que nos dizem e como dizem, e até, porque dizem. Apuremos sempre as responsabilidades, responsabilizemos os responsáveis, culpemos os culpados com o bom senso que estas coisas obrigam, porque não há ingénuos nem atos únicos. O mais importante de tudo: tomarmos medidas para transformar a realidade no curto, médio e longo prazo. Esta e outras realidades.
Ou então como diz o/a poeta “vão sem mim que eu vou la ter”.

24.10.2017 - 20:25
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2018 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND