Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 21 de Setembro 2018
Por Maria Helena


Barreiro / Moita - Edição impressa jornal «Rostos»
Baixa da Banheira das zonas que mais vai sofrer com instalação do aeroporto no Montijo


Inferências-Líder do PP espanhol defende TGV Lisboa - Madrid
Será de novo a margem sul e Barreiro na encruzilhada das indefinições da história?


Rota 66 - Barreiro
«A gente fala lá fora»


A(nota)mentos - Recuperação do património ferroviário do Concelho do Barreiro
Armazém de Víveres e o Dormitório da CP são trocos


Inferências - Barreiro
Quais as marcas dos mandatos autárquicos ? ( I)


Por dentro dos Dias
Barreiro - um tempo de percepções sem perspectivas


COLUNISTAS
A Retribuição Mínima Mensal Garantida
José Caria
Montijo


As pessoas ainda contam
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Descascando a cebola
Nuno Santa Clara
Barreiro


Prioridades e importância
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


É falta de educação não responder às perguntas ou não cumprir o que se promete
Por Nuno Cavaco
Moita


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


CARTA AO DIRECTOR
Carta ao Director
Para quando a Câmara Municipal da Moita resolve está situação?


BASTIDORES
Mais quatro diplomas da Descentralização aprovados em Conselho de Ministros
Proteção Civil, Saúde animal, Habitação e Estruturas de atendimento


Redução do IMI no Barreiro
Aprovada proposta do PSD


Encontro de socialistas de todo o distrito de Setúbal
Grande comitiva nas Festas da Moita


HOSPITAL DO BARREIRO SEM ÁGUA DEVIDO A INTERVENÇÃO DA CMB
O INCRÍVEL ACONTECEU


Bloco de Esquerda - Moita
Em defesa da cultura ribeirinha do tejo


Bloco de Esquerda reuniu com «Plataforma Cívica Aeroporto BA6-Montijo Não»
A necessidade de um debate o mais amplo possível é uma preocupação


Barreiro - Obras de requalificação na ponte pedonal
PSD alerta para degradação da ponte pedonal da Recosta


CONVERSAS DE 2 MINUTOS
Barreiro – Alfaiate Borges com 92 anos
«Os fatos portugueses são os melhores do mundo»


Barreiro - «Má Raça» um dos rostos da arte in town>
Quando nasci estavam a construir a muralha da Avenida da Praia


ENTREVISTA
Moita - Nuno Cavaco, freguesia da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira
Balneários e relvado no campo do UDCB avançam sem apoio do Poder Central


José Figueiredo, Bombeiros Voluntários do Barreiro
«A minha maior alegria é estar a comandar este corpo de bombeiros»


Sara Oliveira, Provedora da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro
«É muito difícil ver pessoas sofrer e sentirmos a impotência»


AS EMPRESAS
Greve dos enfermeiros no distrito de Setúbal
Adesão acima dos 70%


Transporta diariamente cerca de 70 mil passageiros entre Setúbal e Lisboa
Fertagus apresenta comboio decorado «Setúbal é um mundo»


Semana Europeia da Mobilidade 17-23 de Setembro
Fertagus promove o uso do transporte em Lisboa e Setúbal


Melhorar a oferta portuária de Setúbal
Permitindo a receção de navios maiores e mais modernos


ACT Barreiro promove ação de sensibilização na Riberalves na Moita
Promover a melhoria das condições nos locais de trabalho


ACT- Barreiro e a Câmara da Moita promovem Seminário
Avaliação de Riscos Profissionais - Organizações Públicas e Privadas


Na Quinta da Margueira em Almada
1º Fórum Empresarial da AISET- Associação da Indústria da Península de Setúbal


DESPORTO
No Barreiro 97 atletas de todos os escalões
Participaram na 5ª Etapa do Circuito Nacional de Remo de Mar - 2018


Campeões Nacionais do Clube de Vela do Barreiro
Câmara Municipal aprova saudação por unanimidade


CV Barreiro- Vasco Soares sagra-se Campeão Nacional de Infantis
Madalena Wanzeller sagra-se Campeã Nacional de Infantis feminina (3º lugar ge


AS ESCOLAS
Setúbal - Nova pós-graduação em Intervenção Social e Práticas Artísticas
Seminário de divulgação agendado para 26 de setembro


Setúbal - Obras científicas são lançadas na Fundação Gulbenkian
Investigadoras do IPS estudam voz cantada e a fala na primeira infância


Equipa da EST Barreiro /IPS conquista 3.º lugar com projeto na área da Biotecnologia
Politécnico de Setúbal sobe mais uma vez ao pódio do Polie


REPORTAGEM
Barreiro - Declarações Politicas das forças políticas
Criticada a ausência de maioria do executivo Municipal


Barreiro – Moções, recomendações e saudações
Aprovação por unanimidade na Assembleia Municipal


Psicologia deve ter um papel no desenvolvimento da comunidade
Psicólogos do Barreiro querem implementar programa de acção no concelho


Colocar o Barreiro no mapa da formação náutica
19 barreirenses receberam Certificado de Pescador


Sistema led em toda a iluminação pública do concelho do Barreiro
Actualmente o encargo anual com a iluminação pública são 850 mil euros


Barreiro - Plataforma Cívica BA6 - Montijo Não
Vai avançar com petição para o tema ser debatido nas Assembleias Municipais


MOLDURA
Barreiro - Feira Quinhentista de Coina
Hoje dia 21 de Setembro abre portas às 14h00 à Comunidade Educativa


No Barreiro foram detidas duas mulheres com 41 e 67 anos por tráfico de estupefacientes
Apreendidas 160 Doses de Cocaína e 166 Doses de Heroín


Barreiro / Moita - No dia 29 de Setembro pelas 10:00 horas
Marcha de Protesto contra infraestrutura aeroportuária na Base do Montijo


Na Cooperativa Cultural Popular Barreirense - Barreiro
Seminário «Patologia Mamária: uma causa de todas as mulheres»


Semana Europeia da Mobilidade no Barreiro
«Passe a Passe» e «1 Dia com os TCB» assinalam


Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro dias 5 e 6 de Outubro
Revelado o cartaz completo do OUT.FEST 2018


No Barreiro apresentação nacional do «Iberia Brass Quintet»
Quinteto do Conservatório de Amesterdão inclui barreirense João Canelas


Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro
Apresentação do livro «Tantas Cores Dentro de Mim»


Moita - Exposição e test-drive de três veículos elétricos
EDP Distribuição associa-se à Câmara na Semana Europeia da Mobilidade


Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete
Promovem «Passeios de Bicicleta»
. Dia 22 de Setembro


Barreiro - Mais de uma centena de pessoas participaram na 13ª edição da «Subida do Coina»
13 anos a valorizar o património do Rio Coina


AUTARQUIAS
Concurso público estará concluído antes do final deste ano
BARREIRO AVANÇA COM ILUMINAÇÃO LED


OPINIÃO
D. Manuel Martins o inesquecível bispo
Por Eugénio Fonseca
Setúbal


Pela Valorização das Assembleias Municipais
Por Pedro Vasconcelos Almeida
Barreiro


Farmácias Solidárias: Finalmente uma realidade em Almada
Por Sara Machado Gomes


RESPECT
Por Rui Lopo
Barreiro


SE O EUSÉBIO AINDA JOGASSE…
Por Luís Tiago
Barreiro


A falta de transparência municipal na concessão de apoios financeiros
Por Alcídio Torres
Montijo


Como melhorar a nossa Automotivação?
Por Sandra Pereira
Barreiro


O AÇAMBARCAMENTO DA OSTOMIA
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS FARMÁCIAS E O BUSINESS DA OSTOMIA
Por Vitor Bento Munhão
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Barreiro - Exploração do bar do Santoantoniense Futebol.
CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO


Barreiro - Associação de Mulheres com Patologia Mamária
Assembleia Geral no próximo dia 27 de Setembro.


POSTAIS
PS e CDU deviam terminar com o clima de crispação
Deviam tentar dialogar em prol do Barreiro.


PAN recomenda medidas para Barreiro Acessível
Campanha de sensibilização sobre ocupação abusiva de lugares de pessoas com deficiência


Bombeiros Voluntários do Barreiro – CSP
Aberto «Auto de Averiguações» ao caso de «Abertura de Porta»


Crónicas do Algarve
Acerca de medo, de medos e de fantasmas


Unanimidade sobre Pólo Ferroviário do Barreiro
Como elemento estratégico de desenvolvimento regional e do país


Barreiro – Encontro na Praceta Frei Luís de Sousa
Manter vivas as relações dos «jovens da praceta»


Barreiro - Vela no Desporto Escolar
Vai nascer Centro de Formação no Clube de Vela


Taxa de Analfabetismo no Barreiro é de 3,5%
Novos tipos de iliterados que são os info-excluídos


Barreiro - Obras no Moinho Pequeno
Funcionária da Câmara afirma que actual executivo limitou-se a levantar suspensão da obra


Terminal de Contentores do Barreiro
Estudo de Impacto Ambiental terá parecer positivo da Câmara


Barreiro - Quinta Braamcamp tem capacidade de construção
Um projecto imobiliário interessante


Barreiro - Aumento de acções de desinfestação
Pragas de baratas e ratos causam impacto financeiro


AGENDA
Barreiro - Com encenação de Diogo Infante
Teatro «O Deus da Carnificina» no AMAC


EUROPA
Comissão Europeia regista a iniciativa
«Acabar com a fome que afeta 8 % da população europeia»


Comissão Europeia regista iniciativa
sobre «Cidadania Permanente da União Europeia»


reportagem rostos.pt - o seu diário digital

«Os campaniços» deram vida ao Alentejo no Barreiro
Uma peça marcada de autenticidade e pelo rigor plástico

«Os campaniços» deram vida ao Alentejo no Barreiro<br>
Uma peça marcada de autenticidade e pelo rigor plástico<br>
João Ferrador, encenador natural do Barreiro, desenvolve a sua actividade profissional em Lisboa.
Hoje, com alguma emoção, com a presença dos seus pais na plateia, apresentou um trabalho por si encenado, a peça “Os campaniços”, de Luís Miguel Ricardo e João Paulo, levada a cena pelo Grupo «Oficinas de teatro da Penha de França».
O espectáculo contou com a participação do Grupo Coral Alentejano «Os Amigos do Barreiro».

O Grupo «Oficinas de teatro da Penha de França» levou a cena no dia 9 de Dezembro, na SFAL – Sociedade Filarmónica Agrícola Lavradiense, a peça “Os campaniços” de Luís Miguel Ricardo e João Paulo, com Direcção de actores e concepção cénica de João Ferrador.
O espectáculo contou com a brilhante participação do Grupo coral alentejano “ Os amigos do Barreiro”.

Neste espectáculo a preocupação do encenador é recriar o ambiente do Alentejo. O cenário é marcado por fardos de palha que dão a cor, o cheiro e o ambiente da ruralidade alentejana.
Os actores interpretam os seus papeis com o ritmo e a linguagem característica do povo alentejano.
Não se trata de uma sátira aos costumes alentejanos mas, apenas, de um conjunto de quadros que procuram com ironia, com versatilidade, proporcionar um encontro com as formas de ser e estar de uma cultura muito própria e dos seus choques com as «modernices», como foi a ida à discoteca a Beja.
Uma peça marcada de autenticidade e pelo rigor plástico.
Há momentos hilariantes. A peça decorre com muito ritmo, sendo no palco que tudo decorre, até a mudança de figurino dos personagens.
Uma história em que o actor assume, por diversas vezes, o lugar de actor e narrador, com beleza expressiva.
Penso que alguns actores, por vezes, pela necessidade de recorrer ao sotaque alentejano, acabam em, algumas situações, por ter uma dicção rápida que faz perder a alguns espectadores o sentido discursivo. Mas no geral as interpretações são positivas.

A presença do Grupo Coral Alentejano «Os Amigos do Barreiro»no espectáculo foi muito agradável. Este foi um exemplo de como é possível a partilha de saberes e experiências e como, na verdade, um grupo com vida própria pode ser enquadrado num espectáculo, pelo que sabemos, quase sem qualquer ensaio, acrescentando-lhe mais valia e dando mais valia ao próprio cante alentejano.

Fazendo uma actuação de forma muito digna e sóbria, e, naturalmente, proporcionando uma forma diferente e criativa de se escutar o cante alentejano.
Aliás, este é um pormenor que permite lançar o desafio a muitas autarquias do Alentejo para que convidem o Grupo «Oficinas de teatro da Penha de França» e, desta forma, sem grandes custos, podem proporcionar aos seus grupos corais locais uma experiência muito própria e inovadora de divulgação do cante alentejano, enquadrada num espectáculo agradável e divertido.
Os jovens do grupo «Oficinas de teatro da Penha de França» mereciam este convite e João Ferrador, o encenador, sentiria que este espectáculo era divulgado e acarinhado na região da sua origem.

No espectáculo houve um momento, por causas técnicas, que faltou a luz nos projectores, mas, na verdade, o espectáculo continuou, escutando-se o cante alentejano, ali, como um som que brotava da escuridão do fundo de uma mina, ou numa noite escura como o breu na planície alentejana.
Se a cena fosse intencional, até, diga-se , que passava perfeitamente, pois aqueles sons que se escutavam na escuridão sentiam-se como um hino do Alentejo evocando os seus mineiros, ou a resistência de uma noite escura que marcou este país.

Foi um espectáculo agradável, divertido, com uma sala composta de um público que, em certas situações, parecia que estava a recordar estórias e memórias.

João Ferrador certamente viveu, neste dia, uma experiência única da sua vida de homem do teatro – um reencontro com a sua terra e, em simultâneo a experiência de promover a interdisciplinaridade do cante com o teatro, assim como o intercâmbio com um Grupo Coral que viveu a sua participação de forma muito nobre.
Parabéns!

António Sousa Pereira

Sinopse de “Os campaniços”

Debaixo de uma soalheira tremenda Zé Aranha e Joaquim Zorro discutem os pormenores para a concretização da ideia editorial, proveniente do âmago criativo do primeiro.
Joaquim oferece resistência ao projecto, acha que vai ser uma carrada de fezes e avisa Zé para se desmaginar disso.
Mas a amizade por Zé e a característica inocência levam-no a aceitar o desafio e depressa arranjam gente que lhes escreva um livro de contos alentejanos, a que viriam a chamar “Heróis à moda do Alentejo”.
Pelas mãos dos dois entramos em “Os campaniços”, um dos contos da obra, e passamos para uma ambiência alentejana marcadamente rural, o moço que só arranjou namorada aos trinta anos, o grande balho do Monte da Carocha, local considerado por Zefo Dias como o melhor para arranjar uma magana, o pedido de casamento a Cipriana Calabaita nas margens do barranco e o atraso do noivo por ter caído da motorizada. As bandas filarmónicas que grande parte das vezes acabam às barqueiradas, a descoberta da discoteca em Beja e muitas outras odisseias alentejanas bem humoradas.
“Levas com uma tarranada nas ventas que até andas de arrecuas!”

João ferrador

Ficha técnica e artística
“Os campaniços”

Oficinas de teatro da Penha de França

Autor: Luís Miguel Ricardo e João Paulo
Direcção de actores e concepção cénica: João Ferrador
Musica: Daniel Tavares
Operação de som: João Pedro Dantas
Figurinos: Rita Matos e Ana Paula Avelar
Interpretação: Alexandre Donário, Ana Paula Avelar, Daniel Tavares, Filipa Noronha, Filipe Barbosa, João Canário, João Eleutério, Luísa Poço, Maria Catarina Felgueiras, Paula Correia de Oliveira e Ruben Milheiras.

10.12.2012 - 0:34
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2018 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND