Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Barreiro / Moita - Edição Impressa do jornal «Rostos»
Temas de capa Terminal de Contentores e Ponte Barreiro - Seixal


Horóscopos Diários
Dia 28 de Junho 2017
Por Maria Helena


Inferências - Há dois anos o Presidente da Câmara Municipal de Almada
Salientou que «o Arco Ribeirinho Sul será sempre o nosso paracetamol»
.


Barreiro – Por dentro dos dias
O Lavradio, hoje, ficou um pouco mais bonito…


COLUNISTAS
Eclipses, solstícios, equinócios
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


O muro
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


A Muralha de Adriano
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


EDUCAÇÃO 2018/2019
Por José Caria
Montijo


Quem está a seguir?
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Tratam-nos da saúde
Por Nuno Cavaco
Moita


BASTIDORES
Barreiro - José Paulo Rodrigues é número dois da lista do PSD à Câmara Municipal
Não tem qualquer filiação partidária integra lista como indepe


Sobre localização do terminal de contentores no Barreiro
PSD exige ao Governo clarificação


Barreiro - Freguesia de Santo António da Charneca
Rui Coelho volta a candidatar-se pelo PSD


Boas notícias para o desenvolvimento da Península de Setúbal
Cumprir os compromissos que o PS assumiu com os eleitores do Distrito


PAN concorre ao Barreiro pela primeira vez em eleições autárquicas
Durval Salema candidato à presidência da Câmara


TERMINAL DE CONTENTORES NO BARREIRO – ASSIM NÃO!
afirma Mário Durval, candidato do Bloco de Esquerda à Presidência da Câmara


Candidato do PSD à Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino
Quer eliminar burocracia e obstáculos colocados aos empresários e reduzir taxas


Luís Nascimento candidato a presidente da Câmara Municipal
Trazer para a Moita o hipódromo com corridas de cavalos.


Barreiro - Frederico Rosa, candidato a presidente da CMB do Partido Socialista.
«Infraestrutura como o Terminal de Contentores tem que se enquadra


Moita - No pavilhão municipal de exposições
Apresentação publica de candidatos das listas da CDU


CONVERSAS DE 2 MINUTOS
Isabel Mateus Braga fotógrafa do Barreiro
«Um livro para reflectir como a vida é simplesmente construída com fé»


AS EMPRESAS
Barreiro/ Seixal - Ministério do Ambiente anuncia investimento 10 milhões de €
Plano de manutenção da frota da Transtejo e da Soflusa


Barreiro - «O País saiu do défice excessivo mas o serviço público de transporte fluvial Não»
Transporte público fluvial a funcionar com défice


DESPORTO
Academia de Judo do Barreiro / Grupo Desportivo Fabril
Saudação à judoca Filipa Maia


Basquetebol LIGA LPB PLACARD - GALITOS BARREIRO
André Martins continuará a ser treinador


Barreiro - Clube Naval Barreirense
Marcou presença na Regata Internacional Litocar 2017


Moita - Equipa de Traquinas do CRI de Alhos Vedros
Participou na 5ª edição da Mértola Cup


Atletas do Fabril do Barreiro e FC Barreirense
Integram Seleção da Associação de Futebol de Setúbal


Passeio Informal do Barreiro em BTT
Cerca de 30km ao ritmo do participante menos preparado


FESTI´BOL de PRAIA BARREIRO 2017
Atingiu-se mais de 2 mil entradas e foi considerado um sucesso


Academia de Judo do Barreiro/Grupo Desportivo Fabril
Filipa Maia sagrou-se Vice-Campeã Nacional


Milha Noturna da Moita
Participação de atletas federados e não federados


PERSONALIDADES
Câmara Municipal do Barreiro aprova Voto de Pesar
Reconhecendo Manuel de Oliveira


AS ESCOLAS
Moita - Constelação 2030 – Caminhos para Inovar na Educação,
apresenta Referencial de Inovação Pedagógica da Escola Técnica Profissional


Ciclo de Debates de Saúde no Politécnico de Setúbal
Debatem projetos de intervenção realizados na comunidade local


Barreiro - UAEEAM do 1º Ciclo de Santo António da Charneca
«Ronaldo vem à nossa escola. Tu és o melhor jogador».


REPORTAGEM
Municípios do Barreiro, Seixal e Almada
Um novo motor da Península de Setúbal


Na assinatura do contrato de construção da «Muleta»
Vamos ter notícias por estes dias sobre a actividade económica no Tejo
. anunciou o Presid


Barreiro - Pacheco Pereira no I Encontro de Cidades dos Afectos
«A memória é importante para a cidadania»


Barreiro – Movimento de Cidadãos Independentes
Apresenta Naciolinda Silvestre nas autárquicas de 2017


Barreiro – Rute Pio Lopes apresentou «Sintonias»
«A fotografia que me toca mais inspira-me para escrever»


Barreiro - Campanha #MusEu Contribuo
Valorizar espaço museológico da Baía do Tejo com memórias dos trabalhadores e famílias


Bloco de Esquerda quer «construir um Barreiro pela positiva»
«É pela solidariedade e pela fraternidade que nós mudamos isto»


MOLDURA
Barreiro assinala 33 anos de cidade
Cerimónia Barreiro Reconhecido no Parque da Cidade
. Concerto com Banda da Armada


Moita - 46ª Feira do Livro de Alhos Vedros
Obras de dezenas de editoras com destaque para jovens autores


Conferência sobre a Eutanásia no Barreiro
»Somos a única criatura capaz de dar sentido à vida»


Barreiro - II Passeio de bicicletas antigas
Contou este ano com cerca de 60 participantes


Barreiro - Festas Populares de Coina
Cantora REBECA no espetáculo de encerramento


Barreiro - Feira Quinhentista de Coina
2ª edição do evento dias 21, 22 e 23 de julho


AUTARQUIAS
Moita - Baixa da Banheira
Apresentação pública do projeto de requalificação urbana da Rua 1.º de Maio


Área de Reabilitação Urbana (ARU) do Concelho do Barreiro
Em análise na reunião da Assembleia Municipal


OPINIÃO
Uma crítica ao Projecto de Porto para o Barreiro no âmbito da discussão pública do Estudo de Impacto Ambiental.
Por Pedro Canário
Barrei


É A TERCEIRA VEZ QUE A ADMINISTRAÇÃO DO PORTO DE LISBOA (APL) NOS QUER TIRAR A PAISAGEM!
Por Armando de Sousa Teixeira
Barreiro


O SERVIÇO SOCIAL NO PAÍS DO FAZ DE CONTA!
Por Vítor B Munhão
Barreiro


VIOLÊNCIA URBANA
Por Maria José Santos
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Moto Clube do Barreiro
XVI Concentração Nacional de Motociclismo


LIVROS
Jovens do Barreiro da equipa ODD BULLET
Lançam livro «7 Balas: Dias de Cão»


POSTAIS
«Festejar os cidadãos do Barreiro»
Este é um dia para «festejarmos a nossa história»


Barreiro - Tasca da Galega 1º Prémio do 19º Concurso de Gastronomia Ribeirinha
»Ó polvo que lavas no rio» conquistou votos do júri


Barreiro - Assinado acordo com Ministério da Administração Interna
Esquadra nº 5 do Barreiro vai avançar


Barreiro - Município analisa com SOFLUSA
Enquadramento do estacionamento do Terminal no Plano de Mobilidade


Almada – Barreiro - Seixal
Arco Ribeirinho Sul ajuda a desenvolver o país


Ponte Rodoviária Barreiro – Seixal
Vai avançar durante a actual legislatura


Vai ser instalada no Barreiro Central de Depuração de Bivalves
Investimento de um milhão de euros


Território da Margueira em Almada vai passar ao domínio público
Divulgou o Primeiro-Ministro António Costa


Para definir localização do Terminal de Contentores do Barreiro
Governo vai criar Grupo de Trabalho divulgou Primeiro Ministro


Bombeiros Voluntários do Barreiro assinalam 86º aniversário>
Prestam homenagem às vitimas do incêndio de Pedrogão Grande


Barreiro - É preciso retomar as freguesias
Um alerta nas comemorações do 22º aniversário da Vila de Santo André


Barreiro - No Mercado Municipal do Lavradio
Arte de azulejos de alunos da Escola Álvaro Velho


AGENDA
FORUM BARREIRO - BARREIRO
Castello Lopes Cinemas
Programação Semanal


Espaços Vivos 2017 - Barreiro
Junho e julho


EUROPA
Declaração do Vice-presidente Dombrovskis
Sobre a saída de Portugal do Procedimento de Défice Excessivo


ambiente rostos.pt - o seu diário digital

Apenas 3 países europeus estão à altura do Acordo de Paris
Portugal em 7º em ranking sobre liderança climática

Apenas 3 países europeus estão à altura do Acordo de Paris <br />
Portugal em 7º em ranking sobre liderança climáticaA Suécia está no topo da lista, seguida pela Alemanha e a França. No fundo da tabela estão a Polónia, a Espanha e República Checa a fazer pressão para enfraquecer a proposta da Comissão, contrariando os esforços da Europa com vista ao cumprimento do Acordo de Paris. Portugal fica ainda assim bem posicionado no 7º lugar do ranking.

Foi hoje publicado um novo ranking que revela que apenas três países europeus estão no caminho certo para cumprir os objetivos o acordo de Paris. A tabela de classificação climática analisa a posição de cada um dos Estados-membros em relação ao maior pacote legislativo da UE em matéria de clima, a chamada “Decisão relativa aos esforços partilhados” (Effort Sharing Decision – ESD, em inglês). A Suécia está no topo da lista, seguida pela Alemanha e a França. No fundo da tabela estão a Polónia, a Espanha e República Checa a fazer pressão para enfraquecer a proposta da Comissão, contrariando os esforços da Europa com vista ao cumprimento do Acordo de Paris. Portugal fica ainda assim bem posicionado no 7º lugar do ranking.

Abrangendo 60% do total das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) da Europa, o pacote legislativo estabelece metas nacionais vinculativas de redução para o período entre 2021-2030 nos setores não abrangidos pelo Regime de Comércio de Licenças de Emissão da UE (RCLE-UE), nomeadamente: transportes, edifícios, agricultura e resíduos. O ranking agora apresentado pela Carbon Market Watch e pela Federação Europeia dos Transportes e Ambiente (T&E), da qual a Quercus é membro, permite que os cidadãos responsabilizem os seus governantes pelas posições assumidas relativamente à maior ferramenta da União Europeia para a implementação do Acordo de Paris.

Para Femke De Jong, Diretor de Políticas da UE na Carbon Market Watch, os autodesignados ´líderes climáticos´ devem tomar uma posição forte, aumentando o nível de ambição e acabando de vez com as lacunas presentes nesta legislação chave para a ação climática da UE. Argumenta ainda que só com uma forte ação climática é que a legislação poderá beneficiar os cidadãos europeus, de forma a tirarem partido dos benefícios de uma sociedade descarbonizada.

Vários países estão a propor que o Sistema de Esforços Partilhados (ESR) seja apenas um grande esquema de contabilização de emissões, que tem como referência uma base enganadora, recorrendo abusivamente aos créditos florestais ou explorando o enorme excedente do RCLE.

A Quercus subscreve a posição defendida pela T&E, segundo a qual, nas palavras de Carlos Calvo Ambel, analista de transportes e energia, esta é a lei climática mais relevante para que a Europa consiga cumprir o Acordo de Paris. Infelizmente a maior parte dos países quer contornar a legislação e tirar partido das suas lacunas para que possam continuar como se nada fosse. Os exemplos da Suécia, Alemanha e França indicam o caminho correto a seguir, embora seja preciso ainda mais ambição para podermos continuar a acreditar na capacidade de liderança climática da UE.

A análise divulgada propõe ainda soluções para que os países estabeleçam uma posição mais firme e compatível com o estabelecido no Acordo de Paris.

O ranking consiste num sistema de pontuação baseado nos diferentes elementos constantes do Acordo, cuja ponderação depende da sua importância. A posição de cada país foi baseada em documentos públicos, declarações dos respetivos Ministros e ainda em documentação submetida ao Grupo de Trabalho de Ambiente.

Os Estados-membros da União Europeia encontram-se atualmente a negociar a sua posição conjunta quanto à Decisão relativa aos Esforços Partilhados (ESD). Uma vez alcançado um acordo, a discussão passará para o Parlamento Europeu, sendo expectável que o Regulamento final seja adotado no final de 2017.

A destacar do ranking:

• A Suécia, com 67 pontos (de um total de 100), assume a liderança entre os países da UE. O país estabeleceu uma meta nacional para 2030 significativamente mais alta do que a meta definida no âmbito da decisão relativa aos esforços partilhados (ESD). Foi ainda anunciado que não irão usar as licenças do RCLE-UE para cobrir as emissões dos setores não abrangidos.

● A Polónia, com apenas 2 pontos, encontra-se na última posição da lista. O país defende como ponto de partida um nível de emissões significativamente mais elevado em relação ao atual, de modo a que os países não tenham que desenvolver quaisquer esforços para reduzir as emissões até 2030. A Polónia defende ainda que as metas que lhe foram atribuídas para 2030 deveriam ser reduzidas.

E Portugal?

A Quercus considera positiva a posição de Portugal que, com 38 pontos, ocupa o 7º lugar do ranking. Como pontos fracos é apontado o facto do país não defender limites para o uso do solo e para os créditos excedentes do RCLE e ainda não ter definido uma meta a longo prazo. Por outro lado, Portugal ganhou pontos por apoiar o reforço do ponto de partida proposto pela CE, alinhando-o pelas metas de 2020 para os países que se espera falharam as mesmas. É expectável, em todos os cenários, que Portugal tenha um grande excedente de emissões. Quanto mais forte a proposta relativa aos esforços partilhados, maior será o potencial para Portugal gerar receitas daí decorrentes.

Por último, o ranking deixa algumas recomendações aos Estados-membros para uma efetiva liderança climática ao nível da EU:

● Apoiar uma meta mais elevada para 2030 e um nível de ambição elevado para 2050 de forma a atingir os objetivos do Acordo de Paris;

● Defender um ponto de partida que reflita o nível atual de emissões e que não recompense os países que fiquem aquém dos objetivos;

● Exigir a eliminação da lacuna relacionada com o uso do solo que permite aos países recorrer aos créditos florestais não permanentes para poderem produzir emissões de gases com efeito de estufa (GEE) noutros setores;

● Exigir a eliminação dos créditos excedentes do Regime de Comércio de Licenças de Emissão da UE (RCLE-UE), uma lacuna que compromete a ação climática nos setores não abrangidos;

● Promover um sistema de governação mais efetivo que, antes de mais, garanta o cumprimento de objetivos anuais, ao invés da avaliação a cada cinco anos e eventuais sanções financeiras em caso de não cumprimento.

Nas próximas semanas, a ONG Fern irá apresentar outro ranking, no qual será analisada a posição de cada um dos países relativamente à Regulação do setor do uso do solo, da reafectação do solo e da silvicultura (vulgo LULUCF, da sigla em inglês).

Lisboa, 28 de março de 2017
A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

28.03.2017 - 16:47
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2017 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

ROSTOS APOIA

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

PUB. - ANUNCIO

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO ASSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND