Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 25 de Maio 2019
Por Maria Helena


A(nota)mentos
Todo o associativismo é presente


Rota 66 – Barreiro
Da iluminação da zona polis aos factos históricos do associativismo


Barreiro – Por dentro dos dias
Criação do «Observatório Pensar o Associativismo no Barreiro»


Inferências
A Quinta de Braamcamp não é um território abandonado
. O proprietário é a CMB


COLUNISTAS
Guerra privada
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Falam, falam, falam e não fazem nada…
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


Quadro Comunitário de Apoio para o período 2021-2027
Por José Caria
Montijo


Até amanhã Sr. Alexandre. Bom Natal
Por Jorge Fagundes
Barreiro


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


CARTA AO DIRECTOR
No Lavradio há gatos por todo o lado.
Um atentado à saúde e um incómodo


BASTIDORES
Associação Montijo Primeiro
Casa cheia na apresentação pública


Graves problemas que afetam a supressão de carreiras fluviais da Soflusa e Transtejo.
Bloco de Esquerda reúne com Soflusa e mantêm motivos de p


Bloco de Esquerda vai reunir com a administração da Transtejo/Soflusa
por causa da grave degradação do serviço prestado à população da margem


CDS Barreiro considera situação actual da Soflusa
insustentável para os Barreirenses


Concelhia do Barreiro do PSD
Problema não é político partidário é dos Barreirenses e do Barreiro
. O caos na Soflusa


Atual momento da Soflusa
PS Barreiro apela ao bom senso e responsabilidade
para salvaguardar os que dependem do transporte no seu dia-a


ENTREVISTA
Barreiro - Faustino Mestre, Presidente da Direcção do GD Fabril
«Esta casa tem que estar destinada a andar nos campeonatos nacionais»


AS EMPRESAS
Transportes Colectivos do Barreiro
Reforço de Ligações Com a Estação Ferroviária de Coina


Barreiro - Validação e carregamento de títulos Zapping nos TCB
A partir de 1 de junho


DESPORTO
Barreiro - Agrupamento de Escolas de Santo André
Sagra-se campeão distrital de Basquetebol de Iniciados B


Barreiro - No Pavilhão Municipal Luís de Carvalho
Barreirense - Maia na final da Pró- Liga


No Ginásio Sede do Seixal Clube 1925
Fase Final da XXI Taça Nacional de Sub 19 Feminino


Patinagem Artística do Fabril do Barreiro
Conquista títulos de Campeã e vice-Campeã Distrital de Juniores.


Barreiro - GDESSA realizou Torneio de Minibasquete Feminino
Com a presença de 258 meninas dos 6 as 12 anos.



Barreiro - Santoantoniense vence nacional da 2ª Divisão
Conquista subida à 1ª divisão do Campeonato Nacional de Xadrez


Final da Taça da Associação de Futebol de Setúbal - Futsal
FC Barreirense - CD Cova da Piedade


PERSONALIDADES
Barreiro - Nuno Banza ex-vereador da CMB
Nomeado Presidente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas


AS ESCOLAS
Barreiro - Agrupamento de escolas de Santo António
Conquista 1º lugar no Campeonato Regional de Basquetebol de Iniciados


No Auditório da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro
Clube de Teatro Augusto Cabrita apresenta «Tipo... Cenas Soltas»


Na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do IPS
Jornadas discutem as «múltiplas abordagens« da Bioinformática em Portugal


Parceria entre a Câmara Municipal do Barreiro e a Baía Tejo
Programa de Empreendedorismo nas Escolas já arrancou


Barreiro - Escola Secundária de Santo André
Prémio Floresta e Sustentabilidade 2019


Barreiro - Escola Secundária de Casquilhos
Reconhecida como Escola Inovadora do ano
. Mérito grau ouro


Barreiro - Jantar de Antigos Alunos dos Casquilhos.
Reencontro de amigos para fortalecer amizades


REPORTAGEM
Barreiro – Carlos Alberto Correia Encontros «O autor e os livros»
A poesia nasceu como forma de indignação


Barreiro - Uma centena de participantes numa acção de voluntariado
Limpeza de todas as praias do concelho
. «Esta iniciativa é igual a u


Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Setúbal
Um grupo de trabalho com 36 anos de actividade


Barreiro - Escola de Música do Penalvense
Onde se aprende música fazendo música


MOLDURA
Barreiro - Concerto na SFAL
«Cruzados» de regresso aos palcos


Centro Hospitalar de Setúbal
Laboratório de Hemodinâmica e Intervenção Coronária assinala 20º Aniversário


No Mercado 1º de Maio do Barreiro
Celebra-se Dia Mundial da Criança


Carta Aberta à População do Barreiro
Quinta do Braamcamp, as Obras Previstas não Avançaram Saiba Porquê


Barreiro – Festas Populares de Palhais
Bélito Campos encerra as festas em honra de Nossa Senhora da Graça


Barreiro - Exercício Europeu CASCADE de Proteção Civil
Maior de sempre em território nacional,
. De 28 de maio a 1 de junho


Moita - VII Feira da Saúde de Alhos Vedros:
«A Saúde Vai à Fonte da Prata»


BARREIRO - FESTAS DE SANTO ANTÓNIO DA CHARNECA
No centro da localidade de 12 a 16 de Junho


Barreiro - Na Casa da Cultura da Baía do Tejo
Rita Guerra em Concerto


Moita - Os melhores nomes do blues português e internacional
BB Blues Fest regressa à Baixa da Banheira


Associação de Psicologia & Desenvolvimento Comunitário - Psi.Brr
Ciclo de Cinema Documental «Saúde Mental e Educação»
. Cine Clube do Ba


Barreiro - Preparar plano para a Mata da Machada
Vereador Bruno Vitorino reúne com entidades para prevenção de fogos florestais


AUTARQUIAS
Moita - Aumento significativo de procura da carreira 333
Reforço da carreira dos TST


Moita - Parque Zeca Afonso na Baixa da Banhiera
Piscinas Municipais do Parque da Zona Ribeirinha abrem a 1 de junho


Na Câmara Municipal do Barreiro
ACT promove ações de sensibilização
. Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho


Almada - Estratégia municipal de controlo de colónias de gatos
Inauguração de abrigo para colónias de gatos


OPINIÃO
Trabalho dos eurodeputados da CDU no Concelho da Moita
Por Vanda Figueiredo
Moita


Carta Aberta a António Costa
Pela justiça no acesso aos Fundos Comunitários na Península de Setúbal
Por Tiago Sousa Santos
Barrei


O aeroporto do Montijo. Dos mitos à realidade.
Por Carlos Matias Ramos, Carla Marina, José Encarnação, Nuno Cavaco


O PODER DO CAPITAL E A DEMOCRACIA, uma pequeníssima reflexão sobre a nossa cidade e tudo o resto.
Por André Carapinha
Barreiro


A Quinta Braamcamp é de todos e é para todos!
Por José Encarnação
Barreiro


Autarquia Em Modo Off
Por Alexandra Serra
Sesimbra


ASSOCIATIVISMO
III Jornadas Técnicas da NÓS debatem ‘Olhar(es) pela Inclusão’
EST Barreiro recebe iniciativa a 7 de junho


Barreiro - No Mercado Mensal de Coina
Rastreio gratuito da Diabetes Tipo 2


Moita - Um stand com o tema «O que nos une»
CRIBB presente na Feira de Projetos Educativos


Lugares marcados por histórias
Exposição «Associativismo no Barreiro - Os lugares, os factos e as pessoas»


Setúbal - 96º aniversário do CNE Corpo Nacional de Escutas
Cristo Rei em Almada recebe este ano as comemorações


Barreiro - Formação Profissional RUMO
Qualificação profissional de Pessoas com Deficiência e/ou Incapacidade


Barreiro - Cooperativa Cultural Popular Barreirense
Sessão Debate «Associativismo e Cooperativismo Pilares da Economia Social»
. 106º an


POSTAIS
Barreiro - Persona comemora 26º aniversário
Visita Exposição sobre associativismo


ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro
«O Animador» - onde começa o mundo real e acaba a ficção?


Barreiro - Grupo Recreativo União Penalvense
Um ponto de encontro de gerações
. Polo de animação da Penalva


EUROPA
Rede Europeia Anti-Pobreza - Núcleo Distrital de Setúbal
ELEIÇÕES EUROPEIAS - Por uma Europa Livre de Pobreza!


Alterações às Leis Eleitorais
Eliminação do Número de Eleitor


opinião rostos.pt - o seu diário digital

Reabilitação Urbana: Oportunidade para o Barreiro – II
Por Rui Lopo
Barreiro

Reabilitação Urbana: Oportunidade para o Barreiro – II<br />
Por Rui Lopo<br />
BarreiroNo Barreiro, chegámos ao final da década de 80 com uma área urbana claramente ocupada no seu eixo de expansão privilegiado, a Norte, densificada e estruturalmente adaptada, e portanto entramos na década de 90 relativamente consolidados, com menor capacidade de aproveitar estruturalmente a intensa construção que se avizinhava.

Ora, tendo um país de baixos rendimentos e pensões e também por isso, de incapacidade de estimular rendas suficientes para que o mercado funcionasse, um país que estimulou a construção nova para alimentar a banca privada, um país que foi perdendo funções económicas e por isso foi perdendo população, particularmente activa e que degenerou na caricata estatística de haver mais casas que pessoas, como podia (até aqui) e pode (doravante) o Barreiro ser contra corrente, desta realidade nacional, estando apenas a 30 minutos (média) da capital do pais, com tudo o que isso tem de bom (estar ao lado de algo bom pode só por si trazer vantagens, quando mais não seja por despertar atenção e curiosidade), ou de mau (pela capacidade de absorção de valor que Lisboa produziu em diferentes momentos da sua história).

Não é possível, deixar de sublinhar com o rigor possível um conjunto de factos que nos trazem ao que temos e que somos. Não pretendo com isto elaborar uma tese, mas com o rigor intelectual de conhecermos que, com um mau diagnostico podemos estar a tomar um comprimido errado, ou não fosse o ditado tão certo quanto “não morres da doença, morres da cura”. Quer isto dizer que por mais “enfadonho” que seja o conteúdo, muito pouca coisa acontece por acaso, e se não resolvermos o acaso, não influenciaremos o nosso rumo, claro está, de uma forma estruturada, perene e, portanto, menos panfletária ou maquilhada.
Posto isto, é absolutamente indispensável que nesta “Oportunidade para o Barreiro” se perceba porque é que ainda não o foi, tal como a “pescada”.
Factor determinante é a analise empírica da realidade sócio-económica do concelho durante a evolução desta realidade de habitação / cidades / especulação urbanística no país a partir de meados da década de 80.

Facto é que, em alguns sítios (não muitos), este carácter especulativo e de produção financeira (a financeirização do urbanismo) produziu bons resultados para os locais, com alguma renovação e estruturação urbana, mas aconteceu sobretudo em cidades com capacidade de expansão ou com massa critica, que lhes permitiu tirar vantagens deste dinamismo do sector da construção. Noutros casos, talvez a maioria, a construção desestruturou as funções de cidade, não articulou momentos da história, não respeitou aspectos disciplinares, como a mobilidade ou questões ambientais.

No Barreiro, chegámos ao final da década de 80 com uma área urbana claramente ocupada no seu eixo de expansão privilegiado, a Norte, densificada e estruturalmente adaptada, e portanto entramos na década de 90 relativamente consolidados, com menor capacidade de aproveitar estruturalmente a intensa construção que se avizinhava. Também é verdade, que estávamos, penso que por razões históricas, muito pouco adaptados para aproveitar na sua plenitude a capacidade de investimento privado que surgiu, fruto de um planeamento excessivo do território e das suas capacidades. Dir-se-á também, que isso foi mau porque não aproveitou oportunidades, e outros dirão, que tal facto evitou o crescimento desregulado da construção no concelho. Algures no meio estará a virtude.

Não quer isto dizer que Barreiro não houve “boom construtivo” na década de 90. Contudo, considero que o que existiu nunca teve a dimensão estruturadora ou desestruturadora que teve noutros locais, com maiores necessidades há época. Talvez a excepção ocorra com a construção dos Fidalguinhos, e quer aqui quer pontualmente em vários locais da cidade, também com algumas lacunas disciplinares prementes, seja fruto do excesso de definição do território que não teve em conta a diversidade disciplinar a considerar, ou por verticalidade técnica de aceitar tudo o que era regulamentarmente possível, dando espaço a opções menos positivas para a cidade, do ponto de vista estético e funcional, entendíveis do ponto de vista estrito, mas imperceptíveis para o cidadão comum.

Mas os factores verdadeiramente determinantes estão por afirmar nesta reflexão. Deixarei a sua dissecação para outros Capítulos, mas não é possível perceber onde estamos sem reconhecer o caminho que fizemos, para percebermos porque estamos assim, como estamos como cidade, porque é que temos de criar e aproveitar todas as oportunidades que nos surgem. E este caminho tem, na minha opinião, 4 factores determinantes, estruturadores, nestes últimos 30 anos:

1. Desindustrialização da “cintura industrial de Lisboa” – Década de 80
a. na qual se insere, entre outras, o encerramento da Lisnave da Siderurgia Nacional
b. o encerramento da CUF / QUIMIGAL no Barreiro,

2. Decisão da construção da denominada Ponte Vasco da Gama no eixo Montijo – Lisboa em detrimento do eixo Barreiro – Lisboa – Década de 90

3. Concretização da ligação ferroviária Pinhal Novo – Lisboa – Década de 90

4. Decisão e Indecisão da concretização da Terceira Travessia do Tejo no Eixo Barreiro – Chelas – primeira década deste século

28.11.2017 - 15:45
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.

PUB.

AVISO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
ENTRE 02 DE MAIO E 15 DE JULHO 2019

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND