Conta Loios

opinião

O Dia B – Movimente esta ideia
Por Sofia Martins e Mónica Duarte
Barreiro

O Dia B – Movimente esta ideia<br />
Por Sofia Martins e Mónica Duarte<br />
BarreiroÉ importante reafirmar a marca Dia B como uma identidade agregadora das várias entidades dinamizadoras desta iniciativa, procurando reunir, os vários organismos municipais, o movimento associativo, as empresas e os munícipes.

O Dia B – Movimente esta ideia, surgiu como uma oportunidade de reflectir a cidade enquanto espaço colectivo e de pertença de todos, com uma visão assente num reforço da cidadania activa, a capacidade de auto-organização e a procura colectiva de soluções, com a participação directa de quem vive e usufrui da cidade.

Desde o primeiro ano que a comunidade foi envolvida, com apresentação de propostas, com o envolvimento de parceiros, com o apoio das entidades públicas locais.

Mesmo aqueles que inicialmente não entenderam a ideia, acabaram por se render ao B!

O B mudou a forma de ver a escola, de olhar para o movimento associativo, de afirmar a arte urbana, de preservar as praias e matas, de impulsionar a criatividade e tornar espaços que outrora eram “marginais”, como uma referência, sendo exemplo disso o Patio Albers.

De todas estas sinergias resultaram projectos que alteraram completamente o paradigma de “ pensar a cidade”, do conceito de responsabilização pelo espaço comum, pelas escolas, pelas colectividades, pelo espaço público.

Criaram-se novos conceitos como o voluntariado urbano e a criação de pomares comunitários, nasceram murais que hoje integram o roteiro de arte urbana da cidade.

Em cada canto do concelho, desde o Lavradio, Barreiro, Alto Seixalinho, Verderena, Santo André, Santo António da Charneca e Coina ficaram as impressões digitais da população, marcas do Dia B onde foi criado um verdadeiro roteiro de participação activa e lição de cidadania.

É importante reafirmar a marca Dia B como uma identidade agregadora das várias entidades dinamizadoras desta iniciativa, procurando reunir, os vários organismos municipais, o movimento associativo, as empresas e os munícipes.

Desde 2012, o Dia B acolheu 39 200 participantes em 488 acções, considerado o Rosto do ano 2012 na área da Cidadania e detentor do 1º prémio EDP/Visão "Todos queremos um bairro melhor 2014" entre 324 projectos nacionais.

Que se mantenha este movimento, envolvendo a comunidade e relacionando-a com a cidade.

As escolas, associações e população aguardam que a fase de apresentação de projectos seja divulgada, os parceiros esperam ser envolvidos, o Barreiro merece que este dia continue a ser-lhe dedicado.

13.04.2019 - 20:34

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.