Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Há dias que as palavras são…
Por António Sousa Pereira
Barreiro


Por dentro dos dias - Barreiro
Mata da Machada – é ou não é estratégica para o Barreiro ?


Por dentro dos dias – Barreiro
Uma pomba a voar – entre o Barreiro e o Lavradio>


A(nota)mentos - Barreiro
Encerrado 1º round das autárquicas 2017


Inferências
Barreiro – aí estão as eleições autárquicas e os discursos do «esgotamento»


COLUNISTAS
O jogador e o árbitro
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


A banalidade do mal
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


Gerações
Por Manuela Fonseca
Barreiro


SERVIÇOS PÚBLICOS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS
Por José Caria
Montijo


SE ALGUMA VEZ O BARREIRO SE TIVESSE LICENCIADO, TERIA SIDO COM CERTEZA EM ENGENHARIA!
Por Nuno Banza
Barreiro


VIAGEM
Por Kira
Barreiro


Miragens
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Barulho das Luzes
Por Cláudia Russo
Barreiro


Perdemos todos!
Por Nuno Cavaco
Moita


BASTIDORES
Deputados do PS de Setúbal
Visitam Escola Tecnológica do Litoral Alentejano em Sines


Os Deputados do PS eleitos pelo Círculo de Setúbal
Congratulam-se com a reabertura do Tribunal de Sines


Distrital de Setúbal do PSD considera que o Porto de Setúbal
nos últimos anos deu um «grande impulso» à economia e à competitividade da região


Câmara Municipal do Barreiro encomendou um estudo de opinião
PS Barreiro estranha «que o faça a cerca de um ano das eleições autárquicas»


Barreiro / Setúbal - Sobrelotação e insegurança na Linha Ferroviária do Sado
Os Verdes questionam o Governo


Acesso à saúde pública da população do concelho do Barreiro
Bloco de Esquerda solidariza-se com esta luta


Executivo da Comissão Concelhia da Moita do PCP
Solidário com os Trabalhadores da MCAV


AS EMPRESAS
Palmela -Acordo sobre modelo de gestão na Volkswagen Autoeuropa
Passagem a um turno diário de produção a partir de setembro


DESPORTO
Barreiro - Futebol Clube Barreirense na época 2016/17
Carlos Fernandes Coordenador Geral do Futebol


Barreiro - Futebol Clube Barreirense «Industria dos Óculos»
Contagem Decrescente «Final Four Nacional Sub16»


Campeonatos Nacionais de Karaté
Inês Ferreira do Barreiro Campeã Nacional Iniciados


Jardim de Infância Dom Pedro V - Barreiro
Organizou 2ª Caminhada da Família DPV.


Galitos Basket do Barreiro vai estar em Olhão
Na Fase Final da Taça Nacional de Basquetebol no escalão de Sub 18


Festival de Ginástica do Barreiro
Parceria dos Clubes e apoio da Associação de Ginástica do Distrito de Setúbal


Seminário em Setúbal
Desportos de Combate e Artes Marciais


Grupo Desportivo Fabril do Barreiro
Campeão da 1ª Divisão Distrital de Setúbal 2015/2016


Atletismo - Forum Barreiro Run 2016
As inscrições já se encontram abertas


GDESSA Barreiro
Campeã Nacional sub-19 2015/2016


PERSONALIDADES
Barreiro - Patrícia Gaspar Comandante Operacional Distrital de Setúbal
Condecorada pelo Presidente da República de Timor-Leste


AS ESCOLAS
Barreiro - Feira Pedagógica sob o tema «Crescer Saudável»
Mostra dos projetos educativos e trabalhos desenvolvidos pela comunidade escola


Escola Secundária de Casquilhos - Barreiro
Encontro Erasmus+ na Lituânia


Universidade Sénior da Moita
Inscrições a partir de 1 de junho


Barreiro - Projecto «Conhecer a Guerra Defender a Paz»
Exposição «Interpretar Guernica»



Participação do concelho do Barreiro no Concurso Nacional de Leitura
Ana Rita Diogo do 11º ano dos Casquilhos apurada como finalista


Barreiro - Vamos ajudar a criar o Centro Ambiental do Clube Ecoamigos
da Natureza/Ecoescolas dos alunos do Agrupamento de Escolas de Álvaro


Setúbal - Júri distingue trabalho da 5ª edição do Projeto Kid´s Guernicao
«Depois da Guerra a Família Chega a Casa» do Agrupamento de Escolas


REPORTAGEM
«Concerto para Sanca João» de Carlos Alberto Correia escritor do Barreiro
Em Lisboa foi o lançamento em Lisboa inscreve-se como memória no fut


Barreiro – Criar afectos entre autarcas e fregueses
Cerca 320 pessoas num passeio-convívio


Barreiro - Tatiana Fernandes vai ter sua Cadeira Eléctrica Adaptada>
No Jardim Infantil D. Pedro V crianças praticam solidariedade


Barreiro - SDUB «Os Franceses inaugurou Creche «O Inicio»
«Um serviço de alta qualidade»


Moita - Num ambiente de encantamento e glamour
Ceia Medieval de Alhos Vedros abre as portas à 9ª edição da Feira Medieval


Voluntariado mobiliza prática activa da cidadania
Querer uma terra mais linda e mais B – Barreiro é Belo


Barreiro - Num espaço degradado de droga e prostituição
Nasceram 42 hortas comunitárias na «Hortinha da Vila Chã»


Barreiro criou a primeira Comissão Administrativa
Populações tomaram nas suas mãos o exercício da democracia


MOLDURA
Barreiro -Atividade Letiva Senior
Programa de Encerramento 2015/16



Moita – Sociedade Recreativa Cultural União Alentejana – Baixa da Banheira
Semana Cultural Alentejana dedicada a Grândola


Banco Alimentar de Setúbal
Recolhidas 179,400 toneladas de alimentos


Festas Populares de Palhais - Barreiro
Cantora «Rebeca» no encerramento


Festas do Barreiro 2016 já têm imagem
Certame decorre de 12 a 21 de agosto


Ivan Lins do Brasil encerra as Festas no Parque da Cidade - Barreiro
Um dos Compositores mais conhecidos e premiados em todo o Mundo


Moita / Baixa da Banheira - BB Blues Fest Rui Veloso é convidado especial
Grande aposta na qualidade e diversidade do programa
. Conhecido ca


BARREIRO - SUNSET DO FESTIVAL LIBERDADE
Rui Unas será o apresentador do Festival


Moita - Comemorações Dia Mundial do Ambiente
Visita guiada às Salinas do Samouco em Alcochete


Barreiro - S.energia, AME Seixal, ENA e AREANATejo
Iniciam sensibilização aos funcionários municipais no âmbito da medida Conhecer&Agir


AUTARQUIAS
Dia do Concelho de Palmela
Homenagem a cidadãos e entidades abre programa comemorativo


Câmara Municipal de Alcácer do Sal traz investimento
para modernizar zona nascente da cidade


Quinta oficina no âmbito do Congresso Barreiro 2030
«Modernização Administrativa, Relação com o Munícipe e Participação»


Montijo - Votos favoráveis do PS e abstenções do PSD e CDU
Câmara aprova prestação de contas consolidada


Barreiro - Cultura, Desporto e Associativismo foi o tema da terceira das dez oficinas
Importância do associativismo como linha estruturante da


Complexo de Piscinas do Parque José Afonso – Baixa da Banheira
Câmara da Moita volta a assegurar funcionamento


Barreiro - App dos TCB chega ao Windows Phone
Saber em tempo real todas as informações


OPINIÃO
A subsidiodependência….
Por Filomena Ventura
Moita


Reflexão democrática sobre o momento atual e expetativas de futuro em termos nacionais e locais
Por António Duro
Moita


20 DE MAIO, DIA DO PODER LOCAL
Por Amélia Antunes
Montijo


A amêijoa nipónica no estuário do Rio Tejo
Por José Bastos
Montijo


POR FALAR DE POLITICAS URBANAS….
Por Emanuel Santos
Barreiro


As Multinacionais escolhem o país mas mudam-se para Cidades
Por Frederico Rosa
Barreiro


Barreiro, construir a sua marca como actor principal
Por Rui Braga
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste – Barreiro
Eleição e tomada de posse dos novos Órgãos Sociais


Coordenadores da ‘Agenda Barreiro 2025’ ouvem IPSS
«Qualidade das respostas e dos recursos humanos» entre preocupações da NÓS


Partilha de meios desportivos do Barreiro é inevitável
No Barreirense as SAD’s não serão opções de ‘pegar ou largar’


CULTURA
Momento alto das comemorações do Dia do Pescador em Sesimbra
Museu Marítimo abriu portas ao público


Leituras encenadas pela ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro
«Histórias Vivas na Biblioteca»


LIVROS
Moita - No Fórum José Manuel Figueiredo na Baixa da Banheira
Apresentação do livro «ANTIGAMENTE DA BELA VISTA VIAM-SE OS BARCOS DA MULETA»


Barreiro - Apresentação do livro de Jorge Fagundes
«Dois Suspiros»


Luís Ferreira Rodrigues natural do Barreiro
Edita «A Ponte Inevitável – A história da Ponte 25 de Abril»


POSTAIS
As crianças são assim
Por Ana Isabel Castro
Barreiro


«Pensamos numa nova função para as indústrias do Barreiro»
Um manifesto à cultura urbana


«Tomem conta disto» desafio lançado aos artistas
por Carlos Humberto, presidente da Câmara Municipal do Barreiro


Aniversário da Vila da Baixa da Banheira – Moita
«Gente da Nossa Terra» uma obra que dá rostos à história de uma vila


Barreiro - Obras de recuperação do Pavilhão da Escola Álvaro Velho
Não avançam apesar de existir projecto e orçamento…faltam verbas?!


No concelho da Moita existem 4.384 micro empresas
No conjunto as empresas do concelho registam 10.325 trabalhadores


ARTES
Exposição Internacional de Gravura na Biblioteca Municipal do Barreiro
HIDRO-GRÁFICAS


Estreia na 5ª Festa de Teatro do Barreiro a peça «8 Mulheres»
de Robert Thomas com encenação de Abílio Apolinário


Festa do Teatro Cidade do Barreiro
Maio primeiro ciclo com novidades e estreias


Teatro de Ensaio do Barreiro na Oficina de Teatro Mário Pereira
Uma noite hilariante com as duas comédias de André Brun


AGENDA
Animação nos parques e espaços públicos do Barreiro
Espaços Vivos 2016


moldura rostos.pt - o seu diário digital

Almada - Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Sul
VALORIZAR E DEFENDER A ARTE-XÁVEGA É RESOLVER OS PROBLEMAS DOS PESCADORES

Almada - Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Sul <br>
VALORIZAR E DEFENDER A ARTE-XÁVEGA É RESOLVER OS PROBLEMAS DOS PESCADORESO Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Sul, afirma a importância de ser defendida Arte-Xávega, que sublinha é uma-"Arte de Pesca secular e ùnica no nosso País, constituindo um importante património histórico-cultural nacional que importa dar a conhecer, preservar e valorizar".

O STPSul apela a toda a classe, aos pescadores em geral, para a importância da sua mobilização e participação em unidade, com uma atitude interventiva e proponente e de luta em defesa da Arte-Xávega e da Pesca em geral.

Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Sul
VALORIZAR E DEFENDER A ARTE-XÁVEGA É RESOLVER OS PROBLEMAS DOS PESCADORES

O Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Sul, em conjunto com outras estruturas representativas, tem tido um importante papel na valorização e defesa da Arte-Xávega, Arte de Pesca secular e ùnica no nosso País, constituindo um importante património histórico-cultural nacional que importa dar a conhecer, preservar e valorizar.

No entender do STPSul essa preservação e valorização passa em primeiro lugar pela resolução dos problemas actuais que afectam esta arte.

A Arte-Xávega, é uma arte “cega”, pois não consegue prever o que vai pescar. Visto que, no primeiro lance, nunca se sabe o que virá à rede. É pois, necessário adequar a legislação às características deste tipo de pesca, através da permissão da venda do primeiro lance, independentemente do tamanho do pescado capturado. Assim resolve-se o problema e, ainda se vai ao encontro da directiva europeia de acabar com as rejeições, até porque as quantidades capturadas pela Arte-Xávega não são significativas.

O trabalho do STPSul, em conjunto com outras estruturas representativas junto da Comissão de Pescas e de todos os partidos com assento na Assembleia da República não foi em vão, levando a aprovar a 7 de Julho de 2013 por unanimidade, a Resolução nº 93/2013, onde tal é consagrado. A verdade é que passados 6 meses não há o minimo sinal de vontade do Governo em introduzir tal alteração fundamental na Portaria, sacudindo a responsabilidade para a União Europeia, o que é uma falsa questão.

Esta falsidade é completamente desmascarada na resposta á pergunta escrita, feita pelos deputados europeus comunistas João Ferreira e Inês Zuber, á Comissão: “De que forma podem as especifidades desta arte de pesca secular (Arte-Xávega) ser reconhecidas, defendidas e valorizadas ao nivel da UE.?”

Vale a pena transcrever a resposta de Maria Damanakiem em nome da Comissão, onde afirma que esta “reconhece plenamente a importância da pequena pesca, de que a Arte Xávega é um exemplo, bem como o papel vital que desempenha no tecido social e na identidade cultural de muitas regiões costeiras da Europa. As artes e as práticas de pesca individuais não são protegidas enquanto tal pela UE. Por conseguinte, conquanto a Arte Xávega seja, reconhecidamente, um método de pesca pouco prejudicial para o ambiente, à semelhança de outros tipos de artes de cercar, como as redes de cerco dinamarquesas ou as redes envolventes-arrastantes de alar para a praia, a arte utilizada seria classificada como uma arte activa, sujeita a todas as medidas técnicas de conservação pertinentes, entre as quais as relativas à malhagem, à construção de artes de pesca, à composição das capturas e aos tamanhos mínimos de desembarque. Os pescadores são livres de diferenciar os seus produtos, recorrendo a regimes de certificação, valorizando-os e promovendo-os enquanto pescado capturado de forma responsável. Nesta matéria, o Fundo Europeu das Pescas (FEP) prevê a possibilidade de os Estados-Membros concederem assistência financeira a um determinado número de medidas especificamente orientadas para a promoção de produtos capturados na pequena pesca. Está disponível financiamento para a promoção de produtos obtidos por métodos pouco prejudiciais para o ambiente, bem como para a certificação da qualidade, incluindo a criação de rótulos e a certificação de produtos capturados através de métodos de produção respeitadores do ambiente. A pesca com a Arte Xávega poderia ser elegível para esse tipo de auxílios”.

O que o STPSul pergunta é, porque o nosso Governo não aproveita tudo isso na defesa e valorização efectiva da Arte-Xávega? Exigimos o seu empenho na certificação desta arte e das suas capturas, através desses apoios financeiros disponibilizados e não aproveitados.

Fica assim provado que, apesar dum quadro adverso, existem instrumentos e mecanismos que aproveitados e bem geridos podem ser fundamentais para defesa e valorização da Arte-Xavega,dependendo apenas da vontade e opções das politicas do Governo português.

A profunda crise económica e social que afecta Portugal, afecta também a Pesca, e muito particularmente a Arte-Xávega, desde o aumento dos custos dos factores de produção, em especial dos combustíveis, a gasolina (não apoiada) que as embarcações têm de utilizar devido ás caracteristicas desta actividade e que se prendem com a necessária capacidade de resposta dos motores para passar o mar. É portanto necessário aumentar a potencia máxima dos motores por razões de segurança para que não aconteça mais o que aconteceu em Ovar, com a morte de 2 pescadores.

O Governo, constituiu uma Comissão de Acompanhamento da Arte-Xavega, cuja composição reflecte a pesada presença de estruturas governamentais em detrimento das estruturas representativas do sector e até das autarquias. Tal Comissão, ao fim dum ano de funcionamento, tem em fase final um relatório.

Tal estudo, sendo um importante contributo histórico, social e cultural sobre a Arte-Xávega, em boa parte escamoteia, não reflecte, nem dá resposta aos problemas actuais e prementes com que se debatem os profissionais da Arte-Xávega.

O STPSul não deixa de valorizar alguns contributos desse estudo, dando particular importância á desmitificação de erradamente se designar a Arte-Xávega, como arte arrastante-envolvente, indo ás suas origens e documentando que sempre se tratou duma “pesca maritima oceânica, mas costeira, de cerco e alar para terra” e, por tanto não se pode confundir com uma arte de arrasto.

Para finalizar, o STPSul não pode deixar de manifestar também grandes preocupações quanto às interdições para a Arte-Xávega, na frente urbana da Costa da Caparica, cujo teor do Edital da Capitania do Porto de Lisboa, que chegou ao nosso conhecimento, ao criar 3 Áreas, limita e restringe esta Pesca a niveis não sutentáveis. Lamentamos profundamante que todas as outras actividades de veraneio, lazer, e lúdicas, festas de bares nas praias, etc assumam maior importância, subalternizando a pesca da Arte-Xávega, como actividade económica e de sustento de várias famílias na Costa da Caparica e Fonte da Telha.

O STPSul apela a toda a classe, aos pescadores em geral, para a importância da sua mobilização e participação em unidade, com uma atitude interventiva e proponente e de luta em defesa da Arte-Xávega e da Pesca em geral.

Almada, 10 Janeiro de 2014
A Direcção do STPSul

O Conselho Nacional da CGTP-IN marcou para o DIA 1 FEVEREIRO, um DIA NACIONAL DE LUTA que incluirá manifestações e concentrações em todos os distritos do país. Será um dia de luta e protesto contra as políticas económicas e sociais do Governo.
PARTICIPA! TRÁZ OUTRO CAMARADA CONTIGO

19.1.2014 - 13:02
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2016 Todos os direitos reservados.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB

PUB

PUB.

PUB.

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


ROSTOS DO ANO 2007


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


SAPO NOTÍCIAS - BARREIRO


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CÂMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CÂMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


MEMBRO DA

AIND