Conta Loios

inferências

Rosto da Semana – Barreiro
Helder Martins – uma vida de amor ao brinquedo

Rosto da Semana – Barreiro <br />
Helder Martins – uma vida de amor ao brinquedo Helder Martins, investigador e coleccionador de brinquedos, possui uma colecção de uma dimensão enorme que podia ser o espólio de um espaço museológico do brinquedo de dimensão nacional e mundial. Estão armazernados, aqui, no concelho do Barreiro, a sua terra do coração.

Foi distinguido com a Medalha de Prata na área da valorização do Património. Um justo reconehcimento.

Helder Martins, ontem foi distinguido pela Câmara Municipal de Palmela, na área do «Património Cultural», com a
Medalha Municipal de Mérito (Grau Prata). Uma distinção merecida, após décadas a alegrar os olhos, a despertar os seus sentidos com diversas mostras ´por diversos pontos do país, divulgando brinquedos de Portugal e de todo o mundo. Contando histórias dos brinquedos e as memórias inscritas em cada peça que preserva com um enorme amor.

Helder Martins, licenciado na área da Saúde e em Antropologia, possui uma colecção de largos milhares de brinquedos, com exemplares de vários pontos do mundo, estão armazenados, no concelho do Barreiro.

Helder Martins, é natural do Pinhal Novo, mas viveu grande parte da sua infância e adolescência na casa dos seus avós no Barreiro, na Rua Miguel Pais.
Seu pai tinha uma Oficina de Mecânica, em Coina, por essa razão frequentou o Ensino Primário em Coina, depois seguiu-se a Escola Alfredo da Silva.
Frequentou o Colégio Militar, sendo licenciado na área da Saúde. Exerceu a sua vida profissional no antigo Hospital do Barreiro e também no Hospital do Montijo.
Um dia, numa viagem que fez a França, tinha então 16 anos, num tempo que coleccionava moedas, selos ou os cromos, numa exposição em Paris, deparou-se com uma colecção de brinquedos, oriunda de um emigrante português. E começou um sonho que mantém vivo, esse de estudar o brinquedo, o brincar, as origens do brinquedo, procuro estudar o quadrangular do brinquedo – procurar, agarrar, estudar e divulgar.
A sua colecção tem um valor incalculável, de afectos, de história, de memória, do sentir a humanidade. Aqui no Barreiro continua, algures num canto, tanta paixão encaixotada.
Um espólio que merecia estar ao serviço da comunidade. Como ele nos disse um dia - »podíamoss começar por ter um Centro de Interpretação do Brinquedo, era dar um passo».

A Câmara Municipal de Palmela ao atribuir-lhe «Medalha de Mérito Municipal”, pelo seu trabalho na valorização e preservação do brinquedo, deixa uma marca para o futuro e um reconhecimento que, justamente, motiva esta distinção de «Rosto da Semana».



21.09.2020 - 09:11

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.