Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 23 de Março 2017
Por Maria Helena


A(nota) mentos - Barreiro
Vivemos numa democracia pluralista


Por dentro dos dias – Barreiro
Um escola que valoriza a cultura de «protecção civil»


Barreiro - Notas do meu blogue
Sorrir…sorrir..sorrir.. .


BARREIRO - A(nota)mentos
Que se passa com o serviço publico nos barcos no Tejo?


COLUNISTAS
MINHOCAS
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


MARÇO JUVENTUDE
Por José Caria
Montijo


Acordo Ortográfico
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


Aviões e navios
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Mário Soares, um Presidente Ambientalista!
Por Nuno Banza
Barreiro


OH PAI NATAL...VAI MAS É DAR BANHO ÀS RENAS !!!
Por Kira
Barreiro


Tratam-nos da saúde
Por Nuno Cavaco
Moita


BASTIDORES
Deputados do PCP no Parlamento Europeu na região de Setúbal
«Produção, Emprego, Soberania – Libertar Portugal da submissão ao euro»


Moita - Luis Chula candidato do Partido Socialista à presidência da Câmara
Eurídice Pereira para presidência da Assembleia Municipal


Incêndio na SAPEC em Setúbal
Bloco de Esquerda exige resposta imediata na prevenção e segurança


Bruno Vitorino assume que esta é uma candidatura para «mudar o Barreiro»
Uma «terra mais segura e com regras, uma terra limpa e recuperada e um


Problemas da ligação fluvial entre Barreiro e Lisboa
Nuno Magalhães quer saber o que está o Governo a fazer para resolver


Conversa Ecologista no Barreiro
STOP ao CETA - Acordo Económico e Comercial Global entre a UE e o Canadá


Barreiro - Bruno Vitorino diz que eventual encerramento
do balcão da CGD no Lavradio irá prejudicar a população


Partido Socialista do Barreiro aprovou por vastíssima maioria
Os candidatos a vereadores na Câmara Municipal do Barreiro


CONVERSAS DE 2 MINUTOS
Barreiro - Francisco Pacheco, atleta amador do Grupo Desportivo «O Independente»
Um campeão nacional que vive o atletismo com prazer


Terminal de Contentores do Barreiro
Até ao fim do ano o concurso vai ser lançado


O novo «Pastel Aldegalega» do Montijo
Apresentou-se na BTL 2017


Barreiro - Projecto de experimentação musical
Sentir a «felicidade extrema, no momento de tocar»


ENTREVISTA
Barreiro - Uma viagem pela obra de André Letria
A Foxy e Meg continuam presentes na memória de pais e filhos


Frederico Rosa, candidato do Partido Socialista à Presidência da CMB
Barreiro tem que ter na área Metropolitana de Lisboa um posicionamento de


AS EMPRESAS
Ligação fluvial Barreiro – Terreiro do Paço
Devido a Greve não são garantidos os serviços
. Dia 23 de Março


Baía do Tejo e Municípios de Almada, Barreiro, Seixal e Lisboa juntos em Cannes
Lisbon South Bay em destaque no MIPIM


App inovadora criada por empresa do Barreiro
Nomeada para a fase final dos prémios FUNDACOM Miami 2017


DESPORTO
BARREIRO - 5 Velejadores do Clube de Vela apuram-se para o Nacional
4ª Prova Apuramento Regional – Optimist juvenis no Seixal


Rosto do Ano 2016 na área «DESPORTO»
Grupo Desportivo da ESSA – uma clube de referência nacional


Barreiro - Clube Naval Barreirense
Campeonato Nacional e Open de Portugal Remo Indoor 2017


AS ESCOLAS
Alunos das Escolas do 1º, 2º e 3º ciclos e ensino secundário do Concelho do Barreiro
Participaram no Concurso de Poesia


Concelho da Moita com galardão «Quinas de Ouro»
Prémio Escolar - Grupo Desportivo da Escola Básica D. João I


Iniciativa do Projeto Europeu «EPP» em Setúbal
Reúne profissionais da área da educação de vários países


Barreiro - Jardins de Infância do Agrupamento Augusto Cabrita
Recolhem garrafas de água solidários com bombeiros


Barreiro - Rosto do Ano 2016 na área «Ensino»
António José Ferreira – um homem que ensinou a liberdade de pensar


Barreiro - Décima edição da LAN ESAC 2017
Prevêem-se mais de 300 participantes


REPORTAGEM
Moita - «Olha aquela sou eu!»
A indústria têxtil em Alhos Vedros versus «a luta das mulheres pela sua emancipação»


Ao longo de 150 km a Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo
Envolve mais de 1000 pessoas da logística a cavaleiros


«No Barreiro nós defendemos que o modelo de gestão da água deve ser municipal»
afirmou Carlos Humberto, na abertura das Jornadas de Engenharia Civ


Barreiro - A «Excepção e a Regra» com encenação de Rui Quintas
Sem dúvida imaginação, inteligência e arte viva!>


Será um «museu vivo» do património do rio do concelho da Moita
Em maio já existirá o novo ancoradouro no cais


Barreiro – Uma Escola com carisma
Secundária de Casquilhos recebe 8º encontro de antigos alunos


Barreiro, Moita e Alcochete em marcha de protesto
«Queremos mais pessoal no nosso Hospital»


Moita - Construção da nova Unidade de Saúde da Baixa da Banheira
Obra vai estar concluída em 2018


Barreiro – TCB no dia do 60º aniversário
Inaugurou TCBikes serviço inovador em Portugal


Banda Municipal do Barreiro e Grupo Coral TAB
Vão gravar «Hino da SFAL» para assinalar os 150 anos


MOLDURA
Reunião Interplataformas Supraconcelhias da Península de Setúbal e do Alentejo Litoral
Parcerias são o motor da coesão social


Barreiro - 1ª Gala Solidária - Unidos pelo Rancho
Uma gala que promete muita animação musica, dança e folclore


No Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro
Conferência «Matar o casal conjugal – Fazer nascer o casal parental: a guarda compartilhada»


Barreiro - Seminário «Serviços Públicos de Saúde – Uma visão Geral / Serviço Público de Saúde em Cuba»
Assinala 13º Aniversário Associação Clín


No Centro Hospitalar Barreiro Montijo iniciativa inédita na península de Setúbal
I Evento de Indoor Cycling de Apoio à Doença Oncológica


Barreiro - Petição on-line
Na Defesa do Posto Médico da CUF


AUTARQUIAS
Barreiro - Sofia Martins, como membro da Assembleia Intermunicipal da AIA
«Só pública a água é de todos»


Barreiro - Projeto de requalificação do espaço central da Rotunda 25 de Abril
Eleitos visitam a Freguesia do Lavradio


No Espaço Memória - Barreiro
Exposição ‘80 anos do abastecimento público de água’


Barreiro - VI edição do Dia B
Mega ação de voluntariado urbano já está em preparação


Abastecimento de água no Barreiro caso de estudo do Projeto IMPROVER
A par do troço da Autoestrada A31 em França e Região de Oresund na Dinamar


União das Freguesias de Barreiro e Lavradio
Um banco público têm de servir interesses públicos!


OPINIÃO
A URGÊNCIA DAS POLÍTICAS DE SAÚDE
Por Ricardo Rosado
Barreiro


Rotunda do Lavradio – A real obra de arte
Por João Naia da Silva
Barreiro


A difícil arte de conquistar o eleitor
Por Alcídio Tores
Montijo


ASSISTENTE SOCIAL DESEMPREGADO
DIMINUIU O EMPREGO, VERDADE VERDADINHA!
Por Vitor B Munhão
Barreiro


De «Os Betes» ao «Perspectiva»
Por Vítor Ferrão
Barreiro


Cidade não oferece qualidade de vida – reflexões sobre o Barreiro actual
Por Jorge Moniz
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Barreiro - Campanha de solidariedade
«Telha Feliz 2017»


Barreiro - Associação de Solidariedade Social Creche e Jardim de Infância «Os Reguilas»
Assembleia Geral analisa Relatório de Contas de 2016


AMPM - Associação de Mulheres com Patologia Mamária - Barreiro
Assembleia Geral analisa Relatório e Contas de 2016


Barreiro - Jardim de Infância D. Pedro V
Assembleia Geral debate Relatório e Contas de Gerência do ano 2016


Barreiro – Rosto do Ano 2016 na área «Associativismo»
Grupo Dramático e Recreativo «Os Leças» - acreditar no fazer associativismo


Eleições no Grupo Desportivo Fabril do Barreiro
Faustino Mestre vai apresentar candidatura


CULTURA
Dia Nacional dos Moinhos no Barreiro
Moinho Nascente de Alburrica aberto para visitas


Barreiro associa-se às comemorações
Dia Internacional dos Monumentos e Sítios


Barreiro - Rosto do Ano 2016 na área «Cultura»
500 anos Foral de Coina – uma viagem nas memórias do território


«As Máquinas de Mós Pré e Proto Industriais do Barreiro: localização, arquitecturas e tipologias»
Conferência com Jorge Custódio


POSTAIS
Barreiro - Embarcações da SOFLUSA paradas afectam qualidade do serviço
Bruno Vitorino considera necessária intervenção do governo


Embarcações da SOFLUSA paradas afectam qualidade do serviço
Bruno Vitorino considera necessária intervenção do governo


Pista do aeroporto do Montijo estende-se ao Barreiro
Rui Lopo em reunião pública refere que autarquia desconhece


Moita – 10 ª Feira Medieval de Alhos Vedros
Tema «As gentes da outra banda»


Palmela – Mercado Caramelo no Pinhal Novo
Promove a Sopa Caramela aliando animação e história


Município da Moita aposta na investigação da história local
Assina protocolo para preservar acervo do antigo sindicato da indústria corticeira


Era um vaso de barro
Por Ana Isabel
Barreiro


Moita - Embarcações tradicionais do Tejo
São necessários locais de atracagem em Lisboa


ARTES
Teatro Ensaio Barreiro
«Com os fantasmas não se brinca» de Mário Castrim


Barreiro dedica o mês de março ao TEATRO
Companhias locais e nacionais apresentam espetáculos


AGENDA
Até 1 de abril 15ena da Juventude do Barreiro
Sempre para todos os gostos


EUROPA
Lisboa e Vale do Tejo
a região da capital de Portugal é competitiva?


associativismo rostos.pt - o seu diário digital

Carta Aberta da Direcção do Grupo Desportivo Fabril - Barreiro
Confrontados com situações de lesa clube quer quanto à imagem quer quanto à sua situação financeira

Carta Aberta da Direcção do Grupo Desportivo Fabril - Barreiro<br>
Confrontados com situações de lesa clube quer quanto à imagem quer quanto à sua situação financeira . Após um mês de mandato uma penhora bancária por força de um processo de 2003

"É pois normal que esta Direcção deva tornar publico estes factos para que todos possam tomar conhecimento adequado e correcto da vida do clube e da sua integração na comunidade, razão pela qual se afigura fundamental a esta Direcção tentar obter por parte da administração fiscal uma inspecção/auditoria desde que tal possa ser feito sem custos ou com o mínimo de custos possível." - sublinha a Carta Aberta da Direcção do Grupo Desportivo Fabril.

"Este objectivo trará total confiança ao resultado que dela vier não podendo ninguém vir futuramente tentar tirar partido de afirmações públicas incorrectas sobre a gestão do clube que nada tem a ver com a actual Direcção do mesmo, nem consequentemente tentar imputar responsabilidades indevidas com objectivos pessoais ou eleitoralistas." - salienta.

CARTA ABERTA


Barreiro, 27 de Julho de 2010

Caros sócios e concidadãos,

Como é do conhecimento geral o nosso concelho tem como tradição um forte desenvolvimento desportivo a que não é alheio o facto de dispor das melhores condições na cidade para esse efeito.

É seguramente do conhecimento geral ter havido eleições recentemente no Grupo Desportivo Fabril, das quais resultou a actual Direcção, legitimada pelo voto e confiança dos sócios presentes, para dar continuidade e excelência ao Clube de uma forma organizada e dinâmica.

Contudo, num espaço de tempo tão curto da vigência desta Direcção, ocorreram um conjunto de situações, no mínimo anormais ou caricatas, que, conjuntamente com notícias oficiosas, não deixam alternativa a esta Direcção senão tornar público as ocorrências recentes e deixar bem clara a postura desta Direcção no tocante aos destinos do clube, desmistificando quaisquer propósitos menos nobres e, deixando os sócios do clube e a população do concelho a par daquilo que se passa de facto, deixando claro o que se pretende venha a ser este clube, quer tão só como um dos grandes clubes do Distrito, quer enquanto integrado num concelho virado para o desporto.


Assim, considerando:

- Que foi claramente dito por esta Direcção quando tomou posse há três meses de que iria tomar o pulso do clube face a tanta falta de informação e à repentina tomada de posse para poder dar continuidade a um grande clube como este;

- Que o anterior conselho fiscal não querendo inviabilizar a normal continuidade do clube aprovou as contas de 2009 com um conjunto de reservas que estão a ser objecto de verificação pela actual direcção bem como as recomendações prestadas no Relatório anual sobre a fiscalização efectuada;

- Ter-se esta Direcção defrontado com dificuldades (que ainda se mantêm) na obtenção de informação relativamente às recomendações dadas no relatório anual sobre a fiscalização efectuada propostas pelo conselho fiscal, nomeadamente quanto à identificação do imobilizado do clube, quanto à não obtenção de confirmação dos saldos de terceiros e de bancos, quanto ao repentino surgir em apenas três meses de mandato desta direcção de obrigações executórias não espelhadas na contabilidade nem reportadas pela direcção precedente, e quanto à ausência de um relatório de gestão que permitisse consolidar e confirmar as informações prestadas verbalmente pela direcção precedente;

- Termos tomado conhecimento de mais situações passíveis de constituir um passivo do clube (sentenças executórias) também não reportadas pela anterior Direcção nem tão pouco espelhadas na contabilidade;

- Que fomos confrontados com situações de lesa clube quer quanto à imagem quer quanto à sua situação financeira por declarações prestadas que continuamos a aguardar comprovativo das mesmas para agir em conformidade;

- Que afinal a situação do clube não é tão simples nem clara como quanto nos foi dado crer e publicamente manifestado ser, quer do ponto de vista financeiro, quer contabilístico, quer logístico;

- Que após um mês de mandato o clube tenha tomado conhecimento de uma penhora bancária por força de um processo de 2003 (não reportado pela Direcção precedente nem na contabilidade);

- Que tendo o clube recebido uma notificação da Administração fiscal de reembolso de IRC num dia e dois dias depois recebe uma notificação de atribuição desse reembolso a um processo executório também datado de 2003 (não reportado pela direcção precedente nem pela contabilidade), quando é do conhecimento geral que a administração fiscal prioriza sempre a penhora de contas bancárias em primeira instância;

- Que tenhamos sido confrontados com situações de dividas do clube assumidas anteriormente mas não manifestadas na contabilidade;

- Que esta Direcção tudo tem feito para gerir com clareza e transparência os dinheiros do clube e as suas actividades;

- Que esta Direcção não pode pactuar com situações ilegais nem contrárias aos bons princípios por que se deve reger o clube e a sua prestação perante os sócios e a comunidade;

- Que esta Direcção pretende levar a bom porto os destinos do clube disso mantendo informados os sócios e a população de uma forma geral;


É pois normal que esta Direcção deva tornar publico estes factos para que todos possam tomar conhecimento adequado e correcto da vida do clube e da sua integração na comunidade, razão pela qual se afigura fundamental a esta Direcção tentar obter por parte da administração fiscal uma inspecção/auditoria desde que tal possa ser feito sem custos ou com o mínimo de custos possível.

Este objectivo trará total confiança ao resultado que dela vier não podendo ninguém vir futuramente tentar tirar partido de afirmações públicas incorrectas sobre a gestão do clube que nada tem a ver com a actual Direcção do mesmo, nem consequentemente tentar imputar responsabilidades indevidas com objectivos pessoais ou eleitoralistas.

Naturalmente que desconhecendo a dimensão das potenciais incorrecções que possam ser detectadas por tal auditoria/inspecção não podemos vaticinar sobre as consequências da mesma, apenas sim deixar bem claro que o resultado que daí advier nunca poderá ser imputado a esta Direcção mas sim a Direcções precedentes.

Recordamos que estamos num clube de eleição pelas suas condições logísticas que só pode e deve aproveitar aos sócios e à população do concelho do Barreiro, no âmbito do fomento da prática desportiva, razão pela qual a Câmara Municipal do Barreiro mostrou toda a sua disponibilidade para em conjunto com o clube atingir este objectivo, bem como representantes do Grupo Mello com os quais esta direcção já teve a oportunidade de encetar conversações também visando aquele objectivo.

Não obstante a ainda curta duração desta Direcção, era fundamental tornar público, alguns acontecimentos recentes prejudiciais ao normal funcionamento e vida do clube, mas que só agora, após mais de seis anos, começam a fazer-se sentir e a influenciar de forma negativa a estabilidade financeira do clube.

Coincidências ou não, o que é certo é que pretende esta Direcção tornar públicos tais situações e dar a conhecer também que ainda há muito para fazer e diagnosticar, conscientes de que poderão surgir repentinamente outros obstáculos jurídicos potencialmente penalizantes para o clube e relativamente aos quais esta direcção é totalmente alheia mas que tudo fará tentando corrigir os erros do passado, imprimindo e dando rumo à gestão do clube duma forma correcta e organizada.

É contudo fundamental que os sócios e a população do Barreiro estejam a par e passo dos acontecimentos da vida do clube para que se acabe com especulações públicas e levianas efectuadas por gentios escondidos no anonimato, com objectivos menos próprios para quem se diz e pretende ver este clube contribuir de uma forma adequada para a prática do desporto.

Neste sentido estaremos abertos a quaisquer esclarecimentos que os sócios e/ou a população do concelho do Barreiro pretendam a fim de validar a transparência na gestão do clube, apanágio desta Direcção e, assim, impedir publicações delatoras e menos correctas ou falsas que possam afectar ou denegrir a imagem do clube.

Com um desejo a todos os sócios deste grande clube e à população do concelho de bons resultados e de incentivo à prática do desporto, despedimo-nos não sem reiterar a nossa total disponibilidade para qualquer esclarecimento pretendido de forma adequada e transparente.

A Direcção do
Grupo Desportivo Fabril

27.7.2010 - 1:56
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

nome: Victor de Castro Nunes
comentario: Sendo associado e adepto do Futebol Clube Barreirense, não posso deixar de lamentar as dificuldades e as "surpresas" encontradas pela nova Direcção do Fabril. E elogio o empenho manifestado pela CMB de, em conjunto com o Grupo Mello, resolver os problemas de tão emblemática colectividade, tanto mais que, segundo se sabe, o Fabril não tem qualquer património imobiliário cuja propriedade lhe pertença (nem meios próprios para manter as suas magníficas instalações). Pena que a CMB não tenho podido - ao menos, por ora - ser tão activa no merecido auxílio a outras colectividades, como sejam o Futebol Clube Barreirense e o Luso Futebol Clube. Creio, ainda, que a presente Direcção do Fabril - talvez pensando mais em si própria do que no futuro da colectividade - está a fazer uma opção eventualmente dramática. E passo a citar: "naturalmente que desconhecendo a dimensão das potenciais incorrecções que possam ser detectadas por tal auditoria / inspecção não podemos vaticinar sobre as consequências da mesma, apenas sim deixar bem claro que o resultado que daí advier nunca poderá ser imputado a esta Direcção mas sim a Direcções precedentes". E se o resultado for a insolvência do Fabril? Meus senhores, com todo o respeito vos aconselho à prudência. Pelo Desporto Barreirense e pela riqueza da sua diversidade.
nome: José Barão
comentario: Querem fazer ao Fabril, o que fizeram ao Barreirense...
nome: João Fonseca
comentario: Caro sr Vitor, então e se chegarmos à insolvência do Fabril, a solução alternativa para o "evitar" seria enfiar a cabeça na areia e compactuar com sabe-se lá que irregularidades e problemas financeiros que existam?... E no futuro, assumir as consequências (como já está a acontecer) e a responsabilidade, e até enfrentar o julgamento e condenação social, por coisas que vêm de trás sobre as quais não têm responsabilidades? E quando os sócios e atletas quiserem pedir contas sobre as actividades e a (eventual) falta de dinamização, e sobre a falta de condições financeiras para levarem a cabo aquilo a que se propuseram quando foram eleitos, como poderá esta Direcção justificar a sua incapacidade, que na verdade não é da sua responsabilidade, mas sim da forma como encontraram a "casa"?...
nome: eduardo dos santos
comentario: Ois é, sr. Vitor. É devvidop a pessoas que pensam como V.Exa. que os abutres continuam a viover à conta das colectividades. No caso do seu Barreirense, bom seria que se destapasse o lençol e ver o que ficou lá por baixo. Mas, claro, lá vamos cantando e rindo, felizes na na pobreza. Olhe, se não toma cuidado, o resto dos metros que sopbraram na Verderena ainda desaparecem. E mesmo assim, não sei se a sede ficará para museu e lugar de culto do passado. Se não lhe atribuírem património de interesse municipal, não sei, não sei. Já faltou mais.
nome: Victor de Castro Nunes
comentario: Caro João Fonseca: Não pretendendo, sobre este assunto, dizer muito mais do que antes já disse - e, repito, com todo o respeito pela Direcção do Fabril e por esse tão emblemático Clube - deixo os meus votos para que o Fabril esteja bem longe da situação de insolvência. No demais, digo-lhe apenas que, conforme a Direcção do Fabril certamente bem sabe, e sempre sem "enfiar a cabeça na areia e compactuar", há diversos métodos para gerir a crise de uma organização. Sobre essa matéria, tenho as minhas convicções profundas (mas não tenho certezas absolutas). Cumprimentos cordiais e saudações desportivas.
nome: Victor de Castro Nunes
comentario: Caro Eduardo dos Santos: Julguei que o tema, neste caso, era o "seu" Fabril e não o "meu" Futebol Clube Barreirense. É evidente que o estimado amigo não me conhece, tal como eu julgo não ter o gosto de o conhecer a si. Da minha parte, pelo que já fiz, estou de consciência absolutamente tranquila. E seguramente não desejo o mal de colectividade nenhuma! Cumprimentos cordiais e saudações desportivas.
nome: João Vaz
comentario: Sou socio do Fabril o Maior clube do Barreiro e que tão mal tem sido tratado pelo poder da nossa terra. Quanto ao comunicado acho muito mal a direção dirigir-se a população do Barreiro, os problemas do Fabril são dos sócios do Fabril e não de outros abutres que sempre andam a volta do nosso clube. A haver problemas graves eles devem ser dirigidos aos sócios e se for o caso em assembleia geral e não dirigido a população do Barreiro que nada tem a ver com isso.
nome: Eugénio
comentario: APOIADO Sr. João Vaz, MAIOR clube do Barreiro! Quanto à forma como tem sido tratado pelo poder local, basta comparar as verbas que a CMB injecta no Barreirense e quanto envia para o Fabril. A importância que dá a um e a que dá a outro, os votos de parabéns com que felicita as conquistas das equipas jovens de basquetebol do FCB (patrocinadas pela CMB) e a ausência dessas mesmas felicitações pelas conquistas das equipas jovens de futebol do GDF (patrocinadas pelos pais). Mas este desinteresse/desprezo já vem de outros tempos…. talvez seja da cor das camisas ou do nome do estádio…!!! Concordo também com a recomendação à direcção, os problemas do clube são para ser resolvidos dentro do clube e não na praça pública. Sr. Presidente João Santos, o Fabril não é um partido, não precisa de campanha eleitoral, não precisa de troca de acusações na imprensa… aqui o protagonismo conquista-se com vitórias.
nome: Mendes C.
comentario: Sr. Presidente do Fabril esta carta parece um comunicado de um vereador da Camara, todos sabemos que ainda não perdeu os hábitos, mas quando quiser tratar como deve ser ,deve tratá-lo dentro do próprio Clube e não na praça pública, o Clube é uma instituição com sócios não é da população em geral, Já agora parece-me que o Sr Presidente é agora apoiado por alguns elementos com culpas no cartório ou estarei enganado, tome muito cuidado com os seus conselheiros alguns vendem-se por qualquer preço.Finalmente seria bom o Sr Presidente saber e dar a conhecer à População e aos Senhores da Camara os direitos legitimos Do Clube em relação ao património e acordos existentes ou serão desconhecidos do próprio Presidente? A Bem do Desporto Barreirense
nome: Manuela Fonseca
comentario: Saudações desportivas ao Grupo Desportivo Fabril e aos seus responsáveis.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2017 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


SAPO NOTÍCIAS - BARREIRO


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CÂMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CÂMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


MEMBRO DA

AIND