Conta Loios

inferências

BARREIRO – REGISTO DO DIA
Centro de Vacinação COVID 19 em Coina: eficácia na prestação do serviço

BARREIRO – REGISTO DO DIA<br>
Centro de Vacinação COVID 19 em Coina: eficácia na prestação do serviço O Serviço de Vacinação contra a COVID 19 está a funcionar nas instalações do Centro de Saúde de Coina, tendo sido instalada no exterior uma tenda do Serviço Municipal de Protecção Civil, onde é feita a recepção e a triagem dos utentes, quer os que ali se deslocam para fruir do sistema “porta aberta”, quer os utentes agendados pelo SNS.

O SNS informou-me que era o meu dia para ser vacinado. Lá fui á hora agendada. Recebido na triagem e preenchendo o respectivo impresso, aguardei, e que posso referir é que decorreu tudo com rapidez, eficácia e eficiência.
Além da vacina COVID 19, também fui vacinado com a dose da Gripe, que comentei : “Adoro essa vacina”. A enfermeira riu-se. “Nunca tinha escutado ninguém a dizer que adorava esta vacina”.
De facto, há dois ou três anos, quando comecei a ser vacinado com a dose da Gripe, antes dos dias da pandemia do COVID, na verdade, fiquei maravilhado, pois, a partir daí, nos sucessivos invernos, nunca mais tive as tradicionais constipações. Uma maravilha. Adoro a vacina da gripe.

Mas esta nota, que decidi escrever, nada tem a ver com a prestação deste serviço naquelas instalações que deviam estar ao serviço da população de Coina e arredores, e, estão sendo utilizadas pelo ACES para prestação do Serviço de vacinação COVID 19.

Hoje estava a chuviscar, a temperatura não era muito aprazível, por acaso não estava vento, nem sol, e, enquanto estava por ali sentado interroguei-me que razões teriam motivado a encerrar a utilização do espaço com mais condições, existente no parque Empresarial da Baía do Tejo.
E pensei que as pessoas idosas não merecem estar, ali, numa tenda, ao frio ou com calor, enquanto aguardam a vacinação, nem é justo para os técnicos do SNS trabalhar naquelas condições.

Uma autarquia que, pelo que ouvi dizer, envergonhou o governo colocando no seu orçamento a verba necessária para resolver o problema da construção do Centro de Saúde no Alto do Seixalinho, situação essa que levou o Poder Central, pelo que ouvi dizer, a inserir a verba no Orçamento de 2023, no âmbito do PRR, e, desta forma, decidindo a autarquia fazer, sem recorrer a reivindicações, envergonhou o Governo e este decidiu avançar com a construção do Centro de Saúde.

Ora sendo assim, a autarquia devia envergonhar o Governo de novo, disponibilizando uma verba para alugar um espaço em condições para que o processo de vacinação decorresse num espaço com condições dignas.
É preciso envergonhar o Governo, que se envergonhe, pois se o Governo quando é envergonhado dá respostas, pode ser a solução para resolver muitas carências. Reivindicar, não! Envergonhar, sim!

Aquele Centro de Saúde em Coina deve ser colocado ao serviço da população e o Centro de Vacinação COVID 19, merece mais dignidade. Os barreirenses merecem.
Foi isto que pensei enquanto estive por ali sentado…

António Sousa Pereira


VER FOTOS
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.521875396612946&type=3

21.10.2022 - 00:15

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.