inferências

Barreiro – Por dentro dos dias
De repente o tempo por dentro dos nervos

Barreiro – Por dentro dos dias <br />
De repente o tempo por dentro dos nervos<br />
O Ti João da Toyota, como sempre o conheci partiu rumo ao infinito, e, hoje, ao receber esta triste noticia, dei comigo a viajar por dentro do tempo. Conheci o Ti João, em Lisboa, perto do Jardim Constantino, onde ele trabalhava nas Oficinas da Toyota, cruzávamo-nos regulamente, não falávamos um com o outro, porque eramos desconhecidos um do outro.

Ali, na cidade grande, por vezes no meio da multidão estamos na solidão, apesar de Lisboa ser ( ou era) uma cidade de bairros e de relações de vizinhança. Foi ali que conheci, de vista o Ti João, sempre brincalhão e galhofeiro.

Anos depois, quando vim viver para o Lavradio conheci-o na minha frequência regular do Café Bar da SFAL, ele e a sua esposa Ti Graciete, para quem ele, por vezes, levava o cafezinho que vinha, com carinho buscar à SFAL.

Quando assumi a presidência da Direcção da SFAL, o Ti João, muitas vezes, conversava discretamente comigo, e, quando me via com o ânimo mais exaltado dizia-me, suavemente: “Sousa Pereira, não lhes ligue. Faça o seu trabalho”. E sorria. As suas palavras eram uma energia que ajudava a superar certas situações que vivemos na vida associativa, mas que nos ajudam a crescer como homens e cidadãos.
De facto, nem sempre aprendi a lição que ele, serenamente me transmitia. Era um homem que vivia a calma por dentro dos nervos, de grande simplicidade e ternura. Obrigado pelos seus conselhos. É verdade, nem sempre seguia os seus conselhos, porque o fervilhar da idade e da imaturidade tocavam no sangue. No entanto, nos dias de hoje, transmito a outros, esses seus conselhos.

Sei que ele gostava imenso da SFAL, era como uma sua segunda casa, esta foi uma colectividade que ele serviu como associado e como dirigente. O Ti João partiu, fica esta memória do tempo, que vem do Largo Constantino, em Lisboa, até ao Lavradio.
Aqui expresso o meu profundo sentimento aos seus familiares e amigos, e, um abraço fraterno ao amigo Ivo e à Nélia.
Até sempre Ti João !

António Sousa Pereira

27.01.2024 - 12:49

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.