Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Barreiro / Moita / Setúbal - Jornal «Rostos» 16 anos de vida!
São sempre difíceis os caminhos da Liberdade.


BARREIRO - ROSTOS DO ANO 2016
Um reconhecimento público aos que serviram o concelho


Horóscopos Diários
Dia 15 de Dezembro 2017
Por Maria Helena


BOAS FESTAS - Barreiro/ Moita / Setúbal
Bom Ano Novo com um sorriso nos Rostos
Agradecemos e Retribuímos


Por dentro dos dias – Barreiro
Uma Rede social pode ser um instrumento de relação humana positiva


Por dentro dos Dias - Barreiro
Está ali o meu país


Por dentro dos dias - Barreiro
As melhoras Ti’João


Barreiro / Moita - Associativismo e Comunicação
Valorizar as dinâmicas de comunicação na vida associatva


COLUNISTAS
Três vezes onze
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Saúde um direito constitucional que não se cumpre na Vila da Baixa da Banheira
Quanto mais prometem, menos cumprem!
Por Nuno Cavaco


Cada cor, seu paladar!
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Falar de mim
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


Vigiar e intervir antes de ser tarde demais!
Por Nuno Banza
Barreiro


AUTARQUIAS e CONTABILIDADE DE CUSTOS
por José Caria
Montijo


BASTIDORES
Barreiro - CDU RECLAMA MAIS E MELHORES CONDIÇÕES
PARA A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO


Palmela - Situação laboral na Autoeuropa
Declaração política do CDS-PP


Barreiro - Quase uma centena de pessoas continua com salários em atraso
Bruno Vitorino exige que ministro cumpra a sua promessa à RUMO


André Pinotes Batista, presidente do PS Barreiro
«Candidato-me a Presidente da CPC do PS Barreiro nas próximas eleições internas»


PCP repudia fortemente a intenção demonstrada pela multinacional General Eletric
de encerrar a sua unidade de produção em Setúbal.


Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa
Integraa Lista do Conselho Geral da A.N.M.P


Presidente da distrital de Setúbal do PSD, Bruno Vitorino
«Ampliação de Alcântara mata terminal de contentores para o Barreiro»


Eleição da Comissão Executiva Metropolitana de Lisboa
Carlos Humberto ex-presidente da CM Barreiro eleito 1º Secretário


Barreiro - Vereadores CDU propõem a constituição
de um Gabinete Municipal de Regeneração Urbana


AS EMPRESAS
Acreditamos no potencial de crescimento do Montijo
CONTINENTE MODELO MONTIJO ESTÁ A CELEBRAR 27 ANOS


Moita / Barreiro - Investimento compreende a criação de 50 postos de trabalho
CONTINENTE INVESTE 4M€ NA BAIXA DA BANHEIRA


Embaixador da Coreia do Sul visita Lisbon South Bay
Apresentados ativos da Baía do Tejo e dos concelhos de Almada, Barreiro e Seixal



Transportes Colectivos do Barreiro
Concurso público para aquisição de 60 autocarros a Gás Natural


DESPORTO
Seixal - Jovem árbitro internacional de ténis de mesa
Alcança uma nova meta «Juiz Árbitro Nacional»


Barreiro - Mais uma Caminhada/ Treino Solidário de Natal promovida pelos BRRnightRUNNERS
Foi um sucesso com mais de 250 pessoas


Barreiro - O maior noturno de BTT em Portugal
Passeio Noturno de S. Silvestre em BTT a 16 de dezembro


Barreiro - No Pavilhão Municipal Luís de Carvalho
Taça de Natal Fabriltramp


Barreiro - Torneio Jovem Santoantoniense
Uma prova de Xadrez muito concorrida no total competiram 47 crianças


AS ESCOLAS
Setúbal - Docente Jorge Carvalho reconhecido com Ordem Paralímpica
Distinção foi entregue na II Gala do Comité Paralímpico de Portugal


Moita na Rede OCDE Education 2030
ETPM a única Escola Profissional Portuguesa que integra


Associação NÓS celebra 35 Anos com Exposição itinerante
EST Barreiro acolhe ‘Nós Fazemos Lugar’ até 20 de dezembro


Barreiro - Agrupamento de Escolas de Santo António «Marca a Diferença»
Este é o lema do Projeto Educativo do nosso Agrupamento


Agrupamento de Escolas Augusto Cabrita do Barreiro
Participa numa reunião transnacional que decorre em Ljubljan


Barreiro - Agrupamento de Escola de Casquilho na Eslováquia
Aprovação de mais um projeto Erasmus+ este ano letivo


REPORTAGEM
Barreiro - Tarifário da Água mantém preços de 2017
Proposta aprovada com abstenção da CDU e PSD


Barreiro – Mais de 200 pessoas no Manuela Borges
Uma homenagem nos 81 anos de Anita Guerreiro


Barreiro - Cada vez há mais casos de diabetes nas escolas
Actualmente estão referenciadas 34 crianças


Barreiro - Projéctor no «Teatro de Bolso» da Verderena
«Estrelas no Céu da Manhã» - onde espreitámos a luz a rasgar o tempo


Barreiro - «A cultura não rima com ditadura»
50 anos depois cantar «os vampiros» e reviver a luta pela Liberdade


Barreiro – Uma viagem que antecedeu eleição de Donald Trump
«Há mais América que aquela que nos chega pelos media»


Barreiro - Tomada de Posse dos Juízes Sociais
Vão se aperceber das «dificuldades dos juízes em julgar»


Barreiro - Concurso de «Fornos Solares»
Sara Baltazar e Pedro Damas vencedores vão viajar até à Alemanha.


Barreiro - Um musical para todas as idades
Um convite a mergulhar por dentro da imaginação


MOLDURA
Montijo - Na localidade de Pegões.
Detido por posse ilegal de arma de fogo


Casos de Policia na Península de Setúbal
Detido no Barreiro quando conduzia sob efeito do álcool no meio da faixa de rodagem


«Presépio Vivo» na Praça da República na Moita
CERCIMB da Moita e Barreiro volta dinamizar


Barreiro - Durante o Período de Férias Escolares
TCB – Alteração de horários


Barreiro - 15ena da Juventude 2018
CMB lança «Cria o teu Projeto»


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
Conta com mais 5 novos equipamentos ao abrigo do Programa Lisboa2020


Moita - Conferência «Consumir e Produzir Agricultura Biológica»
Necessidade de aumento de produção em Agricultura Biológica


Barreiro - Centenário do Maestro Ferrer Trindade
Evocado o homem e a música


Moita - Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira
Festa de Natal Comunitária


Barreiro - Pista de Gelo situada no Parque da Cidade
Atraiu mais de mil pessoas este fim de semana
. Angariados mais de 5 mil euros pa


A ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro tem o prazer de anunciar mais uma grande estreia!


Barreiro - EB 2/3 Quinta da Lomba vence Concurso «Figuras de Natal Ecológicas»
RUMO e EB1 Palhais 2ª e 3ª classificadas


Barreiro - No próximo «Reserva o Sábado»
«CSI: corujas»


AUTARQUIAS
Setúbal - Fórum permanente de monitorização de matérias relacionadas com proteção civil
Exemplo da cooperação entre mundo académico, sociedade


Barreiro - Rua Resistentes Antifascistas no Lavradio
Repavimentação começa amanhã


Setúbal - Novos Órgãos Sociais da AMRS
Sofia Martins do Barreiro assume o cargo de Secretária-Geral


OPINIÃO
Reabilitação Urbana: Oportunidade para o Barreiro – II
Por Rui Lopo
Barreiro


ALERTA AOS PAIS!
Por Clara Soares
Bareiro


PARA QUE NUNCA ESQUEÇA
11 NOVEMBRO 1967 - 11 NOVEMBRO 2017 – FAZ HOJE 50 ANOS
Por Alfredo Matos
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Barreiro - Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste
Reunião extraordinária da Assembleia Geral


Barreiro - Concerto com Banda Sinfónica da Policia de Segurança Pública
Assinala 150 anos da SFAL


Barreiro - Grupo Dramático e Recreativo «OS LEÇAS»
Tradicional Festa de Natal


Barreiro -«Desfile dos Pais Natal Motards»
Uma iniciativa do Moto Clube do Barreiro dia 23 de Dezembro


LIVROS
Américo Dimas Netto natural do Montijo
Apresenta livro Contos de Sabedoria


POSTAIS
Barreiro – Situação na RUMO
«Tudo está na mesma»
. Pessoas com salários em atraso


A mais antiga Colectividade do concelho do Barreiro
Içar Solene das bandeiras assinala 150 anos de vida da SFAL


Barreiro – Aprovado Contrato de Rede de Drenagem Doméstica da Penalva
Só agora foi possível avançar por existirem condições de financiamentos

Barreiro – Loja Solidária no Mercado 1º de Maio
Artesanato - «tudo produzido pelos nossos associados»


EUROPA
União da Segurança: A Comissão colmata as lacunas de informação
ara proteger melhor os cidadãos da União Europeia


associativismo rostos.pt - o seu diário digital

Cristina Nunes no Rotary Club do Barreiro
O criativo cria para se libertar

Cristina Nunes no Rotary Club do Barreiro<br>
O criativo cria para se libertarO Rotary Club do Barreiro, realizou mais uma reunião de palestra, tendo tido como palestrante Cristina Nunes, licenciada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, em 1983.
Cristina Nunes, elucidou sobre as evidências clínicas da falha do mecanismo de defesa psicanalítico “recalcamento” na expressão da criatividade.

Na passada segunda-feira, dia 28 de Janeiro de 2013, o Rotary Club do Barreiro, realizou mais uma reunião de palestra, tendo tido como palestrante a Drª. Cristina Nunes, licenciada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, em 1983.
Especializou-se em Psicanálise, Psicoterapia Psicanalítica (adultos, crianças e adolescentes), Terapia de Casal e Psicologia Clinica.
Desde 1987, depois de ter sido Presidente da direção da CERCIMA (Cooperativa de Educação e Reabilitação do Cidadão Inadaptado de Montijo e Alcochete, C.R.L) exerce a sua atividade clínica privada, sendo atualmente Diretora Clínica e Diretora Associada da PSICRIS a da CLINIPINEL, clínicas portuguesas de referência nas áreas de Psiquiatria, Psicoterapia e Psicanálise.
Tem inúmeros artigos publicados na área da saúde mental, atualmente é responsável por promover e inetrmediar a adesão da AP (Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica à IFPS – International Federation of Psychoanalitic Societies.

Perante uma plateia bem composta e atenta, a Drª. Cristina Nunes, começou por nos elucidar sobre as evidências clínicas da falha do mecanismo de defesa psicanalítico “recalcamento” na expressão da criatividade.
Com esta exposição, a autora pretendeu partilhar e discutir alguns pontos de vista sobre a sua experiência clínica e reflexões relacionadas com o fracasso da aceitação e reconhecimento, por parte da criança, da autoridade moral e ética dos modelos parentais, eventualmente vivido como experiência traumática, interferindo na eficácia do mecanismo de defesa “recalcamento”, pedra basilar na concepção da Psicanálise, com efeitos significativos na expressão da criatividade.
Para o efeito introduziu brevemente a temática da Psicanálise, particularmente naquilo que não é a Psicanálise, por vezes erroneamente interpretada.
Na experiência da autora, evidências clínicas sugerem que, quando o paciente não pôde reconhecer, enquanto criança, o seu pai ou a sua mãe como um modelo de autoridade moral credível, por ausência emocional ou desvalorização comportamental, o mecanismo de recalcamento, importante para a interiorização das regras e socialização pode não funcionar adequadamente. Deste modo, estas crianças, ao longo do seu desenvolvimento, vêem-se obrigados a gerir de alguma outra forma a falha desse apoio de modo a viver a sua vida de uma forma sustentável, sentindo-se muito sozinhas nessa tarefa.
Frequentemente eles sentem-se (e verbalizam-no) como se fossem o pai ou a mãe de si próprios, acreditando efectivamente que se criaram a si mesmos.

Este fracasso da realidade externa seria sentido provavelmente de forma traumática (experiência não representável que deixa memórias emocionais) , mas interiorizado de maneiras diferentes, tão diferentes como o caráter de cada indivíduo; alguns deles continuariam psicologicamente desorganizados, outros tornar-se-iam fanáticos da ordem, rigidamente formatados à regra, enquanto outros o fariam de forma diferente, através de uma capacidade de pensar ou expressar os seus sentimentos numa linguagem simbólica diferente, como a artística, por exemplo.
Aqueles que expressam o seu lado escuro (não iluminado) da mente pela linguagem artística parecem manter o seu impulso sexual extremamente activo, provavelmente pelo baixo grau de recalcamento das experiências culturalmente consideradas de “conteúdo perigoso”.
Mas, desse modo, o indivíduo pode fechar-se sobre si próprio, numa espécie de concha narcísica, onde a simbolização de expressão artística parece ser a principal forma de transformar e traduzir os seus conteúdos inconscientes e muitas vezes inaceitáveis para a sua parte consciente.
Normalmente, estas pessoas não seguem as normas, e, para além da expressão criativa das suas obras, investem massivamente a sua energia excedentária, em algo que acreditam poder representar o seu sentido de vida, que pode tomar formas tão diferenciadas como uma pessoa única (namorado ou amigo), um projeto, como um clube de futebol, ou uma banda de heavy metal, por exemplo, que parecem tomar, de algum modo, o lugar do progenitor do mesmo sexo, enquanto figura privilegiada de identificação.
Resultados de investigação nas neurociências têm vindo a demonstrar que existem processamentos de estimulações através da amígdala, processo sub-cortical, antes desses inputs irem ao cortéx, sugerindo o processamento de memórias emocionais, numa espécie de sistema emocional que poderia agir independentemente do sistema cognitivo, este sim, transmitindo os seus impulsos maioritariamente através do cortéx cerebral.

A capacidade criativa parece melhorar estes efeitos traumáticos, como uma forma de autorregulação, convocando a resiliência como uma capacidade de reparação do “estrago” sentido.
Estudos que investigam as diferenças entre estilos defensivos de pessoas criativas e não criativas, apontam para que os menos criativos utilizam mais os mecanismos defensivos de recalcamento, altruísmo, comportamento agressivo-passivo e projeção enquanto os mais criativos se aproximavam mais do processo primário, sobre o qual demostravam ter melhor acesso e controlo. A produção criativa, a partir do acesso aos mecanismos do processo primário, tentaria inovar continuamente, com um minino de recurso aos mecanismos de defesa. O criativo cria para se libertar, para processar o não representável e não tanto para o comunicar, embora possa beneficiar disso enquanto um ganho secundário. Noutras circunstâncias estas mesmas pessoas poderiam usar outros mecanismo defensivos que não os 4 anteriores, numa tentativa de lidarem com as tensões e conflitos pessoais emergentes das vivências quotidianas.

De todo o modo a solução criativa e a patológica estariam nos extremos opostos de um continuum entre solução progressiva (procura continua de novas ligações e respostas inovadoras) e solução regressiva (repetição de comportamentos anteriormente eficazes em fases menos maduras).
A autora pensa assim que a expressão artística, pode ser expressa através de uma espécie de elo criativo, não associado com o pensamento reflexivo, mas numa tentativa de resolver a tensão psíquica, ou o conflito psíquico, que pode ser considerado o nível imediatamente inferior ao pensamento reflexivo e associativo, um tipo de vínculo que liga diferentes materiais inconscientes que não podem ser pensados, num produto artístico final, sem chegar a ser pensado. O pensamento reflexivo acordaria o perigo de entrar em contato com o fenómeno traumático original e com a sua dor.

Na opinião da autora parece haver uma predisposição criativa, como outras doenças têm predisposições genéticas e hereditárias. Quando o corpo e/ou a mente são expostos a condições desfavoráveis, esta predisposição poderá atuar em contraponto e em compensação da vivência traumática, no sentido de dissociar essas partes não representáveis, sem recurso ao recalcamento, deixando-as intensa e qualitativamente acessíveis a ulteriores elaborações criativas.
É neste continuum dinâmico entre progressão e regressão que se processa o processo psicanalítico. Durante este processo, à medida que evolui, os pacientes vão aumentando a sua capacidade de pensamento reflexivo e diminuindo as suas necessidades de passagem ao acto (acting out). Ao mesmo tempo, desenvolvem cada vez mais a capacidade de se expressarem através da simbolização artística. Tudo isto lhes permite ir aumentando a satisfação com eles mesmos, tornando-se mais confiantes e menos dependentes do olhar do outro (que até aí serviu como um espelho) para saber quem são.
No final, bastante aplaudida, a Drª. Cristina Nunes ainda dedicou uma boa parte da noite para responder a algumas questões apresentadas.
Foi mais uma agradável noite de convívio e aprendizagem rotária.

Carlos Guinote

30.1.2013 - 0:02
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2017 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB. - ANUNCIO

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND