Conta Loios

inferências

Rota 66 – Barreiro
Praceta José Domingos dos Santos não está identificada há anos

Rota 66 – Barreiro<br />
Praceta José Domingos dos Santos não está identificada há anos . Reabertura do «Crepe Louvers – Garage»

Foram realizadas 53 colheitas de sangue e 105 inscrições de dadores de medula óssea na acção realizada nas Instalações dos Bombeiros Voluntários do Barreiro-CSP.

A Praceta José Domingos dos Santos, não está identificada há anos – não sendo assunto resolvido nem pela gestão CDU, nem pela gestão PS.

Fazer este jornalismo de proximidade permite-nos sentir as pessoas, as vivências do quotidiano. Os problemas. As emoções. As alegrias.

Um beijo do coração para a Iara

Recebemos aqui, na redacção esta nota, e, são estes registos que valem e dão força para estar aqui e não desistir de fazer jornalismo – fazendo cidade e fazendo cidadania. Aqui fica o registo, como o nosso abraço solidário.

Boa noite
Exmos Srs,
O meu nome é José Ferreira e sou o pai da pequena Iara, a menina barreirense que necessita de um transplante de medula óssea.
Venho por este meio agradecer a vossa disponibilidade e apoio na divulgação da campanha de recolha de dadores de sangue e inscrição de dadores de medula óssea.
A acção foi muito boa, com uma grande adesão da população em geral.
Foram realizadas 53 colheitas de sangue e 105 inscrições de dadores de medula óssea na acção realizada nas Instalações dos Bombeiros Voluntários do Barreiro-CSP.
Em virtude de ter tido uma grande adesão, não foi possível realizar a colheita/inscrição a toda as pessoas que ali se deslocaram, tendo ficado pré-agendada uma nova acção a decorrer muito em breve no mesmo local.
Os Barreirenses responderam ao apelo, e todos vão ter a oportunidade de fazer a sua doação.
Com os melhores cumprimentos,
José Ferreira

NÚM3RO5 À S3XTA

Francisco Cabral, que desconhecemos, todas as semanas, à sexta-feira, faz chegar à nossa redacção, os «números à sexta», aqui fica o registo e o compromisso de, sempre que editemos a «Rota 66», numa sexta, serão editados os seus números, sempre curiosos:
53.600.000 - Toneladas de lixo electrónico produzido em 2019, em todo o mundo, um aumento de 20% em cinco anos (Fonte: ONU)
37% - Proporção estimada da população portuguesa que, em 2080, será idosa. Actualmente é de 22% (Fonte: INE)
€445.400.000 - Valor do contrato assinado pelo quarterback da NFL Patrick Mahomes, o maior de sempre na história do desporto (Fonte: NFL)
Bom fim-de-semana!
Francisco Cabral

Reabertura do «Crepe Louvers – Garage»

Em tempo de COVID, o comércio local, as restauração, os bares, são, entre muitas outras, actividades que sentiram os efeitos da Pandemia.
A vida começa a recompor-se e, aqui fica um registo, amanhã, dia 11 de Julho, pelas 15 horas, será a reabertura do «Crepe Louvers – Garage» agora no Pateo Albers, nº 26, com novas ementas, pateo e esplanada. O encerramento está agendado para as 23 horas.

O pelourinho da Urbanização dos Loios – Parte II

Lá continua erecto, em plena Urbanização dos Loios, aquele pilarete, onde outrora existiu uma placa toponimica. Foi alertada a Junta de Freguesia do Lavradio, e, posteriormente a Junta de Freguesia da União de Freguesias do Barreiro e Lavradio, na gestão CDU, assim como da gestão PS, por empresários da zona, nomeadamente da Clinica dos Loios, que diariamente recebe utentes, de vários pontos da região. Por vezes andam à procura onde é a Praceta José Domingos dos Santos.
Nós já editamos, aqui, no jornal, com ironia notas sobre esta matéria. Mas lá continua. Há anos.
O assunto é do conhecimento da União de Freguesias a quem está delegada a competência e recebe verbas da Câmara Municipal do Barreiro, para gestão de placas toponimicas.
Podiam muito bem retirar o pilarete - pelourinho – e colocar as placas toponimicas numa parede.
A Praceta José Domingos dos Santos, não está identificada há anos – não sendo assunto resolvido nem pela gestão CDU, nem pela gestão PS.
A autarquia ignora o assunto. Cá iremos retomando o tema, divertidamente.
Antigamente podia ser uma prova para demonstrar – “Assim se vê, a força do PC»; agora deve ser «Assim tem o que merece, quem se mete com o PS».
É de justiça que seja colocada um placa toponimica na Praceta. E. certo, deixem lá ficar o pelourinho, até é giro...é um imagem das dificuldades financeiras e da acção do Poder Local.

António Sousa Pereira

10.07.2020 - 20:27

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.