Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   ASSINATURAS  |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
17 de Outubro – Dia Internacional Para a Erradicação da Pobreza
A Participação como condição para a Inclusão Social


Horóscopos Diários
Dia 17 de Outubro 2017
Por Maria Helena


A(nota)mentos
Kira – um artista com o Barreiro escrito no seu sangue


Rosto da Semana – Barreiro
Augusto Sousa – um exemplo do fazer cidadania


Por dentro dos dias - Barreiro
“Felizmente há luar”!


Inferências - Barreiro
A afirmação do «bloco central» da região de Setúbal


COLUNISTAS
Vigiar e intervir antes de ser tarde demais!
Por Nuno Banza
Barreiro


Coerências
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


AUTARQUIAS e CONTABILIDADE DE CUSTOS
por José Caria
Montijo


Sobre maiorias e nem tanto
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


Notas soltas
Por Jorge Fagundes
Barreiro


Baixa da Banheira, uma questão de memória
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


BASTIDORES
Informação às populações afetadas pelos incêndios
Estão disponíveis linhas telefónicas


CDU vence as eleições autárquicas em todas as autarquias do Concelho da Moita
Merecendo uma vez mais a confiança do povo do nosso concelho


Situação da EMEF no Barreiro
PCP questionou Governo


Concelhia de Sesimbra do PS
Positiva a inversão da tendência de crescimento da abstenção


Bloco de Esquerda nas Autárquicas no Concelho da Moita
Aumentou número de votos em todos os órgãos autárquicos e autarcas eleitos


Concelhia do Barreiro do Bloco de Esquerda
«Subiu a votação quer em número de votos, quer em termos percentuais»


Construir um melhor Barreiro em conjunto com todos quantos queiram colaborar neste objetivo.
Move-nos a ambição de dar futuro à terra que amamo


Com a vitória do PS o distrito de Setúbal
Ganhou condições para afirmar-se como um distrito moderno e cosmopolita


CDU é a força mais votada na Região de Setúbal
sublinha a Organização Regional de Setúbal do PCP


CDS Barreiro apela ao entendimento no futuro executivo camarário
De forma à obtenção de uma solução estável e promotora do crescimento


ENTREVISTA
Dois jovens de Huelva para o Barreiro
«Nós nos enamorámos pelo Barreiro»



AS EMPRESAS
Setúbal - Centenas de ofertas de emprego na Mostra de Emprego e Empreendedorismo
IMMOCHAN, CÂMARA MUNICIPAL E IEFP PROMOVEM EMPREGABILIDADE E E


Seixal - Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas
Propõe 18 medidas para Orçamento de Estado 2018


Reposta normalidade na ligação fluvial Barreiro – Terreiro do Paço
Soflusa garante total disponibilidade da sua frota


No Museu Industrial da Baía do Tejo - Barreiro
Meeting de Manutenção Industrial


DESPORTO
Nadadores Infantis da Palmela Desporto
Participaram no Festival de Abertura em Algés


Moita - Clube Recreio e Instrução CRI Alhos Vedros
Criou uma secção de BTT


Corrida de São Silvestre de Almada
Inscrições abertas


Um regresso de equipas do Barreiro a competições internacionais
GDESSA nas competições europeias de clubes


Meia Maratona Ribeirinha da Moita
Paulo Pinheiro foi o grande vencedor


A 1ª Regata de Remo de Mar no Barreiro no Clube Naval Barreirense
4ª Etapa do Circuito Nacional de Remo de Mar - Fundação do Desporto - 2017


Clube de Vela do Barreiro
Maria Tavares termina no 4º lugar da geral (3º feminino) no Nacional de Iniciados


Barreiro - Ana Xavier do Badmintom do Luso Futebol Clube
Conquista 2º lugar na 22ª Edição do Open Oeiras


AS ESCOLAS
Barreiro - «A Escola Somos Todos Nós 2017/18»
Subordinada ao tema «Os Nossos Moinhos»


Semana dedicada ao empreendedorismo no Politécnico de Setúbal
Turismo e novas tecnologias debatidos na 12.ª Business Week


Setúbal - Ciclo «Música e Ciência» vai passar pelo IPS
Concerto/conferência tem lugar a 19 de outubro, pelas 15 horas, no auditório nobre


Setúbal - IPS recebe 24.º Congresso Internacional de Animação Sociocultural
Abertura, no dia 19, é dedicada ao valor patrimonial do edifício da


Divulgação dos recursos educativos disponibilizados pelo Município da Moita
Quinzena da Educação marca arranque do ano letivo no concelho


REPORTAGEM
«Obrigado, por tudo o que fez pelo Barreiro»
palavras do Chefe do Estado Maior da Armada.


Doação do Espólio de Augusto Valegas
Honrado por ser um dos meus últimos actos com Presidente da CM do Barreiro


Barreiro - No ano dos 150 anos da velhinha lavradiense
O «Hino da SFAL» tocado por três bandas foi vivido com muita emoção


Barreiro - Concurso de Fotografia
António Mendes Rosa foi o vencedor
. Premiados Filipe Cardeira e Joaquina Coelho Bernardo


MOLDURA
Barreiro - Salão de Arte Postal
Promover uma cultura para a paz


Núcleos Locais de Inserção do Distrito de Setúbal
Encontro reúne em Palmela


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
NOVA FORMA DE CONTACTO COM OS UTENTES


Barreiro Rocks
Dias 3 e 4 de novembro


Barreiro - Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe
Fado enCante – Mestre António Chainho & Monda


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
Assina protocolo para receber nova viatura VMER


Barreiro - Auditório Municipal Augusto Cabrita
Concerto com João Pedro Pais


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
IX Jornadas do Serviço de Medicina Interna do CHBM


Nancy Vieira uma voz do Barreiro
Canta em Lisboa no Cinema São Jorge


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
IV JORNADAS DO DIA MUNDIAL DA DIABETES


AUTARQUIAS
Moita
Instalação dos Novos Órgãos Autárquicos


Montijo - Tomada de Posse dos Titulares dos Órgãos Autárquicos
Dia 20 de outubro no Salão Nobre dos Paços do Concelho.


No AMAC – Auditório Municipal Augusto Cabrita - Barreiro
Vai decorrer a tomada de posse do novo executivo Municipal


OPINIÃO
D. Manuel Martins fez-me «nascer de novo».
Por Eugénio Fonseca
Setúbal


Sobre o processo Autoeuropa Volkswagen
O antes e o agora, falta o depois!
Por Fernando Sequeira
Palmela


DIREITOS GARANTIDOS E NÃO TEMPORÁRIOS
Por Francisco Oliveira
Barreiro


ACÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL E O OSTOMIZADO, INTERNACIONALIZAR O NOSSO CONHECIMENTO
Potr Vitor Bento Munhão
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Moita / Barreiro - NO Ginásio Atlético Clube da Baixa da Banheira
Isabel Angelino apresenta «Cante P’ra NÓS» a 21 de outubro


Barreiro – Na SFAL Sociedade Filarmónica Agrícola Lavradiense
Noite de Fados dia 28 de Outubro


Escuteiros Marítimos de Setúbal comemoram 20 anos
Agrupamento 1117 em festa


Barreiro - Marcha Solidária da Associação de Mulheres com Patologia Mamária
Vai «pintar» o Barreiro de verde no dia 22 de Outubro


POSTAIS
Barreiro – Ardeu autocarro dos TCB
Estava parado e sem passageiros


Barreiro - Um abraço a Augusto Sousa na hora da despedida
Porque a vida é sempre...uma aprendizagem em todo o tempo que vivemos


Barreiro - Associação Vem Vencer
A nova carrinha já está ao serviço da comunidade


«Aqui na margem sul - no Barreiro - encontrei um grande Mestre»
Salientou Sei Miguel na abertura do segundo espectáculo do OUT.FEST


Barreiro - Uma noite que nos convidou a sentir os sons
Casa cheia na Igreja de Santa Maria aplaudiu espectáculo de abertura do OUT.FEST


ARTES
Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro
Concerto de Canto e Órgão


TAS - Teatro Animação de Setúbal
«A Noite dos Poetas»


Associação de Artistas Plásticos do Concelho de Almada
«ROMEU CORREIA 1917-2017»


AGENDA
No Auditório Municipal Augusto Cabrita - Barreiro
AMAC Júnior


EUROPA
Rede Europeia de Cidades do Vinho
Vai promover o Dia Europeu do Enoturismo


opinião rostos.pt - o seu diário digital

Sobre o processo Autoeuropa Volkswagen
O antes e o agora, falta o depois!
Por Fernando Sequeira
Palmela

Sobre o processo Autoeuropa Volkswagen<br />
O antes e o agora, falta o depois!<br />
Por Fernando Sequeira<br />
PalmelaFace aos comentários que tenho lido e ouvido sobre este processo, desde “se não fizerem carros fazem comboios ou autocarros”, até ,“se eles não quiserem que se vão embora” e que em nada tem servido para pacificar e esclarecer as pessoas, decidi emitir uma explicação, opinião, sobre este processo.

Em 2010 e 2011 a empresa admitiu, várias centenas de trabalhadores temporários para conseguir fazer 130 000 carros, em 2012, a empresa informou que a produção ia baixar cerca de 30 000 carros nos anos seguintes, pelo que havia pessoal em excesso, a CT onde me integrava reivindicou a passagem dos trabalhadores para o quadro da empresa, com o argumento de que todos faziam falta para enfrentar o futuro, nesse mesmo ano, com a ajuda da CT alemã, voluntariamente foram trabalhar para a Alemanha cerca de 400 trabalhadores, a maioria com contratos a prazo, tendo passado a efetivos mesmo deslocados, e tivemos ainda necessidade de trabalhar aplicando os Downdays (dias de paragem de fábrica).

A redução de Eos, Scirocco e MPV continuava, e a CT procurava por todos os meios ajuda dos elementos da CT alemã no conselho Fiscal para a vinda de um novo produto para Portugal. Simultaneamente a administração alemã exigia a garantia de que produziríamos todos os carros necessários.
Foram feitas algumas exigências, por parte da administração em Portugal, para concorrer ao novo produto, como a manutenção do salário de admissão até final Setembro de 2018.

Nesse sentido, a CT na sua totalidade assinou, depois de aprovado por mais de 76% dos trabalhadores, o acordo de 2015 onde na clausula 12.1 diz, cito” Para responder aos desafios e necessidades futuras da fábrica, há que considerar a laboração continua”, os alemães continuaram a exigir mais garantias e em Novembro de 2016, todos, os 11 elementos da CT assinaram ainda uma carta de intensões que foi enviada para a Alemanha, em que reafirmámos que produziríamos os carros e discutiríamos durante 2017 o sistema de turnos de laboração continua e respetivas compensações, pois a nossa grande preocupação era a garantia e aumento do emprego.

No final do primeiro semestre de 2017 começamos as negociações, e os elementos da lista C entre eles o dirigente sindical do SITE-Sul, fizeram circular um abaixo-assinado contra a garantia que demos à Alemanha em 2015 e 2016, ou seja, contra a laboração contínua, abaixo-assinado fácil de assinar pelos trabalhadores pois reivindicava o sábado como trabalho extraordinário em regime voluntário, tendo clara consciência de que isso ia contra a criação de emprego reduzindo as admissões em mais de 700 trabalhadores.
Apesar desta demagogia, não desistimos, tendo sempre em mente a manutenção e aumento dos postos de trabalho, num distrito afetado pelo desemprego e exigimos o início das negociações.

Neste processo a Administração da Autoeuropa não está isenta de culpas, pois deixou o processo negocial em “banho maria” durante mais de 14 meses, desde finais de 2015 até meados de 2017, permitindo que o boato e especulação invadissem a fábrica, até porque não é fácil para ninguém que trabalha á 20 anos nesta fábrica de segunda à sexta e agora sem grandes explicações lhe venham dizer, agora começas a folgar a meio da semana e vens trabalhar ao sábado, esta situação é facilmente “inflamável”.
Recomeçamos as negociações com a Administração, em meados de 2017, sob a ameaça de um pré-aviso de greve, com a participação, de um enviado dos R.H. de Wolfsburg, e um representante do Ministério do Trabalho, que duraram na fase final mais de 30 horas.

Os elementos da lista C, afetos à CGTP, estiveram sempre presentes, mas recusaram-se a abrir a boca, fazendo uma declaração inicial dizendo, “vamos ficar na reunião como observadores e em silêncio” ficando como que a fiscalizar as negociações sem participar em nada, contrariamente ao afeto ao outro sindicato que participou, com ideias e experiencias.
Nessas negociações, entre redução de horário semanal, aumento do tempo de descanso no primeiro intervalo, aumento do prémio mensal, a CT conseguiu, garantir a folga fixa em todos os domingos do ano, os feriados que calhem nos dias de semana pagos como trabalho extraordinário, e uma folga variável durante a semana que se por qualquer razão tiver que ser trabalhada seria paga como trabalho extra ao Sábado.

Não posso deixar de referir a nossa oposição à folga rotativa no turno noturno que é grandemente prejudicial para a saúde e que tentamos negociar com a empresa um horário de 17 turnos para que nas semanas que trabalhássemos á noite folgássemos sempre ao sábado e domingo.

Depois das negociações concluídas e tendo toda a informação o SITE-Sul omitiu estes factos, inflamaram a fabrica com o argumento de 6 dias de trabalho (de segunda a Sábado) sem falar em folgas, com o único objetivo de levar à recusa no referendo e à queda da CT, pois esta não poderia continuar perante o trabalho que fizemos os compromissos assumidos e votados por todos em 2015 e o resultado significativamente negativo do referendo, não nos restava outra alternativa.

Não temo a deslocalização, pois isso será uma tomada de decisão da Alemanha e que dependerá do nível e duração do conflito, preocupa-me a afirmação do Sr. Herbert Diess vinda no jornal Expresso cito “ Ninguém vai ficar a dormir, porque todos estão atentos e sabem que a casa-mãe deu um sinal à fábrica e isso significa que depois do Eos, do Scirocco e até depois dos monovolumes, haverá necessidade de produzir novos modelos, e é nessa direção que todas as fábricas olham, sabendo que há novos modelos para produzir depois de 2020”, em meu entender, isto é uma clara ameaça ao nosso futuro.

Os trabalhadores tem razão em ser reivindicativos e defender melhores condições, mas devemos discutir clara e abertamente entre nós, dentro da empresa o que objetivamente queremos.

O objetivo da CT, que ainda represento, e o meu próprio objetivo, foi, é, e será sempre, defender os direitos dos trabalhadores, mas para isso temos que ter trabalho para além dos carros atualmente em produção, pois sem ele não há trabalhadores, a escolha para o futuro será sempre dos trabalhadores, porque aqui os pré-acordos vão sempre a votação por voto secreto.

Fernando Sequeira
Coordenador demissionário da
Comissão de Trabalhadores da Volkswagen Autoeuropa

26.09.2017 - 11:25
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

nome: Manuel Norberto Baptista Forte
comentario: Penso que "...o depois!" só poderá ser uma solução negociada por Administracção, Sindicatos, e Comissão de Trabalhadores, e que favoreça as partes envolvidas nessa séria e aberta negociação.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2017 Todos os direitos reservados.

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

ROSTOS APOIA

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

PUB.

PUB.

PUB. - ANUNCIO

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND