Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 18 de Fevereiro 2019
Por Maria Helena


Barreiro - Rostos do Ano 2018
«Rosto do Ano na área MEMÓRIA» atribuído a Cardoso Ferreira


Barreiro - Rostos do Ano 2018
«Rosto do Ano na área ESCRITOR» atribuído a Paulo Matias


Barreiro - Rostos do Ano 2018
«Rosto do Ano na área VETERANO» atribuído a Mário Durval


Barreiro - Rostos do Ano 2018
«Rosto do Ano na área COMUNICAÇÃO SOCIAL» atribuído a Armando Seixas Ferreira


Barreiro - Por dentro dos dias
As ruas são o miradouro da vida!


ROSTOS DO ANO 2018
Reconhecimento aos que contribuíram para valorizar o concelho do Barreiro


Rota 66
«Acordo de Geminação das Memórias» entre Peniche e Barreiro


A(nota)mentos - Barreiro
Pensar e projectar a construção de uma nova Biblioteca


Inferências - «Habemus Terminal»!
«Gostava de ver, no Barreiro, um Porto a sério»


COLUNISTAS
Objetivo
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Silêncios supersónicos, o estranho caso do apeadeiro aéreo do Montijo
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


BEM VINDO 2019
Por José Caria
Montijo


Até amanhã Sr. Alexandre. Bom Natal
Por Jorge Fagundes
Barreiro


A UBER AGRADECE
Por Carlos Alberto Correia
Barreiro


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


BASTIDORES
Unidade de Depósito e Transformação de Bivalves do Rio Tejo no Barreiro
Recebe visita da Ministra do Mar


Federação de Setúbal saúda escolha de Pedro Marques
«Distrito de Setúbal é testemunha do benefício da sua ação para as populações»


Na Assembleia Municipal de Almada
CDS-PP vai propor atribuição do nome de Zé Pedro (Xutos e Pontapés) a uma rua


Na Casa da Cultura da Baía do Tejo - Barreiro
10.ª Assembleia da Organização Regional de Setúbal do Partido Comunista Português


Setúbal - Presidente da Distrital do PSD, Bruno Vitorino
Não entende a opção por embarcações a gás natural para fazer a travessia do Tejo


Secretariado da Concelhia do Partido Socialista da Moita
A lei para o PCP é a do Quero, Posso e Mando


ENTREVISTA
Barreiro - TCB pode alargar serviço a concelhos limítrofes
Colaborar na mobilidade de Sesimbra, Palmela e Seixal para além da Moita
. Novos au


Desconstruir aquela ideia do Barreiro coitadinho
Projecto «Start XXI» uma aposta no desenvolvimento económico


AS EMPRESAS
WEC Lines com 4 serviços no Porto de Setúbal
Uma crescente complementaridade de serviços


Soflusa muda de empresa e desocupa trabalhadores
Substituídos por trabalhadores de outra empresa


Administração da SIMARSUL
Dedica a distinção «Rostos do Ano na área do ambiente» a todos os seus trabalhadores


Lançado pelo Grupo AdP – Águas de Portugal e dinamizado pela SIMARSUL
Jogo de sensibilização online desafia comunidade escolar e população para o


DESPORTO
No Torneio «Twist Acro Cup» em Cascais
Par junior do ACROSFAL conquista 2º lugar na competição


Academia de Judo do Barreiro / Grupo Desportivo Fabril do Barreiro
Excelente participação no Open de Juvenis da Associação Distrital de Judo de


Barreiro - Neemias Queta,ex-jogador do Futebol Clube Barreirense
Poderá ser o primeiro português a ingressar na liga NBA.


CNB Coimbra 2019

Na 2ª Prova Apuramento Nacional 420
Clube de Vela do Barreiro coloca 2 tripulações nos 5 primeiros lugares


Academia de Judo do Barreiro / Grupo Desportivo Fabril
Excelente participação na Copa de Espanha


Barreiro – Remo do Clube Naval Barreirense
Deslocou 8 atletas ao «Abierto de Andalucia» em Sevilha


PERSONALIDADES
Joana Niza Braga do Barreiro distinguida em Los Angeles
Recebe prémio «Cinema Audio Society Awards»


AS ESCOLAS
Ciclo promovido pelo Politécnico de Setúbal cumpre segundo debate
Roteiro reúne investigadores, educadores e escritores negros


Ranking de Escolas do Ensino Básico
Colégio Minerva 1º lugar no concelho do Barreiro


Ranking de Escolas no Secundário
Colégio Minerva 1º lugar no concelho do Barreiro


Barreiro - «A tua Europa, a tua voz« YEYS 2019
Colégio Minerva representará Portugal no Forum do Comité Económico e Social Europeu.


Politécnico de Setúbal inaugura programa do 40.º aniversário
«Fado com poesia» com Tiago Correia abre comemorações a 22 de fevereiro


Barreiro - Desfiles de Carnaval das Escolas
Realizam-se nos dias 28 de fevereiro e 1 de março


REPORTAGEM
A MOCA – associação ‘Movimento Organizado Cultural e Artístico’
«A Moita é uma nascente artística»


António Bravo, Maestro da Banda Filarmónica da Moita
«A música abre caminhos ao encontro de gerações»


Kira deu muito ao Barreiro, o Barreiro deve ajudar o Kira.
Um atelier e uma casa para viver com dignidade


Barreiro - Na Região de Setúbal serão assinalados 96 anos do CNE – Corpo Nacional de Escutas
Preparar os jovens para as profissões que ainda nã


Top Leitores da Biblioteca 2018
Todos premiados receberam «Uma viagem pelo Barreiro» de Bruno Vieira Amaral


Barreiro - «Sonhos...e ilusões» um livro onde as palavras se cruzam e florescem
Ler e conhecer...«um coração onde muitas marés bateram»


MOLDURA
Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados
Conferência sobre «Violência Doméstica» no Seixal


OUT.FEST - Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro
É finalista dos Iberian Festival Awards e renova selo EFFE


Casos de Policia na Península de Setúbal
Em Almada detido indivíduo por posse de 90 doses de haxixe


Centro Hospitalar Barreiro Montijo
Implementa alerta de consulta por SMS


Barreiro - Comédia «Os Vizinhos de Cima»
Nova sessão dia 24 de março no AMAC


NO FORUM BARREIRO
EXPOSIÇÃO PEQUENOS FORMATOS DO ARTISTA KIRA


No salão da Igreja de Santo António da Charneca - Barreiro
Robertinho Marques em ação solidária


AUTARQUIAS
Barreiro – Pista de Gelo instalada no Parque da Cidade
Município entregou 13.215€ da venda de ingressos às IPPSS’s do Concelho.


Barreiro - Receita do Concerto Solidário de José Cid
Município entregou 3090€ às corporações de Bombeiros
“Que haja mais iniciativas de


Barreiro - No Auditório Municipal Augusto Cabrita
Sessão de Esclarecimento sobre Quinta do Braamcamp


Moita aposta na eficiência energética
Substituição da iluminação pública existente por iluminação LED


Barreiro - Na Sala de Sessões dos Paços do Concelho
Reunião Pública de Câmara
. Dia 20 fevereiro


Moita | Tomada de Posição dos Presidentes das Assembleias e Juntas de Freguesia do Concelho

«Queremos tornar o Barreiro um concelho com boas práticas dirigidas às famílias»
Bruno Vitorino apresenta candidatura ao programa «Autarquia F


Ao longo do ano no Barreiro Ciclo «Novos Desafios do Poder Local»
«Democracia Participativa à Escala Local» é o tema do 2º Seminário


OPINIÃO
Gestão com e para as pessoas
Por Alexandra Serra
Sesimbra


QUINTA BRAAMCAMP, EM TERRAS DE ESPLENDOR
Por Armando Teixeira
Barreiro


Quanto vale a Quinta do Braamcamp? ( 2 )
Por Rui Lopo
Barreiro


Quanto vale a Quinta do Braamcamp?
Por Rui Lopo
Barreiro


OS ERROS EM POLÍTICA PAGAM-SE CAROS (1)
Por José Bastos
Montijo


Ignorar a realidade
Por Alcídio Torres
Montijo


O mito «No Barreiro não há nada para ver!»
Por Gonçalo Brito Graça
Barreiro


Gripe e a sua prevenção
Por Joana Peralta e Inês Silva
Barreiro


Viver plena_mente: Mindfullness
Por Sandra Pereira
Barreiro


Era uma vez … uma promessa, um centro de saúde, mais médicos e a credibilidade …
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


A DEFESA DOS DIREITOS E PROMOÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA DO OSTOMIZADO UM NEGÓCIO DE DÚVIDAS
Por Vitor Bento Munhão
Barreiro


ASSOCIATIVISMO
Barreiro - XI Jornada de Recolha de Medicamentos do Banco Farmacêutico
Contribuir com medicamentos sem receita médica ou produtos de saúde


Nos 170 anos comemorar a Classificação do Património Ferroviário do Barreiro
De Interesse Nacional e a implantação do Núcleo Museológico


Barreiro - MELLITUS CRIANÇA DISTINGUIDA INTERNACIONALMENTE
Donativo do NATO Charity Bazaar destinado à aquisição de dispositivo para medição da


POSTAIS
Biblioteca Municipal do Barreiro divulga autores barreirenses
Ciclo Encontros «OAUTOR E OS LIVROS»


No Distrito de Setúbal não temos condições de acolhimento para crianças
No nosso sistema de tutela não temos Unidades Terapêuticas


Barreiro - Em Portugal as perturbações psicóticas atingem mais as mulheres
Uma em cada quatro pessoas vive com doenças mentais


Barreiro - Arteviva «JOSÉ MATIAS, entretém para quatro mulheres»
Estão ali pessoas reais…em personagens reais!


ARTES
ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro
Em cena «JOSÉ MATIAS, entretém para quatro mulheres»


EUROPA
Europa - Previsões económicas de inverno de 2019
Moderação do crescimento devido a incertezas a nível mundial


Combate à incitação ilegal ao ódio em linha
Código de Conduta da União Europeia garante uma resposta rápida


opinião rostos.pt - o seu diário digital

O TERMINAL DO NOSSO DES (CONTENTAMENTO) – 3
Por Armando Teixeira
Barreiro

O TERMINAL DO NOSSO DES (CONTENTAMENTO) – 3<br />
Por Armando Teixeira <br />
BarreiroDo ponto de vista do desenvolvimento estratégico este é um projecto estreito, unipolar, unidirecional. O Barreiro vai tornar-se num gigantesco parque de contentores que inviabilizará qualquer outro tipo de actividade económica diversificada e multiforme.

“Se um elefante incomoda muita gente, dois elefantes …”

0. SÚMULA DAS POSIÇÕES ASSUMIDAS

Manifestámos em artigos anteriores, de resto há muito tempo, a nossa oposição a todo o projecto que fosse além do que estava previsto no PUTQAE-2010 (uma Área Logística Multimodal). não unicamente para carga contentorizada, confinada nos limites marginais existentes, conquistados ao rio com milhares de toneladas de resíduos industriais, cuja retirada foi prometida por múltiplos governos mas que ainda lá estão!
Não estamos contra todo e qualquer Novo Porto no Barreiro, estamos contra este projecto da APL-ATKearney-2014 e o seu novo EIA-2018.

As “profissões de fé” da Administração do Porto de Lisboa, na Sessão Pública de 24/11/18, jurando “inocência política” e o primado do “rigor científico”, não resolvem as imensas contradições que já apontámos (e vamos continuar a fazê-lo!) de um projecto TCB/L, megalómano, agressivo da paisagem, do ambiente, do Estuário do Tejo, do Barreiro e das suas gentes historicamente sacrificadas, sem relevância económica, afunilador do desenvolvimento tecnológico e/ou industrial multifacetado, multiforme, não limitativo. Em última análise lesivo do interesse nacional, por gastar centenas de milhões de euros desnecessariamente porque existem alternativas.

A posição pusilânime do executivo autárquico de maioria socialista, que estava contra no ano passado e a favor este ano (!?) quando o essencial do projecto é o mesmo, merecem o repúdio da população barreirense. O Estudo de Impacto Ambiental-2018, deve ser chumbado, com a nossa participação, até ao dia 7 de Dezembro p.f. Contra o elidir da realidade e dos factos que trazem uma piorização, o futuro assim o exige!

4.4 IMPACTOS NA MOBILIDADE

Como vão ser retirados os contentores do anunciado porto?
Por via rodoviária, a saída pela Avenida das Nacionalizações está estrangulada, o IC21 está saturado!
Actualmente, são dezenas os camiões diários com a sucata, as cisternas, os autotanques e outros veículos pesados, passando engarrafados nas três rotundas em duzentos metros! Por ali não poderá (deverá) ser.
A única hipótese é construir viadutos, já a pensar nos acessos à Terceira Travessia (talvez um dia…). Quanto custará tal empreendimento? Não está incluído nos custos estimados no projecto TCL/B!
Por via ferroviária a solução, complicada, obrigará a assinaláveis obras-primas, com passagem elevada dos comboios numa grande ponte para a ferrovia. Sim! Não caberá na cabeça de ninguém uma linha a atravessar a cidade!

Quanto custará, visto que não foi ponderada no projecto inicial?
Lembramos que a Oficina Ferroviária do Barreiro (excepcionais oficinas históricas!) está praticamente parada por não ter sido electrificado um troço de cem metros de via de acesso (estimamos um custo de algumas dezenas de milhares de euros). E estão comboios parados à espera de reparação e muitos portugueses em terra à espera de comboio!
Curiosa esta forma de gerir os projectos com múltiplos impactos, primeiro anuncia-se a decisão (com um custo de 600 milhões, sem acessibilidades!) e depois fazem-se os estudos.

4.5. SOLUÇÕES MARGINAIS DE MOBILIDADE

Porque têm sido referidas de forma marginal, é pertinente falar em duas propostas de solução para a deslocação/transporte de contentores na região metropolitana:

A. Transporte de contentores em barcaças para uma futura estação em Castanheira do Ribatejo.
Apreensão é o sentimento que este projecto nos suscita. Levar contentores em barcaças, rio acima, através dos mouchões do Tejo, passando na zona de reserva estuarina, através de calas pouco profundas e serpenteantes (conhecemos o trajecto) parece-nos um projecto não compaginável com o respeito ambiental que o Tejo merece e obriga. Claro, lá se farão mais dragagens!...
Já existe uma estação de contentores (assustadora!) junto ao rio Trancão, vão construir outro depósito na margem direita, além Vila Franca? Incompreensível e preocupante!

B. Uma ponte do Barreiro para o Montijo
Aparentemente não seria má ideia se tal obra não passasse pelo canal do Montijo, de Alhos Vedros e da Moita, zonas ambientais sensíveis de esteiros com avifauna própria e importante, que já está posta em causa por um outro projecto com impactos ambientais tremendos se concretizado – o proposto aeroporto no Montijo.
As Autarquias da Moita terão certamente uma palavra a dizer.

4.6 IMPACTO ECONÓMICO
O impacto acumulado no PIB nacional com a construção do Terminal do Barreiro, estimado no projecto AT Kearney-2014 e concomitantemente no EIA-2018, será de 7 a 12 milhões de euros, num horizonte de 40 e 60 anos.
Isto será assim tanto se construa o novo terminal no Barreiro: ou se amplie o Porto de Lisboa (com muitíssimo menos custos); ou se aumente o Porto de Setúbal (com menores custos, mas com impactos ambientais negativos); ou se alargue a capacidade magnífica do Porto de Sines (com custos relativamente modestos); ou até mesmo com a beneficiação do Porto de Leixões, para onde foi a quota perdida nos últimos anos pelo Porto de Lisboa (17,7% em 2010 – 12,4% em 2017). Quem diz que os três Portos de Contentores de Lisboa (Alcântara, Stª Apolónia e Beato) estão esgotados?
E estão todos na direcção dos “corredores europeus”, com claríssimas vantagens rodoviárias e ferroviárias sobre a nova proposta de localização.

Para o Barreiro que vantagens económicas reais?
Dinamização da actividade económica local e regional e quinhentos postos de trabalho directos, diz o EIA-2018. Surge-nos uma dúvida legítima. Se os Portos de Contentores de Lisboa são todos transferidos para o novo terminal, como proclama o Projecto APL-ATKearney-2014 (que o governo corroborou, embora o EIA-2018 não fale nisso…) não virão também os seus operadores? Em Lisboa são 180 os postos de trabalho efectivos (!) Qual o saldo líquido de criação de postos de trabalho?
Irrelevante! Postos de qualificação média/baixa, num sector com elevada precariedade (como se vai sabendo por estes dias!),para fazer uma actividade única: descarregar, arrumar, carregar contentores. Sobre o mito dos 3000 postos induzidos estamos conversados, veja-se o exemplo de Sines, Setúbal!...
As grandes empresas de “transhipement” não virão para o Barreiro (não querem, aliás, que o Porto de Lisboa seja deslocalizado). As grandes transportadoras não virão para o Barreiro, mandam os camiões enquanto o petróleo estiver barato, para poluírem o ambiente numa terra que tão sacrificada foi!
O transporte ferroviário, outro mito do projecto TCB/L, terá poucas hipóteses de concorrer com a rodovia, ainda por cima para os comboios darem uma volta enorme pelo Setil para irem para o Norte, o destino maioritário. É justo concluir, o propalado impacto económico local é um logro.

4.7. IMPACTO NO DESENVOLVIMENTO

Do ponto de vista do desenvolvimento estratégico este é um projecto estreito, unipolar, unidirecional. O Barreiro vai tornar-se num gigantesco parque de contentores que inviabilizará qualquer outro tipo de actividade económica diversificada e multiforme.
Como foram os comboios que duraram 142 anos, na versão transregional, “Um braço vigoroso no progresso da vila”, dizia um historiador coevo, que trouxeram a Indústria Corticeira (entretanto desaparecida) e a Indústria Química e a Metalo-Mecânica Pesada, desmembradas quando os “europeístas” empenharam a indústria nacional em nome do progresso.
Deixaram muita desolação, uma enorme depressão económica e paradoxalmente, uma herança patrimonial ímpar e inestimável, mal amparada, em rápida degradação, mas em vias de Classificação na DGPC, que urge apoiar (não postergar como quer fazer a CP!). Deixaram sobretudo uma enorme área “queimada”, desaproveitada, que pode e deve ser melhor utilizada como recomenda o Plano Director de 1994, para indústria não poluente e empresas de tecnologias de ponta.
A propósito, não compreendemos como a Quimiparque, o Arco Ribeirinho e agora a Baía do Tejo, em trinta anos, não captaram um único projecto de média dimensão, tecnológico ou industrial, moderno, não poluente, progressivo, como estipula o PDM ainda não revisto.

Em última análise o Projectado Terminal de Contentores de Lisboa no Barreiro, não cumpre o Plano Director Municipal (nem tão pouco o PUTQAI de 2010, sem força de “Lei”). Não pode ser aprovado pelas suas Autarquias, sobretudo não pode (deve!) ser aceite pela população do Barreiro!

Armando Teixeira
(continua)

02.12.2018 - 19:46
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND