Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 29 de Abril 2017
Por Maria Helena


Por dentro dos dias - Barreiro
Uma terra onde as pessoas não podiam falar


BARREIRO - A(nota)mentos
Sofia Martins papel relevante nas negociações da SIMARSUL


Barreiro - «O Jornal Daterra» assinala 40 anos
Jogo de convivio de Futsal para recordar os célebres Torneios
. No Pavilhão da Escola Álvaro Ve


Barreiro - ROSTO DO ANO 2016
Fernanda Ventura – Uma mulher humanista e lutadora de causas


COLUNISTAS
Técnica do salame
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


ANIMAIS DE COMPANHIA e ANIMAIS ERRANTES
Por José Caria
Montijo


Quem está a seguir?
Por Jorge Fagundes
Barreiro


A respeito das reformas
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


Mário Soares, um Presidente Ambientalista!
Por Nuno Banza
Barreiro


OH PAI NATAL...VAI MAS É DAR BANHO ÀS RENAS !!!
Por Kira
Barreiro


Tratam-nos da saúde
Por Nuno Cavaco
Moita


CARTA AO DIRECTOR
Carta ao Director - Barreiro
Melhorar o Parque Catarina Eufémia
. Encerrar durante a noite


BASTIDORES
Lista do Bloco de Esquerda para a Câmara Municipal do Barreiro
Carlos Alberto Correia ocupa segunda posição


Apresentação dos cabeças de lista da CDU a todos os órgãos autárquicos do concelho da Moita
Rui Garcia candidato à presidência da Câmara Munici


Victor Castro Nunes candidato do PSD para a Assembleia Municipal do Barreiro
«Os barreirenses precisam de entregar o governo do concelho a quem


Deputados do PCP eleitos pelo distrito de Setúbal
Questionam Governo sobre encerramento do balcão da Caixa Geral de Depósitos no Lavradio


Barreiro - Mário Durval candidato do BE à presidência da Câmara
Francisco Alves candidato à presidência da Assembleia Municipal


Moita - Vereadores do Partido Socialista
Votam Contra Relatório e Contas


Barreiro - Obrigar donos dos cães a apanhar «os dejetos dos seus animais»
Bruno Vitorino quer «tolerância zero» para porcaria de cão no chão


Candidato do CDS à presidência da Câmara Municipal do Barreiro
Jorge Miguel Teixeira «acredita num Barreiro diferente»


CONVERSAS DE 2 MINUTOS
Faustino Mestre candidato a presidente da Direcção Grupo Desportivo Fabril do Barreiro
«Trazer novamente os sócios ao clube»


Barreiro - Francisco Pacheco, atleta amador do Grupo Desportivo «O Independente»
Um campeão nacional que vive o atletismo com prazer


AS EMPRESAS
ACT - Unidade Local do Barreiro divulga
Inquérito às Condições de Trabalho em Portugal Continental


O Maior Evento Cultural do Distrito de Setúbal está de volta
Semana Académica da Associação do Instituto Politécnico de Setúbal


Barreiro - APP de Tecnológica Barreirense
Ganha prémio internacional na categoria «Comunicação Mobile e Apps» Fundacom Miami 2017


DESPORTO
Barreiro - Barreirense garante regresso à LIga de Basquetebol
FC Barreirense vence (73-46) o Terceira Basket


Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Setúbal
Expressa total apoio aos seus árbitros João Jacob e Rui Cidade Silva


Fase Final do XIX Campeonato Nacional da Liga Feminina no Barreiro
Nos dias 29 e 30 de abril e 1 de maio no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho


Forum Barreiro Run 2017 dia 18 de junho
Com inscrições já abertas


PERSONALIDADES
Armando Jorge de Oliveira membro do Stella Maris de Setúbal
Diretor e Assistente Nacional do Apostolado do Mar são da Diocese de Setúbal


AS ESCOLAS
Estudantes do Politécnico de Setúbal integram Business Week na República Checa
International Business Week Network promove programas internaci


Politécnico de Setúbal de portas abertas
Oportunidade para conhecer e viver de perto o ensino superior


Agrupamento de Escolas de Santo André, Barreiro
Intercâmbio com França/échange culturel com o Lycée Saint Exupéry, de Parentis en Born


REPORTAGEM
Barreiro - «CA» cria um novo conceito de empresa
Unir vontades para prestar serviços de qualidade
. Um consórcio de serviços


‘Evocação da Guerra Civil de Espanha’ no Espaço Memória – Barreiro
«Guernica é um símbolo da barbárie»


Aberta a ligação entre Fórum Barreiro e Largo das Obras
Investimento na zona rondou um milhão de euros


Moita - «Olha aquela sou eu!»
A indústria têxtil em Alhos Vedros versus «a luta das mulheres pela sua emancipação»


Ao longo de 150 km a Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo
Envolve mais de 1000 pessoas da logística a cavaleiros


Barreiro - A «Excepção e a Regra» com encenação de Rui Quintas
Sem dúvida imaginação, inteligência e arte viva!>


Barreiro – Uma Escola com carisma
Secundária de Casquilhos recebe 8º encontro de antigos alunos


MOLDURA
Estão abertas as inscrições para o Concurso de Fotografia - Barreiro
Procura de novos valores, fomentar, reconhecer, premiar e difundir a criat


Barreiro - Esperança num Portugal melhor com o 25 de Abril de 1974
Histórias Vividas e Contadas do 25 de Abril


PEGA MONSTRO ao vivo na ADAO NO BARREIRO
Apresentação ao vivo do celebrado e histórico disco «Alfarroba»


Celebridades juntam-se pela Reciclagem, no Barreiro!
Eco Fashion a 27 de maio


Moita - Na sua sexta edição BB Blues Fest acolhe um «old master»
Americano Lazy Lester confirmado


Setúbal - Herman José em Azeitão
ONE(HER)MAN SHOW


Escola de Jazz do Barreiro
Comemora 18º aniversário e assinala Dia Internacional do Jazz


Escola de Jazz do Barreiro está de parabéns!
Foi um excelente fim de semana para o Jazz nacional


BARREIRO - Aplicação «Mata da Machada» para telemóvel
Acesso a informações sobre a Reserva Natural Local


AUTARQUIAS
Município de Palmela aprova condecorações
A atribuir no Dia do Concelho e no Dia Municipal do Bombeiro


Barreiro é Abril de 74 porque aqui durante 48 anos de ditadura fascista
Nunca desistimos de intervir, combater, lutar, propor, construir.


OPINIÃO
Qual o papel social e técnico das Ligas dos Hospitais no apoio ao Ostomizado?
O Ostomizado como promotor de bem-estar nos Hospitais
Por


Cidade da Participação? Só por 2 semanas!
Por Tiago Coluna
Barreiro


OSTOMIA NA PRIMEIRA PESSOA - AFINAL O QUE SINTO NA ALMA?
Por Francisco Oliveira
Barreiro



O Poder das Palavras
Por Carina Sapateiro
Montijo


A MEMÓRIA REDUZIDA A ESCOMBROS NÃO APROVEITA A NINGUÉM
Por Armando Sousa Teixeira
Barreiro


Um dia feliz para o ambiente em Portugal!
Por Nuno Miguel S. Banza
Inspetor-Geral do Ambiente


Rotunda do Lavradio – A real obra de arte
Por João Naia da Silva
Barreiro


De «Os Betes» ao «Perspectiva»
Por Vítor Ferrão
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Barreiro – Grupo Desportivo Fabril
Eleição dos Órgãos Sociais para o período 2017/2020


Eleições no Grupo Desportivo Fabril do Barreiro
Trazer novamente os sócios ao Clube


António Fernandes atual Presidente do Grupo Desportivo Fabril do Barreiro
APRESENTA CANDIDATURA A TERCEIRO MANDATO NA LIDERANÇA DO CLUBE


É limitada a infra-estrutura desportiva pública de que o Barreiro dispõe
Tem de ser encontrada numa opção que leva a gerir infra-estrutura part


Barreiro - Ecobrown 2017 na Mata da Machada
Dia dedicado à extinção de espécies invasoras na flora local


Barreiro - Campanha de solidariedade
«Telha Feliz 2017»


CULTURA
Moita - Na Baixa da Banheira
Documentário «Paula Rego - Histórias & Segredos» exibido no Fórum Cultural


Barreiro - Cidade Sol vai ser o palco do espetáculo «Histórias em Viagem»
Um projeto multidisciplinar de teatro de rua e teatro físico


Barreiro - Não condenar a memória patrimonial à terrível degradação «alzheimeriana»
Há que definir uma estratégia de Centro Histórico Ferroviá


LIVROS
No Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro
Apresentação do livro «Contos que vos conto» de Emanuel Góis.


POSTAIS
André Pinotes deputado socialista de Setúbal visado no programa «Sexta às 9»
Esclarecimento do Programa «Sexta às 9»


André Pinotes deputado socialista de Setúbal visado no programa «Sexta às 9»
Devido ao casamento mudou de residência do Barreiro para Sesimbra<


Barreiro - Inaugurada no Espaço Memória
Exposição ‘80 anos do abastecimento público de água"


Barreiro – O mistério dos leões do Mausoléu Alfredo da Silva
Desapareceram mesmo ou é um «Mito Urbano»?


Barreiro - VMER registou 3 partos no primeiro ano de atividade
Cerca de 70% dos registos relacionados com situações de doença súbita


Barreiro - David Sobral recebeu distinção «Rosto do Ano 2015»
Uma noite enriquecedora numa «lição» sobre o mundo e sobre a vida


Barreiro - Festival do Vento
Um (e)vento para soprar ideias e sentir os sonhos da cidade


Barreiro - Prémio Francisco 2017
Distingue Álvaro Carlos Marques


Era um vaso de barro
Por Ana Isabel
Barreiro


ARTES
Barreiro - Cidade Sol vai ser o palco do espetáculo «Histórias em Viagem»
Projeto multidisciplinar de teatro de rua e teatro físico


Moita - Comemorações do Dia Mundial da Dança no Fórum Cultural
«The Art of Losing» espetáculo da Companhia de Dança de Almada


Smile vai criar mural no centro da cidade do Barreiro
Evoca Barreirenses que viveram entusiasticamente o direito à liberdade


Barreiro - Uma excelente peça do Projéctor
«O Solário» onde a ficção e o real são memória


Teatro Ensaio Barreiro
«Com os fantasmas não se brinca» de Mário Castrim


EUROPA
Esforços para salvar vidas nas estradas da União Europeia
Resultados encorajadores em 2016 exigem a continuação


colunistas rostos.pt - o seu diário digital

MARÇO JUVENTUDE
Por José Caria
Montijo

MARÇO JUVENTUDE<br />
Por José Caria<br />
MontijoMarço é, pela sua história e acima de tudo pela sua prática, o mês da juventude e da sua luta. A juventude é um dos alvos privilegiados da ofensiva social, económica e acima de tudo ideológica e são grandes os desafios que estão colocados aos jovens e às suas organizações.

A 28 de Março de 1947 centenas de jovens participaram num acampamento em Bela Mandil, no Algarve, organizado pelo Movimento de Unidade Democrática Juvenil (MUD Juvenil). Aquelas centenas de jovens tiveram a ousadia de se juntarem em plena noite fascista, num momento de luta e simultaneamente de convívio, para exigirem liberdade e democracia para Portugal. Uma ousadia que foi forte e violentamente reprimida pelas forças repressivas do regime fascista, terminando com centenas de detenções e prisões.

A partir desse dia, por iniciativa própria e com as próprias características da juventude, a partir da sua ousadia e coragem, o movimento juvenil decretou o seu dia nacional.

Assinalam-se, em 2017, 70 anos do 28 de Março, dia Nacional da Juventude.

Segundo o Eurostat, em 2013, a taxa de desemprego jovem atingia um valor recorde de 28,5%, um aumento de 0,8 pontos percentuais face ao ano anterior, e de 15,2 pontos percentuais face ao ano inicial da atual crise, 2008.

Em 2012, segundo a mesma fonte, 60% dos/das jovens portugueses/as entre os 25 e os 29 anos de idade ainda vivia com os pais, a sexta taxa mais elevada entre os 28 Estados-membro da União Europeia. Portugal está ainda entre aqueles onde há mais jovens a viver em situações de carência extrema.

De acordo com o relatório de estatísticas do emprego do terceiro trimestre de 2014 do Instituto Nacional de Estatística (INE), no final de 2013, 69.3% dos jovens com idades compreendidas entre os 15 e 24 anos estavam a estudar, 21.7% estavam empregados e 14.1% correspondiam ao grupo daqueles que não estavam nem empregados, nem a estudar (Torres & Lima, 2014). Estes indicadores sucedem a um declínio do emprego jovem em Portugal de 29%, no período entre 2007 e 2012. A diminuição do emprego jovem tem inúmeras ramificações, entre as quais pontua a sobrecarga causada sobre os orçamentos familiares, visto que 90% dos jovens portugueses nesta faixa etária que não têm emprego ou que não estudam vive com pelo menos um adulto, um indicador de dependência em que o nosso país ocupa o primeiro lugar entre os países membros da OCDE (Carcillo et al., 2015).

39% das jovens até aos 35 anos têm contratos não permanentes e 63% se considerarmos as jovens trabalhadoras com menos de 25 anos.

As mulheres trabalhadoras ganham, em média, menos 17,5% que os seus companheiros de trabalho, apesar de terem habilitações mais elevadas.

São também a maioria dos trabalhadores com salário mínimo nacional (17,5% das mulheres trabalhadoras ganham o salário mínimo nacional face a 9,4% dos homens).

No 1° semestre de 2016 havia 2 milhões e 289 mil jovens em Portugal com idade entre os 15 e os 34 anos, correspondendo a 22% da população total. O número de jovens entre os 25 e os 34 anos era ligeiramente superior ao dos menores de 25 anos.

A tendência é de queda da população jovem desde pelo menos o final da década de 90. Ao mesmo tempo, a população total aumentou devido ao crescimento da população com 35 e mais anos, pelo que o peso dos jovens dos 15 aos 34 anos no total também diminuiu (era 30% em 1998).

Há várias causas a apontar. Desde logo a queda da natalidade que desde os anos 80 tem levado a menos nascimentos. Essa tendência é visível na diminuição do número de crianças (menores de 15 anos) e de jovens entre os 15 e os 24 anos (que neste momento são pouco mais de 1 milhão e 100 mil, quando eram 1 milhão e 540 mil em 1998).

A juventude, com características e composição heterogénea e em constante mutação, com criatividade, alegria e confiança e incorporando valores de solidariedade, entrega, capacidade de organização e participação, luta pela resolução dos seus problemas concretos e pela concretização dos seus sonhos e aspirações.

O movimento juvenil é composto por várias expressões e formas de organização da juventude. Por todo o país, a juventude organiza-se também em associações, colectividades ou em grupos informais, onde desenvolvem iniciativas em torno das mais diversas áreas da cultura, do desporto e de lazer, entre muitas outras, num património rico intimamente ligado à realidade do nosso país.

Movimento juvenil,movimento estudantil do Ensino Básico e Secundário,movimento estudantil do Ensino Superior , movimento dos estudantes do Ensino Profissional,movimento dos jovens trabalhadores ,associativismo juvenil de base local,organizações de juventude dos partidos, são algumas das formas,entre outras,em que se vai estruturando a luta dos Jovens.

País fora, nas empresas e locais de trabalho e nas ruas, os jovens trabalhadores lutam pelo direito ao trabalho com direitos, contra a exploração e o desemprego, pela estabilidade e contra a precariedade no trabalho, pelo aumento salarial, contra a emigração forçada e pelo direito a ser feliz no seu país.

A vida de centenas de milhares de jovens é , em 2017 , marcada pela instabilidade, insegurança e más condições de vida. É marcada pelo desemprego, pela precariedade, pelo abandono e insucesso escolares, pela falta de cuidados médicos.

A precariedade – que atinge cerca de 40% dos jovens entre os 15 e os 30 – inibe o exercício dos direitos, tanto na sua vertente individual como coletiva. Efetivamente, tratando-se a precariedade de “uma vivência subjetiva, traduz-se na impotência e no medo. E a incorporação do medo, por sua vez, dá lugar à aceitação ou resignação, isto é, à auto-negação da luta pelos direitos”. Não raras vezes, esta franja de trabalhadores não exerce os direitos e garantias que decorrem do seu contrato individual de trabalho, dos instrumentos de regulamentação coletiva de trabalho aplicáveis, ou até da própria lei, porque, por um lado, desconhecem-nos ou porque, mesmo tendo conhecimento, a atipicidade da relação de trabalho estabelecida, ou melhor, a duração determinada do seu vínculo, impede-os de os usufruírem de uma forma plena, por receio de represálias,mormente a cessação do contrato de trabalho.

A política de juventude é transversal às políticas do ensino, do trabalho, da saúde, de combate à toxicodependência, da segurança social, da cultura, do desporto, a todas as áreas da vida.

Têem sido registados alguns avanços, nomeadamente: o aumento do abono de família para crianças e jovens; a gratuitidade dos manuais escolares do 1° ano do 1° ciclo e o fim dos exames dos 4° e 6° anos do ensino básico; a recuperação dos 4 feriados roubados; o aumento do salário mínimo nacional; o fim dos cortes salariais e a reposição das 35 horas para os trabalhadores em funções públicas; o apoio extraordinário a desempregados de longa duração; a eliminação faseada da sobretaxa do IRS; a reversão de processos de privatização ou concessão das empresas públicas de transportes de Lisboa e do Porto, entre outros exemplos.

A par do desemprego, a precariedade é um dos maiores flagelos que atingem a juventude, um expediente do capital para fazer baixar as condições de trabalho e manter um exército de mão-de-obra disponível e vulnerável.

Março é, pela sua história e acima de tudo pela sua prática, o mês da juventude e da sua luta. A juventude é um dos alvos privilegiados da ofensiva social, económica e acima de tudo ideológica e são grandes os desafios que estão colocados aos jovens e às suas organizações.

A luta pelo acesso à educação pública, gratuita e de qualidade; contra a precariedade e pelo emprego com direitos e pelo direito a viver e trabalhar no seu próprio país, constituem tarefas que em grande medida estão nas mãos da juventude. Essa luta tem um momento alto em Março, mas é uma luta de todos os meses e de todos os dias.

A luta contra o desemprego juvenil, os baixos salários e a discriminação de que os jovens são alvo, a desregulação dos horários e da vida e o combate às inúmeras expressões da precariedade são exigências, reivindicações e desafios que se colocam no actual momento à juventude.

Mais financiamento; obras nas escolas e fim das aulas em contentores; mais professores e funcionários; reposição do passe escolar; contra as turmas superlotadas; privatização das cantinas, bares e papelarias; não aos elevados custos de frequência do ensino estas são ainda algumas das reivindicações.

A dignidade das pessoas tem que ser o valor central de uma sociedade decente. As pessoas são o primeiro e o mais importante ativo do país .

José Caria

09.03.2017 - 12:38
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2017 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


SAPO NOTÍCIAS - BARREIRO


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CÂMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CÂMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


MEMBRO DA

AIND