Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 19 de Janeiro 2018
Por Maria Helena


Barreiro - Rostos do Ano 2017
Rosto «Jovem» Diogo Coelho, João Iria e João Monteiro


Por dentro dos dias - Barreiro
«Se a SFAL precisar eu ajudo»


Rostos do Ano 2017
Rosto «Inovação» Transportes Colectivos do Barreiro - TCB


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Veterano» Luciano Barata


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Escritor» Fernando Sobral


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Ambiente» S. Energia Agência Regional de Energia


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Autarca» Naciolinda Silvestre


Rostos do Ano 2017
Rosto «Ensino» Escola Superior de Tecnologia do Barreiro


Barreiro - Rostos do Ano 2017
Rosto «Cidadania» Mónica Duarte


Barreiro - Rostos do Ano 2017
Rosto «Solidariedade Social» Rumo, Cooperativa


Rostos do Ano 2017 - Barreiro
Rosto «Memória» Cabós Gonçalves


Barreiro / Moita - Associativismo e Comunicação
Valorizar as dinâmicas de comunicação na vida associatva


COLUNISTAS
Automatismos
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Disco virado. E a música?
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Desculpem lá!
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


AUTARQUIAS LOCAIS - QUE FAZER ?
Por José Caria
Montijo


As prendas do Pai Natal
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Três vezes onze
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Saúde um direito constitucional que não se cumpre na Vila da Baixa da Banheira
Quanto mais prometem, menos cumprem!
Por Nuno Cavaco


Vigiar e intervir antes de ser tarde demais!
Por Nuno Banza
Barreiro


BASTIDORES
Carlos Albino candidato à concelhia do PS da Moita
Defende «reforço do papel dos autarcas na vida interna do partido»


Abertura de Balcão Único no Barreiro
«Um passo positivo, mas pouco ambicioso» afirma Bruno Vitorino


Maria Luís Albuquerque num encontro com alunos no Seixal
Defende que há muito trabalho a fazer para a igualdade de género


Barreiro -Medida aprovada por PS e CDU triplica o IMI
«Carregada de uma carga ideológica por parte de socialistas e comunistas»


Movimento «Fazer Barreiro» formaliza candidatura à Concelhia do PS
Lista encabeçada por André Pinotes Batista
. Eduardo Cabrita mandatá


CONVERSAS DE 2 MINUTOS
André Camilo, actor do Barreiro
«Através do teatro aprendi a olhar o mundo através da magia»


AS EMPRESAS
Centro Hospitalar do Barreiro Montijo
Conselho de Administração repudia cenário «dantesco» do Serviço de Urgência Geral


Seixal / Setúbal - 25% da frota operacional da SIMARSUL já é 100% elétrica
Irá permitir diminuir a pegada de carbono da empresa


DESPORTO
Moita - Cerimónia de Atribuição dos Méritos Desportivos 2018
Noite de celebração do desporto


No Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal
Olimpíadas da Corrida


Torneio de Petanca na Moita
Participantes salientam a excelente qualidade da prova


Prova Apuramento Regional – Optimist juvenis 2018 no Barreiro
Clube de Vela coloca vários velejadores no pódio


Taça Cidade do Barreiro
Históricos GD Fabril e FC Barreirense disputam novamente troféu


PERSONALIDADES
Almada - Faleceu Alexandre Castanheira
Uma vida sempre presente na atividade cultural e educativa de Almada.


Barreiro - Faleceu Lénine Maria Sobreiro
Sua vida foi um compromisso com os trabalhadores e o Partido Comunista Português


Barreiro - Valentim Oliveira / Missa do Trigésimo
Dia 21 de Janeiro na Igreja Matriz de Palhais


AS ESCOLAS
Setúbal - «Learn & Fly»: Aprender ciências enquanto se constrói um avião
IPS é um dos sete parceiros no âmbito do projeto Erasmus+, que arranc


Open Day da Escola do Turismo de Portugal//Setúbal
Recebe visita da Ministra do Comércio, Indústria e Turismo da Colômbia


Barreiro - Tertúlias Augusto Cabrita
Informática e Liberdade com Helder Coelho


Moita - 28 computadores portáteis e 16 conjuntos de telas e retroprojetores
Estão a ser distribuídos esta semana pela Câmara


Moita na Rede OCDE Education 2030
ETPM a única Escola Profissional Portuguesa que integra


Barreiro - Agrupamento de Escolas de Santo António «Marca a Diferença»
Este é o lema do Projeto Educativo do nosso Agrupamento


REPORTAGEM
João Pintassilgo nos 150 anos da SFAL
Colectividades parceiros indispensáveis para melhorar o futuro do Barreiro


Barreiro - Aumento Tarifário dos TCB
Aprovado com voto de qualidade do Presidente
. PS a favor. CDU contra. PSD abstenção


Abertura de Balcão Único no Barreiro
«Primeiro passo da revolução tecnológica»


Eduardo Cabrita, Ministro da Administração Interna
Barreiro é um exemplo da relação entre as autarquias e os bombeiros


«Se querem matar o Terminal do Barreiro haja coragem de o dizer»
sublinhou Bruno Vitorino, na última reunião de Câmara


Uma nova estratégia de turismo para o Barreiro
Abertura do Posto de Turismo marca o começo


Barreiro - Tarifário da Água mantém preços de 2017
Proposta aprovada com abstenção da CDU e PSD


Barreiro - Um musical para todas as idades
Um convite a mergulhar por dentro da imaginação


MOLDURA
«Naturalmente» na Espaço Machada - Barreiro
Arranca no dia 26 de janeiro


Feira do Fumeiro no Barreiro
De 18 a 21 de janeiro no espaço POLIS Santo André


RAFAEL CALEGARI EM SETÚBAL
Com Tatiana Cobbett e Pedro Loch no Festival Círculo de Jazz em Setúbal


Barreiro - Associação Desenvolvimento Artes e Oficios
Jorge Moniz, João Custódio e Pedro Branco apresentam «Reencontro»


Moita - Na Baixa da Banheira
Blues Nights by BBF recebem Hearts and Bones


Setúbal - No Forum Municipal Luisa Todi
O corcunda de Notre Dame


Barreiro - Mais uma «Invasão ao Domingo»
Descasque e arranque de rebentos de acácias na Mata da Machada


Barreiro - Gatos abandonados na Mata da Machada
Vão começar a ser recolhidos pelos serviços da Autarquia


AUTARQUIAS
Barreiro - Reunião Pública de Câmara
No Canal Youtube Município do Barreiro transmissão em direto


Barreiro - Câmara compromete-se instalar no Mercado do Lavradio
Balcão único com mais serviços e integrando correios
. Se for encerrado


Eleitos da CDU na Assembleia Municipal da Moita
O IMI é um imposto muito exposto, também à demagogia, por várias razões.


OPINIÃO
OSTOMIA E A IRRIGAÇÃO NA PRIMEIRA PESSOA
Por Francisco Oliveira
Barreiro


A ARTE PERVERSA DE ADULTERAR CRIANÇAS
Por Abdul Cadre
Barreiro


Reabilitação Urbana: Oportunidade para o Barreiro – II
Por Rui Lopo
Barreiro


ALERTA AOS PAIS!
Por Clara Soares
Bareiro


ASSOCIATIVISMO
Rotary Club do Barreiro
Patrícia Gaspar distinguida como «Profissional do Ano»


Federação das Colectividades do Distrito de Setúbal
Comemorações do 15.º aniversário


Grupo Desportivo Fabril – Barreiro
Comemorações do 81º aniversário


Escutismo católico no concelho do Barreiro
Celebra 82º aniversário do escutismo barreirense


Moita - Projeto Intergeracional «Dar ASAS»
«Cantar os Reis» CRIBB recebe alunos da Escola Básica da Baixa da Banheira


Barreiro - Grupo Desportivo «O Independente»
ASSEMBLEIA GERAL


LIVROS
António Pato apresenta na Biblioteca Municipal do Barreiro
O livro «O Lado Simples – Práticas de Chi Kung e Meditação»


Jéssica Pinheiro residente no Barreiro
Apresenta o livro «Fragmentação»


POSTAIS
Barreiro –Ligação do Parque Empresarial Baía do Tejo ao centro da cidade
Arte de Vhils marca a Alameda da CUF


Barreiro - João Pintassilgo divulgou abertura do Balcão Único
Criação de uma rede de serviços de proximidade


Estação Sul e Sueste Barreiro pode passar para responsabilidade da Câmara Municipal
Um cenário colocado pelas Infraestruturas de Portugal


Barreiro - Encerramento da Estação dos CTT prejudica a população
«Isto é um retrocesso civilizacional»


Barreiro - Protesto contra encerramento dos CTT no Lavradio
«Somos contra que os Serviços dos Correios sejam prestados pela União de Freguesias


Barreiro vai receber a «Chama da Solidariedade»
Uma semana para chamar à atenção para as questões sociais


Nova Esquadra da PSP no Barreiro Velho
Conclusão da Obra prevista para Março de 2019


Alhos Vedros – Moita
Derrocada de muro de antiga fábrica de cortiça
. Atinge diversos veículos


Barreiro – LIDL quer construir na Quinta das Canas
Um investimento de 5 milhões de euros


ARTES
Na Galeria de Artes do Forum Barreiro
Exposição de Pintura de Amélia Militão


Teatro Animação de Setúbal
Apresenta «A Rainha dos Estapafúrdios»


Barreiro - «O Inspector» de Gogol encenado por Jorge Cardoso
Sentir no teatro o pulsar da vida...porque a vida é uma gaiola!


AGENDA
FORUM BARREIRO
Castello Lopes Cinemas
Programação Semanal


Barreiro - Tertúlias no Convento «Ao Encontro de…»
Emanuel Góis fala de «Leis, Justiça e Cidadania»


Concerto de Fado com Marco Rodrigues
17 fevereiro, 22h00, AMAC


EUROPA
Comissão Europeia propõe-se investir 1000 milhões de euros
em supercomputadores europeus de craveira mundial


bastidores rostos.pt - o seu diário digital

Posição da CDU na Assembleia Municipal da Moita
Orçamento Municipal e GOP 2018

Posição da CDU na Assembleia Municipal da Moita<br />
Orçamento Municipal e GOP 2018As Grandes Opções do Plano e Orçamento municipal, são uma proposta merecedora da confiança na autarquia, nos seus trabalhadores e correspondem aos compromissos do Programa Eleitoral, com que a CDU se apresentou à população do Concelho da Moita, nas eleições autárquicas de outubro 2017 e em todas as eleições anteriores, nas quais mereceu maioritariamente o voto da população.

As GOP e o Orçamento Municipal para 2018, ainda sofrem os efeitos nefastos da crise económica e social, que atingiu o país em resultado de um quadro político e macroeconómico, subordinado a políticas de direita de sucessivos governos, que conduziram o país ao empobrecimento, à sujeição aos interesses do capital e ao declínio nacional, consubstanciados no memorando de entendimento com a tróica, subscrito em 2011 por PS, PSD e CDS/PP.

Através destas políticas atacaram a autonomia do Poder Local Democrático nas suas vertentes política, administrativa e financeira, para afundar a economia do país e retirar direitos sociais e poder de compra aos trabalhadores, reduzir as funções sociais do Estado ao mesmo tempo que foram dados e continuam, os benefícios aos grandes grupos económicos e financeiros.

Sob propostas do PCP e de “Os verdes”, e do resultado da luta dos trabalhadores e do povo, a atual maioria de esquerda na Assembleia da Republica, tem contribuído para recuperar alguns dos direitos antes retirados aos trabalhadores, confirmando assim a expressão da vontade popular na necessidade de uma política de defesa do emprego, dos salários, das pensões, do acesso à saúde e à educação, de desenvolvimento e da defesa da soberania.

Ao se analisar e votar o Orçamento Municipal para 2018, não podemos deixar de ter em conta o Orçamento do Estado aprovado, documento determinante das políticas financeira, económica e social para todo o país, não apenas para o ano em curso mas também para os seguintes.

Nesse sentido, o OE2018 da responsabilidade do Governo do PS, está longe de corresponder às necessidades para enfrentar um nível de degradação da situação do país e das condições de vida da população provocadas pela política de direita dos anteriores governos, pois continuam por superar vulnerabilidades e dependências que condicionam o desenvolvimento económico e social do país e mantém-se por concretizar uma política que responda aos seus problemas estruturais.

O OE continua amarrado a opções nefastas, bem para lá dos insustentáveis critérios impostos pela União Europeia ou da prevalência de interesses do grande capital, as PPP, os benefícios fiscais, o apoio à banca privada, os juros da dívida, entre outros, e que são razão para que não se avance naquilo que era necessário e possível para responder aos problemas estruturais do país.

Apesar disso destaque-se positivamente as propostas do PCP incluídas no OE2018, designadamente no plano das reformas e das pensões, da política fiscal e da administração pública, na reposição de direitos e rendimentos dos trabalhadores, na introdução dos critérios de justiça fiscal, no aumento do valor real das pensões. De lamentar que por vontade do governo o salário mínimo nacional não suba para os 600 euros já em Janeiro de 2018, medida possível e necessária do ponto de vista social e económico.

Não podemos esquecer que Portugal tem um dos mais baixos salários mínimos da Europa e que perto de 700 mil trabalhadores, e uma parte significativa da população ativa do Concelho da Moita, principalmente os jovens, ganham o Salário Mínimo Nacional, que é o mesmo que dizer que levam para as suas casas, ao fim de um mês de trabalho, menos de 500 euros líquidos.

Não podemos também esquecer que na atual distribuição da riqueza, 1% da população detém cerca de 25% da riqueza nacional, que 5% da população acumula praticamente 50% da riqueza nacional. Esta dramática situação é o resultado de dezenas de anos da política de direita ao serviço do grande capital com desastrosas consequências sociais e económicas para o País, para os trabalhadores e que afeta as populações e as autarquias.

Será necessário por cobro ao incumprimento da Lei de Finanças Locais, visando a restrição da sua capacidade de ação e aumento das competências impostas aos Municípios, sem que existam as devidas compensações financeiras.
É necessário corrigir o golpe no exercício da democracia representativa e participativa, que foi o que significou a chamada “reforma da administração pública”, lei feita a régua e esquadro pelo governo anterior, para a extinção das 1.168 freguesias, em que mais de 14 mil cidadãos deixaram de ser eleitos, de ter mandato democrático para falar pelas suas comunidades, pelas suas terras.

Subsistem ainda no OE, instrumentos não ultrapassados da política de direita, que são autênticos garrotes à atividade do Poder Local.
Apesar deste contexto de dificuldades, a situação financeira do Município da Moita continua a evoluir positivamente, pelo que o Orçamento e as GOP para 2018, permitem a continuar a concretização dos compromissos com a população e os trabalhadores, na valorização do Concelho e na defesa do Poder Local Democrático, assegura a prestação do serviço público em áreas como a educação, a promoção da cultura e do desporto para todos, o apoio à atividade juvenil e ao associativismo, as infraestruturas, o ambiente, o desenvolvimento económico e a segurança e proteção civil.

Destacar assim:

- Os investimentos nas candidaturas apresentadas no âmbito do Portugal 2020, na mobilidade urbana sustentável;

- Investimentos na reabilitação e na revitalização urbana;

- Investimentos também significativos nas infraestruturas da educação, um pouco por todo o Concelho, na valorização do património ribeirinho e na náutica de recreio e actividades tradicionais ligadas ao rio;

- Intervenção em comunidades desfavorecidas e requalificação do espaço público ;

De sublinhar também as muitas outras ações e projetos de valorização da vida do Concelho, participação, cidadania, promoção do tecido económico e apoio à fixação de empresas, bem como no apoio social aos alunos carenciados, à educação, os protocolos de delegação de competências nas juntas de freguesia, os apoios ao movimento associativo, os objetivos políticos de generalizar e democratizar o acesso à cultura e à prática da atividade física e desportiva entre os cidadãos.

Em conjugação com diversos parceiros, o município continuará a definir e desenvolver intervenções de combate à pobreza e promoção do bem-estar das famílias no quadro das respostas sociais existentes ou criando novas que se ajustem às necessidades permanentes da população e que sejam encontradas através da comunidade e em parceria, nomeadamente através da Rede Social.

As Grandes Opções do Plano e Orçamento municipal, são uma proposta merecedora da confiança na autarquia, nos seus trabalhadores e correspondem aos compromissos do Programa Eleitoral, com que a CDU se apresentou à população do Concelho da Moita, nas eleições autárquicas de outubro 2017 e em todas as eleições anteriores, nas quais mereceu maioritariamente o voto da população.

São pois documentos de compromisso com a população do Concelho, assumindo um projeto autárquico de desenvolvimento local e de participação cidadã, em prol da construção de um Concelho melhor para se viver e trabalhar.
É por isso que os eleitos da CDU os votam favoravelmente.

Moita, 28/12/2017

Votação do Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2018
Contra - 1 PAN;
Abstenção - 9 PS;
Favor - 16 CDU; 3 BE; 1 PSD; 1 CDS

Fonte - CDU

11.01.2018 - 19:07
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2018 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

PUB.

PUB. - ANUNCIO

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND