Conta Loios

opinião

Esperava-se o ano todo pela aquela noite mágica.
Por Isabel Mateus Braga
Barreiro

Esperava-se o ano todo pela aquela noite mágica.<br>
Por Isabel Mateus Braga<br>
Barreiro Um grande reboliço pairava no ar. A azáfama, na cozinha, superava qualquer comemoração de aniversário.
As searinhas tinham crescido e tinham sido colocadas ao lado do Menino Jesus. A lamparina acesa dia e noite, não faltava, e o musgo, apanhado na véspera, servia de pastagem para o rebanho.

Havia também um tocador de fole, uma lavadeira, um padeiro e uma ponte que levava a um castelo.
Cânticos, que eram entoados ao Menino Jesus, misturavam-se com o cheiro do azeite que tinha servido para fritar as filhoses.
Estava frio. Estava muito frio.
À hora da missa do Galo, abafávamo - nos e rumávamos em direcção da igreja.
Rezávamos, cantávamos tocávamos campainhas, que era a parte que eu gostava mais, e beijávamos o joelho do Menino Jesus.

De regresso a casa, a minha avó materna dizia-nos para ir para cama senão o Menino Jesus não vinha. Não me lembro de se falar no Pai Natal. Era o Menino Jesus que colocava as prendas no sapatinho, pela chaminé.
Sempre achei estranho como é que o Menino Jesus conseguia colocar prendas no sapatinho de todos os meninos que se portavam bem durante todo o ano.
Deitava-me e ficava a tentar desvendar o mistério de como é que o Menino Jesus descia pela chaminé com a bicicleta que todos os anos fazia parte da longa lista de desejos.
O Menino Jesus nunca conseguiu descer com a bicicleta pela chaminé.

Após a noite mal dormida, quase de madrugada, lá ia a correr à chaminé à procura da bicicleta. Mas os brinquedos, as peúgas e as caixas de chocolate com pinturas do Monet, faziam esquecer a bicicleta.
Soube , depois, a razão pela qual a bicicleta nunca ter descido pela chaminé. O meu pai temia por algum acidente grave devido à minha vivacidade e traquinisse.

Hoje, há lugares vazios na mesa da consoada. Lugares esses que espero, que um dia, sejam preenchidos por crianças traquinas que me perguntem como é que o Pai Natal vai conseguir descer pela chaminé e aterrar no quinto andar, com a consola de jogos e alguns pedidos feitos através da Internet.

Isabel Mateus Braga
9 / 12 / 2021

10.01.2021 - 00:03

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.