Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 25 de Maio 2019
Por Maria Helena


A(nota)mentos
Todo o associativismo é presente


Rota 66 – Barreiro
Da iluminação da zona polis aos factos históricos do associativismo


Barreiro – Por dentro dos dias
Criação do «Observatório Pensar o Associativismo no Barreiro»


Inferências
A Quinta de Braamcamp não é um território abandonado
. O proprietário é a CMB


COLUNISTAS
Guerra privada
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Falam, falam, falam e não fazem nada…
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


Quadro Comunitário de Apoio para o período 2021-2027
Por José Caria
Montijo


Até amanhã Sr. Alexandre. Bom Natal
Por Jorge Fagundes
Barreiro


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


CARTA AO DIRECTOR
No Lavradio há gatos por todo o lado.
Um atentado à saúde e um incómodo


BASTIDORES
Associação Montijo Primeiro
Casa cheia na apresentação pública


Graves problemas que afetam a supressão de carreiras fluviais da Soflusa e Transtejo.
Bloco de Esquerda reúne com Soflusa e mantêm motivos de p


Bloco de Esquerda vai reunir com a administração da Transtejo/Soflusa
por causa da grave degradação do serviço prestado à população da margem


CDS Barreiro considera situação actual da Soflusa
insustentável para os Barreirenses


Concelhia do Barreiro do PSD
Problema não é político partidário é dos Barreirenses e do Barreiro
. O caos na Soflusa


Atual momento da Soflusa
PS Barreiro apela ao bom senso e responsabilidade
para salvaguardar os que dependem do transporte no seu dia-a


ENTREVISTA
Barreiro - Faustino Mestre, Presidente da Direcção do GD Fabril
«Esta casa tem que estar destinada a andar nos campeonatos nacionais»


AS EMPRESAS
Transportes Colectivos do Barreiro
Reforço de Ligações Com a Estação Ferroviária de Coina


Barreiro - Validação e carregamento de títulos Zapping nos TCB
A partir de 1 de junho


DESPORTO
Barreiro - Agrupamento de Escolas de Santo André
Sagra-se campeão distrital de Basquetebol de Iniciados B


Barreiro - No Pavilhão Municipal Luís de Carvalho
Barreirense - Maia na final da Pró- Liga


No Ginásio Sede do Seixal Clube 1925
Fase Final da XXI Taça Nacional de Sub 19 Feminino


Patinagem Artística do Fabril do Barreiro
Conquista títulos de Campeã e vice-Campeã Distrital de Juniores.


Barreiro - GDESSA realizou Torneio de Minibasquete Feminino
Com a presença de 258 meninas dos 6 as 12 anos.



Barreiro - Santoantoniense vence nacional da 2ª Divisão
Conquista subida à 1ª divisão do Campeonato Nacional de Xadrez


Final da Taça da Associação de Futebol de Setúbal - Futsal
FC Barreirense - CD Cova da Piedade


PERSONALIDADES
Barreiro - Nuno Banza ex-vereador da CMB
Nomeado Presidente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas


AS ESCOLAS
Barreiro - Agrupamento de escolas de Santo António
Conquista 1º lugar no Campeonato Regional de Basquetebol de Iniciados


No Auditório da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro
Clube de Teatro Augusto Cabrita apresenta «Tipo... Cenas Soltas»


Na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do IPS
Jornadas discutem as «múltiplas abordagens« da Bioinformática em Portugal


Parceria entre a Câmara Municipal do Barreiro e a Baía Tejo
Programa de Empreendedorismo nas Escolas já arrancou


Barreiro - Escola Secundária de Santo André
Prémio Floresta e Sustentabilidade 2019


Barreiro - Escola Secundária de Casquilhos
Reconhecida como Escola Inovadora do ano
. Mérito grau ouro


Barreiro - Jantar de Antigos Alunos dos Casquilhos.
Reencontro de amigos para fortalecer amizades


REPORTAGEM
Barreiro – Carlos Alberto Correia Encontros «O autor e os livros»
A poesia nasceu como forma de indignação


Barreiro - Uma centena de participantes numa acção de voluntariado
Limpeza de todas as praias do concelho
. «Esta iniciativa é igual a u


Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Setúbal
Um grupo de trabalho com 36 anos de actividade


Barreiro - Escola de Música do Penalvense
Onde se aprende música fazendo música


MOLDURA
Barreiro - Concerto na SFAL
«Cruzados» de regresso aos palcos


Centro Hospitalar de Setúbal
Laboratório de Hemodinâmica e Intervenção Coronária assinala 20º Aniversário


No Mercado 1º de Maio do Barreiro
Celebra-se Dia Mundial da Criança


Carta Aberta à População do Barreiro
Quinta do Braamcamp, as Obras Previstas não Avançaram Saiba Porquê


Barreiro – Festas Populares de Palhais
Bélito Campos encerra as festas em honra de Nossa Senhora da Graça


Barreiro - Exercício Europeu CASCADE de Proteção Civil
Maior de sempre em território nacional,
. De 28 de maio a 1 de junho


Moita - VII Feira da Saúde de Alhos Vedros:
«A Saúde Vai à Fonte da Prata»


BARREIRO - FESTAS DE SANTO ANTÓNIO DA CHARNECA
No centro da localidade de 12 a 16 de Junho


Barreiro - Na Casa da Cultura da Baía do Tejo
Rita Guerra em Concerto


Moita - Os melhores nomes do blues português e internacional
BB Blues Fest regressa à Baixa da Banheira


Associação de Psicologia & Desenvolvimento Comunitário - Psi.Brr
Ciclo de Cinema Documental «Saúde Mental e Educação»
. Cine Clube do Ba


Barreiro - Preparar plano para a Mata da Machada
Vereador Bruno Vitorino reúne com entidades para prevenção de fogos florestais


AUTARQUIAS
Moita - Aumento significativo de procura da carreira 333
Reforço da carreira dos TST


Moita - Parque Zeca Afonso na Baixa da Banhiera
Piscinas Municipais do Parque da Zona Ribeirinha abrem a 1 de junho


Na Câmara Municipal do Barreiro
ACT promove ações de sensibilização
. Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho


Almada - Estratégia municipal de controlo de colónias de gatos
Inauguração de abrigo para colónias de gatos


OPINIÃO
Trabalho dos eurodeputados da CDU no Concelho da Moita
Por Vanda Figueiredo
Moita


Carta Aberta a António Costa
Pela justiça no acesso aos Fundos Comunitários na Península de Setúbal
Por Tiago Sousa Santos
Barrei


O aeroporto do Montijo. Dos mitos à realidade.
Por Carlos Matias Ramos, Carla Marina, José Encarnação, Nuno Cavaco


O PODER DO CAPITAL E A DEMOCRACIA, uma pequeníssima reflexão sobre a nossa cidade e tudo o resto.
Por André Carapinha
Barreiro


A Quinta Braamcamp é de todos e é para todos!
Por José Encarnação
Barreiro


Autarquia Em Modo Off
Por Alexandra Serra
Sesimbra


ASSOCIATIVISMO
III Jornadas Técnicas da NÓS debatem ‘Olhar(es) pela Inclusão’
EST Barreiro recebe iniciativa a 7 de junho


Barreiro - No Mercado Mensal de Coina
Rastreio gratuito da Diabetes Tipo 2


Moita - Um stand com o tema «O que nos une»
CRIBB presente na Feira de Projetos Educativos


Lugares marcados por histórias
Exposição «Associativismo no Barreiro - Os lugares, os factos e as pessoas»


Setúbal - 96º aniversário do CNE Corpo Nacional de Escutas
Cristo Rei em Almada recebe este ano as comemorações


Barreiro - Formação Profissional RUMO
Qualificação profissional de Pessoas com Deficiência e/ou Incapacidade


Barreiro - Cooperativa Cultural Popular Barreirense
Sessão Debate «Associativismo e Cooperativismo Pilares da Economia Social»
. 106º an


POSTAIS
Barreiro - Persona comemora 26º aniversário
Visita Exposição sobre associativismo


ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro
«O Animador» - onde começa o mundo real e acaba a ficção?


Barreiro - Grupo Recreativo União Penalvense
Um ponto de encontro de gerações
. Polo de animação da Penalva


EUROPA
Rede Europeia Anti-Pobreza - Núcleo Distrital de Setúbal
ELEIÇÕES EUROPEIAS - Por uma Europa Livre de Pobreza!


Alterações às Leis Eleitorais
Eliminação do Número de Eleitor


opinião rostos.pt - o seu diário digital

O mito «No Barreiro não há nada para ver!»
Por Gonçalo Brito Graça
Barreiro

O mito «No Barreiro não há nada para ver!»<br />
Por Gonçalo Brito Graça<br />
BarreiroAo longo das últimas décadas construiu-se o mito de que no Barreiro não há nada para ver, e tem sido um discurso que infelizmente foi passado de geração em geração.

Muito recentemente fui abordado por um casal de turistas alemães sexagenários na estação dos barcos. Perguntaram-se se valeria a pena passar para além dos prédios da Recosta, se havia algo que ver. Sugeri-lhes duas possibilidades: o caminho da direita, junto ao rio, ir até ao Polis e dar um passeio. Ou o caminho da esquerda, pela passagem superior, sempre em frente, e virar para os passadiços e ver os moinhos. Contudo, rematei a resposta com a clássica frase “está ali o posto de turismo, informam melhor que eu”. Mas estava encerrado. O casal alemão voltou a abordar-me, agradeceu a ajuda, mas pensaram melhor e decidiram regressar a Lisboa. Não pareciam nada confiantes… Posto de turismo fechado, um estranho a dar indicações para sítios pouco conhecidos… não, não era propriamente a recepção que esperavam.

Como utente frequente do transporte fluvial, inúmeras vezes encontro turistas que chegam ao Barreiro e regressam a Lisboa no barco imediato. A cativação para visitar a cidade é pouca, e decresce se o posto de turismo estiver encerrado. Não importa aqui comentar se o horário do posto de turismo é ou não adequado à realidade barreirense. Para esse debate estão os políticos e os especialistas na matéria. Contudo, como munícipe, interessa-me que o concelho do Barreiro consiga lucrar com a vinda de turistas, que sejam recebidos com qualidade, e que saiam daqui sabendo mais do que sabiam. E se puderem voltar, melhor!

O Barreiro tem muito para mostrar. Ao longo das últimas décadas construiu-se o mito de que no Barreiro não há nada para ver, e tem sido um discurso que infelizmente foi passado de geração em geração. Arrisco-me a dizer que esse mesmo discurso teve efeitos práticos, e que é uma das principais razões para que a maioria dos munícipes não conheça os espaços culturais no concelho. Basta perguntar ao nosso grupo de amigos. Quantos já visitaram o Espaço Memória, a Biblioteca Municipal, Convento da Verderena, Reservas da Mata da Machada, etc, etc? Já fiz este exercício com vários conhecidos e as respostas não distam muito das dos meus amigos. São poucos os que conhecem alguns destes espaços. Felizmente o mesmo não poderá ser dito da oferta musical e/ou artística plástica, que contrasta com a vertigem do conhecimento histórico. Ainda bem.

O Barreiro poderia mostrar muito mais, se a Câmara Municipal soubesse exactamente o que quer mostrar. Um território que é habitado há mais de 6.000 anos é um território que tem muito para dizer. Nesses 6.000 anos aportaram aqui indivíduos das mais diversas proveniências, e por oposição sabe-se pouco ou quase nada da presença romana ou islâmico-medieval no actual Barreiro. Todo o hinterland da margem direita do rio Coina está por estudar. E a arqueologia industrial? Fábrica de vidros de Coina, complexo ferroviário, complexo fabril, entre outros? E a carta arqueológica que teima em não aparecer?

O Barreiro poderia mostrar muito mais. Tomemos o exemplo desse casal alemão. Não vieram ao Barreiro porque queriam vir, e no fim limitaram-se a passear de barco. A canalização de turistas de Lisboa para o Barreiro tem de ser uma realidade ordenada, pensada, e a divulgação do património histórico pode e deve ter um papel nesse processo. E não é necessário muito! Bastaria um mini-stand móvel instalado na estação Sul e Sueste, semelhante aos das empresas de telecomunicações e bancos virtuais nos hipermercados, algumas horas por dia durante os meses de Verão. Objectivo: explicar o que se pode ver e fazer no Barreiro e assim oferecer uma alternativa ao turista comum que visita Lisboa.

Quer ver arquitectura manuelina, neo-clássica ou pós-moderna? Tudo isso está disponível no concelho (freguesias de Palhais, Barreiro e Santo André). O turista deseja saber como era um convento porque viu o filme “O nome da Rosa”? Pode visitar a Verderena. Caso isto não chegue, ofereça-se micro-miniaturas de “bolas de manteiga” ou cálices de vinho bastardinho, algo que ilustre a gastronomia barreirense.

Em 2013, enquanto escrevia o livro sobre o escuteiro e padre Abílio da Silva Mendes, deparei-me com algo curioso. Abril de 1940, Segunda Guerra Mundial no auge, e a precariedade laboral na CUF a subir em ritmos astronómicos. Repressão policial por todo a cidade. E um padre holandês refugiado em Lisboa decidiu levar a sua família recém-chegada a Portugal para umas férias… no Barreiro. Se em plena ditadura do Estado Novo já havia algo que visitar, imagine-se hoje!
Cative-se de uma vez esse público que é despejado no Terminal. Incentive-se o consumo no comércio local, e por fim, que não se diga que no Barreiro não há nada para ver!

Gonçalo Brito Graça

06.01.2019 - 13:15
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.

PUB.

AVISO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
ENTRE 02 DE MAIO E 15 DE JULHO 2019

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND