Conta Loios
rostos.pt
PESQUISAR     
    HOME  |   FICHA TÉCNICA   |   ESTATUTO EDITORIAL   |   EDIÇÃO IMPRESSA  |   NEWSLETTER  |    RSS  |    TWITTER  |    FACEBOOK  
INFERÊNCIAS
Horóscopos Diários
Dia 25 de Maio 2019
Por Maria Helena


A(nota)mentos
Todo o associativismo é presente


Rota 66 – Barreiro
Da iluminação da zona polis aos factos históricos do associativismo


Barreiro – Por dentro dos dias
Criação do «Observatório Pensar o Associativismo no Barreiro»


Inferências
A Quinta de Braamcamp não é um território abandonado
. O proprietário é a CMB


COLUNISTAS
Guerra privada
Por Nuno Santa Clara
Barreiro


Falam, falam, falam e não fazem nada…
Por Nuno Miguel Fialho Cavaco
Moita


Quadro Comunitário de Apoio para o período 2021-2027
Por José Caria
Montijo


Até amanhã Sr. Alexandre. Bom Natal
Por Jorge Fagundes
Barreiro


O Barreiro está um pouco mais pobre!
Por Nuno Banza
Barreiro


CARTA AO DIRECTOR
No Lavradio há gatos por todo o lado.
Um atentado à saúde e um incómodo


BASTIDORES
Associação Montijo Primeiro
Casa cheia na apresentação pública


Graves problemas que afetam a supressão de carreiras fluviais da Soflusa e Transtejo.
Bloco de Esquerda reúne com Soflusa e mantêm motivos de p


Bloco de Esquerda vai reunir com a administração da Transtejo/Soflusa
por causa da grave degradação do serviço prestado à população da margem


CDS Barreiro considera situação actual da Soflusa
insustentável para os Barreirenses


Concelhia do Barreiro do PSD
Problema não é político partidário é dos Barreirenses e do Barreiro
. O caos na Soflusa


Atual momento da Soflusa
PS Barreiro apela ao bom senso e responsabilidade
para salvaguardar os que dependem do transporte no seu dia-a


ENTREVISTA
Barreiro - Faustino Mestre, Presidente da Direcção do GD Fabril
«Esta casa tem que estar destinada a andar nos campeonatos nacionais»


AS EMPRESAS
Transportes Colectivos do Barreiro
Reforço de Ligações Com a Estação Ferroviária de Coina


Barreiro - Validação e carregamento de títulos Zapping nos TCB
A partir de 1 de junho


DESPORTO
Barreiro - Agrupamento de Escolas de Santo André
Sagra-se campeão distrital de Basquetebol de Iniciados B


Barreiro - No Pavilhão Municipal Luís de Carvalho
Barreirense - Maia na final da Pró- Liga


No Ginásio Sede do Seixal Clube 1925
Fase Final da XXI Taça Nacional de Sub 19 Feminino


Patinagem Artística do Fabril do Barreiro
Conquista títulos de Campeã e vice-Campeã Distrital de Juniores.


Barreiro - GDESSA realizou Torneio de Minibasquete Feminino
Com a presença de 258 meninas dos 6 as 12 anos.



Barreiro - Santoantoniense vence nacional da 2ª Divisão
Conquista subida à 1ª divisão do Campeonato Nacional de Xadrez


Final da Taça da Associação de Futebol de Setúbal - Futsal
FC Barreirense - CD Cova da Piedade


PERSONALIDADES
Barreiro - Nuno Banza ex-vereador da CMB
Nomeado Presidente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas


AS ESCOLAS
Barreiro - Agrupamento de escolas de Santo António
Conquista 1º lugar no Campeonato Regional de Basquetebol de Iniciados


No Auditório da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro
Clube de Teatro Augusto Cabrita apresenta «Tipo... Cenas Soltas»


Na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do IPS
Jornadas discutem as «múltiplas abordagens« da Bioinformática em Portugal


Parceria entre a Câmara Municipal do Barreiro e a Baía Tejo
Programa de Empreendedorismo nas Escolas já arrancou


Barreiro - Escola Secundária de Santo André
Prémio Floresta e Sustentabilidade 2019


Barreiro - Escola Secundária de Casquilhos
Reconhecida como Escola Inovadora do ano
. Mérito grau ouro


Barreiro - Jantar de Antigos Alunos dos Casquilhos.
Reencontro de amigos para fortalecer amizades


REPORTAGEM
Barreiro – Carlos Alberto Correia Encontros «O autor e os livros»
A poesia nasceu como forma de indignação


Barreiro - Uma centena de participantes numa acção de voluntariado
Limpeza de todas as praias do concelho
. «Esta iniciativa é igual a u


Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Setúbal
Um grupo de trabalho com 36 anos de actividade


Barreiro - Escola de Música do Penalvense
Onde se aprende música fazendo música


MOLDURA
Barreiro - Concerto na SFAL
«Cruzados» de regresso aos palcos


Centro Hospitalar de Setúbal
Laboratório de Hemodinâmica e Intervenção Coronária assinala 20º Aniversário


No Mercado 1º de Maio do Barreiro
Celebra-se Dia Mundial da Criança


Carta Aberta à População do Barreiro
Quinta do Braamcamp, as Obras Previstas não Avançaram Saiba Porquê


Barreiro – Festas Populares de Palhais
Bélito Campos encerra as festas em honra de Nossa Senhora da Graça


Barreiro - Exercício Europeu CASCADE de Proteção Civil
Maior de sempre em território nacional,
. De 28 de maio a 1 de junho


Moita - VII Feira da Saúde de Alhos Vedros:
«A Saúde Vai à Fonte da Prata»


BARREIRO - FESTAS DE SANTO ANTÓNIO DA CHARNECA
No centro da localidade de 12 a 16 de Junho


Barreiro - Na Casa da Cultura da Baía do Tejo
Rita Guerra em Concerto


Moita - Os melhores nomes do blues português e internacional
BB Blues Fest regressa à Baixa da Banheira


Associação de Psicologia & Desenvolvimento Comunitário - Psi.Brr
Ciclo de Cinema Documental «Saúde Mental e Educação»
. Cine Clube do Ba


Barreiro - Preparar plano para a Mata da Machada
Vereador Bruno Vitorino reúne com entidades para prevenção de fogos florestais


AUTARQUIAS
Moita - Aumento significativo de procura da carreira 333
Reforço da carreira dos TST


Moita - Parque Zeca Afonso na Baixa da Banhiera
Piscinas Municipais do Parque da Zona Ribeirinha abrem a 1 de junho


Na Câmara Municipal do Barreiro
ACT promove ações de sensibilização
. Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho


Almada - Estratégia municipal de controlo de colónias de gatos
Inauguração de abrigo para colónias de gatos


OPINIÃO
Trabalho dos eurodeputados da CDU no Concelho da Moita
Por Vanda Figueiredo
Moita


Carta Aberta a António Costa
Pela justiça no acesso aos Fundos Comunitários na Península de Setúbal
Por Tiago Sousa Santos
Barrei


O aeroporto do Montijo. Dos mitos à realidade.
Por Carlos Matias Ramos, Carla Marina, José Encarnação, Nuno Cavaco


O PODER DO CAPITAL E A DEMOCRACIA, uma pequeníssima reflexão sobre a nossa cidade e tudo o resto.
Por André Carapinha
Barreiro


A Quinta Braamcamp é de todos e é para todos!
Por José Encarnação
Barreiro


Autarquia Em Modo Off
Por Alexandra Serra
Sesimbra


ASSOCIATIVISMO
III Jornadas Técnicas da NÓS debatem ‘Olhar(es) pela Inclusão’
EST Barreiro recebe iniciativa a 7 de junho


Barreiro - No Mercado Mensal de Coina
Rastreio gratuito da Diabetes Tipo 2


Moita - Um stand com o tema «O que nos une»
CRIBB presente na Feira de Projetos Educativos


Lugares marcados por histórias
Exposição «Associativismo no Barreiro - Os lugares, os factos e as pessoas»


Setúbal - 96º aniversário do CNE Corpo Nacional de Escutas
Cristo Rei em Almada recebe este ano as comemorações


Barreiro - Formação Profissional RUMO
Qualificação profissional de Pessoas com Deficiência e/ou Incapacidade


Barreiro - Cooperativa Cultural Popular Barreirense
Sessão Debate «Associativismo e Cooperativismo Pilares da Economia Social»
. 106º an


POSTAIS
Barreiro - Persona comemora 26º aniversário
Visita Exposição sobre associativismo


ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro
«O Animador» - onde começa o mundo real e acaba a ficção?


Barreiro - Grupo Recreativo União Penalvense
Um ponto de encontro de gerações
. Polo de animação da Penalva


EUROPA
Rede Europeia Anti-Pobreza - Núcleo Distrital de Setúbal
ELEIÇÕES EUROPEIAS - Por uma Europa Livre de Pobreza!


Alterações às Leis Eleitorais
Eliminação do Número de Eleitor


opinião rostos.pt - o seu diário digital

QUINTA BRAAMCAMP [2]
PÚBLICA É DE TODOS, PRIVADA É SÓ DE ALGUNS!
Por Armando Teixeira
Barreiro

QUINTA BRAAMCAMP [2]<br>
PÚBLICA É DE TODOS, PRIVADA É SÓ DE ALGUNS!<br>
Por Armando Teixeira<br>
Barreiro. A aquisição da Quinta do Braamcamp pela CMB mudou esse paradigma, agora é de todos os barreirenses!

Lançamos a ideia de criação de um Movimento – “A Quinta do Braamcamp é de todos!” – com este ou outro título a acertar.
Vamos defender a Alburrica/Mexilhoeiro enquanto é tempo! Estaremos a defender a nossa terra e o planeta ameaçado.

“ Não queremos a remissão nostálgica do passado, antes um exercício subtil de aprendizagem do futuro”

Resumo do 1º artigo:

O paradigma histórico desde o século XVI ao século XX, foi o usufruto privado e particular aristocrático/capitalista dos excepcionais espaços à beira-Tejo. A aquisição da Quinta do Braamcamp pela CMB mudou esse paradigma, agora é de todos os barreirenses!

4. NÃO À ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA!

- Na falência da Essence/SNC, o banco credor (Millennium/BCP) tomou conta da propriedade sem se preocupar minimamente com a segurança do património arquitectónico e industrial, mas mandando fazer projectos para a construção de habitação e para a consequente especulação com os terrenos. A fábrica foi esventrada e vendida para a sucata, a mansão do século XVIII foi incendiada e destruída (mais tarde aconteceu o mesmo com o Moinho de Maré). Nem a memória documental foi devidamente cuidada, muito mal se trata o nosso património!

- A aquisição da Quinta do Braamcamp pela Autarquia foi a melhor decisão estratégica da Gestão Democrática em 43 anos! (já tinha sido boa a compra da Quinta do Alemão-Parque da Cidade). Pela primeira vez na história do Património Ambiental do Barreiro (e quão extraordinário ele é, juntamente com o Moageiro, Piscatório, Industrial, Ferroviário, Cultural/Imaterial), a propriedade passou do usufruto privado (apenas de alguns!) para a utilização e fruição pública de toda a população barreirense!

- Há 25 anos, um quarto de século é muito tempo em termos de ordenamento do território, foi prevista no PDM (e mal, como na altura argumentámos…) a construção de habitação seleccionada na beira-rio. Não havia então a consciência ambiental que hoje desperta de forma aguda, porque o planeta corre sérios riscos com as alterações climáticas inexoráveis (só o senhor Trump não vê, nem sabe!?...). As previsões cientificas mais recentes de degelo na Antártida já admitem dois metros de elevação do nível dos oceanos até 2050!

4 UM PLANO ESTRATÉGICO PARA A ÁREA ESPLENDOROSA DE ALBURRICA/MEXILHOEIRO

- Os antepassados árabes que aqui estiveram do século VIII ao século XII (quase 500 anos!) chamaram a esta zona excepcional de Alburrica, terra de esplendor. As suas condições naturais extraordinárias, rodeada de praias de areia dourada, as águas calmas e límpidas, o sol resplandecendo em miríades de ouro e prata, as aves marinhas em voos de liberdade, constituem uma das mais fantásticas dádivas da natureza nas margens do Tejo em mais de mil quilómetros de caminho.

- A sua excelência ambiental, paisagística, natural, cultural, patrimonial, desportiva, compreende:
* Rio de águas calmas, espelho de água para desporto.
* Praias de areia doirada, cheias de “iodo” em aerossóis.
*Caldeiras/Sapais de regeneração microbiológica.
* Vegetação marginal natural e arbórea, mouchões de algas.
* Moinhos de vento e de maré com as suas caldeiras.
* Ruinas da construção centenária da mansão e anexos.

- Classificada como Área de Interesse Municipal, exige um Plano Estratégico Integrado/Global de Recuperação, Ordenamento, Valorização Patrimonial e Ambiental: estruturado, discutido com a população, quantificado, faseado, comparticipado, antes de qualquer decisão casuística.

- Aliás qualquer proposta/decisão, como as que têm sido veiculadas por responsáveis autárquicos nos órgãos de comunicação e na sessão de esclarecimento da CMB de 18/2/19, de alienação da propriedade do território da Quinta do Braamcamp, não pode ser sancionada ao arrepio da opinião das forças políticas, sociais e associativas da cidade e da opinião dos cidadãos interessados, visto que tal proposta não constava do programa eleitoral do Partido Socialista vencedor das eleições autárquicas.

- Argumenta-se que prevista a construção de habitação no PDM de 1994 (que há muito tempo devia ter sido revisto!...) não será necessário um Estudo Prévio de Impacto Ambiental (EIA). Curioso que o Executivo Camarário tenha feito tábua rasa do PDM em relação ao Projecto do Terminal de Contentores de Lisboa no Barreiro, que não está lá previsto!

- Quem tem medo do EIA e da Agência Portuguesa do Ambiente, para a área de Alburrica/Mexilhoeiro/Quinta Braamcamp? Será porque a APA pré-chumbou o Projecto do Terminal de Contentores com o argumento, entre outros, da profunda alteração da hidrodinâmica do rio Tejo, que iria prejudicar as margens, as praias, a pesca, a fauna e a flora do excepcional estuário do Tejo, agravada com mais de 24 milhões de metros cúbicos de dragagens!?

- Aguardamos o chumbo definitivo de tal projecto para congratular os homens de ciência que tiveram a coragem de fazer uma apreciação avisada e séria, e então saudar a população do Barreiro por ter ganho esta batalha pelo futuro.

- Futuro que se apresenta sombrio para os barreirenses que, como 40 % da população mundial vivem no litoral, sujeito ao aumento inexorável do nível das águas, que está prestes a atingir um ponto sem retorno com o aquecimento global. E não é para as calendas, o problema é daqui a dez, vinte anos, e tem de se equacionar já! Em Portugal há três zonas críticas: Ria Formosa, Ria de Aveiro e Vale do Tejo. A Alburrica está sob esta espada de Dâmocles!

5. PROPOSTA CONCRETA PARA A ALBURRICA/MEXILHOEIRO/QUINTA BRAAMCAMP

- Integrando os factos históricos e o pensamento filosófico expendido; atendendo às preocupações ambientais, ecológicas e climatéricas; conjugando as preocupações económicas, conjunturais e programáticas; equacionando sobretudo o interesse público e a cidadania crítica, é nosso entendimento-proposta para esta área tão magnífica quanto frágil, que engloba a Quinta do Braamcamp:

1. Elaboração prévia de um Plano Estratégico para toda a área em questão, nas vertentes ambientais, patrimoniais, paisagísticas, económicas, turísticas, respeitando acima de tudo o primado do interesse público.

2. Respeito integral pelo excepcional espaço natural de Alburrica/Mexilhoeiro, com a sua recuperação faseada e apoiada por entidades e programas nacionais e europeus, para usufruto exclusivo da população.


3. Com a participação de entidades públicas e privadas, com o apoio dos cidadãos mobilizados e organizados em Associações, Clubes e Colectividades, constituir um Parque Público Natural de gestão municipal.

4. Excluir liminarmente qualquer tipo de construção oportunista e especulativa, travada no 25 de Abril. A propriedade autárquica é de todos, qualquer negócio imobiliário é só para alguns!

5. Todas as acções de recuperação e de valorização deverão ser minimalistas, sem molestar a paisagem e a ecologia, levando em conta as recomendações científicas quanto à defesa ambiental presente e futura.

6. Assim se deverão entender a valorização da Praia Fluvial de Alburrica (conquistar a bandeira azul); a recuperação da Caldeira nas suas funções de produção microbiológica e de apoio ao Moinho de Maré; a recuperação deste e do Cais de Acostagem no lado poente (histórico).

7. Com a mesma perspectiva de preservação patrimonial, se deverá entender a consolidação e a recuperação possível das ruinas históricas da “Mansão dos Ingleses”, integradas no Parque Público e com desejável vertente de hotelaria (bar/restaurante).

8. Para além dos equipamentos de desporto, lazer, recreio e convívio, desejáveis numa filosofia preservativa e valorativa, é inalienável a criação de uma zona de protecção e observação das aves residentes e migratórias (colónia de garças reais).

9. São imprescindíveis medidas urgentes de defesa do milenar istmo de areias doiradas do Bico do Mexilhoeiro, em rápido desassoreamento, como são necessários melhoramentos na “aldeia lacustre” de pescadores e amigos do Mexilhoeiro.

10. Para quem partilhar este tipo de preocupações e propostas, lançamos a ideia de criação de um Movimento – “A Quinta do Braamcamp é de todos!” – com este ou outro título a acertar.

Basta contactar: arsouteixeira@gmail.com, e ver-se-á a forma de organizar o protesto e defender a proposta.
Vamos defender a Alburrica/Mexilhoeiro enquanto é tempo!
Estaremos a defender a nossa terra e o planeta ameaçado.

Barreiro, 20/2/19
Armando Sousa Teixeira

20.02.2019 - 13:21
Imprimir   imprimir

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Partilhar: partilhar no facebook  TwitThis  digg it  Google Bookmark  Technorati  guardar link no del.icio.us 

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital

comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

rostos.pt - o seu diário digital

envie o seu comentário

rostos.pt - o seu diário digital

PUB.

rostos.pt - o seu diário digital





rostos.pt - o seu diário digital

Pesquisar outras notícias no Google

rostos.pt - o seu diário digital

rostos.pt - o seu diário digital

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.

PUB.

AVISO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
ENTRE 02 DE MAIO E 15 DE JULHO 2019

PUB.

PUB.

REVISTA ROSTOS

PUB.

PUB.

PUB.

PUB.

ROSTOS APOIA

PUB.

DAMOS ROSTOS ÀS CIDADES

DIVULGAÇÃO

EDIÇÃO IMPRESSA


OUTRAS EDIÇÕES

  

  

VIDEOS ROSTOS

CANAL ROSTOS NOS VIDEOS SAPO


LIGAÇÕES

MARTA SOUSA PEREIRA Photography


ENTRE TEJO E SADO - BLOG SAPO LOCAL


SAPO LOCAL


GOOGLE NEWS - BARREIRO


JORNAIS E REVISTAS


CAMARA MUNICIPAL DO BARREIRO


CAMARA MUNICIPAL DA MOITA


BLOG DEDICADO A LAURA SEIXAS


ARTBARREIRO.COM


BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO


MEMBRO DA

AIND