Conta Loios

opinião

Psicologia – Notas Reflexivas
PAIS E AS SUAS VIVÊNCIAS RECALCADAS
Por Rui Grilo
Barreiro

Psicologia – Notas Reflexivas<br />
PAIS E AS SUAS VIVÊNCIAS RECALCADAS<br />
Por Rui Grilo<br />
Barreiro O que nos dá o direito de anular os sonhos e desejos de uma criança?

Que medos e receios carregamos nós, que resultam em transferências e projeções das nossas incapacidades sobre os nossos filhos?

Adultos com infâncias turbulentas, refletidas muitas vezes em atos e atitudes castradoras... Que não permitem evolução nem desenvolvimento pessoal das nossas crianças.
Como se elas tivessem de ficar condicionadas mediante a nossa decisão... decisão essa com uma base de dor, angústia e recalcamento...

Os nossos filhos têm os pais como modelos...e é com base nessa identificação, que se vão moldando do ponto de vista da sua identidade e personalidade.

Pais com infâncias rígidas e inflexiveis, receberam mais regra que amor... E isso traduz-se nas pessoas que hoje são... Não se conseguem dissociar da imposição e da auto afirmação...
Mas nem sempre é assim... Também pais com educaçoes e padrões familiares mais rígidos, procuram nos filhos algo que não encontraram... Saber amar, escutar, sentir... Aprender a receber afeto, carinho e amor.

Os pais têm a capacidade de mudar...
De trabalhar os seus desejos recalcados, embutidos de culpabilidade e dor...E de transformá-los em serenidade e afectividade.

Os desejos e ambições dos nossos filhos devem ser respeitados, e enquanto pais, temos de lutar emocionalmente contra os nossos padrões de funcionamento.... Que em alguns casos, são altamente disfuncionais e que em nada servem de modelo parental.

O amor está na base da relação entre pais e filhos, revelando-se através da compreensão e do entendimento...

Um bem haja...
Rui Grilo

09.01.2021 - 14:20

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.