Conta Loios

opinião

Psicologia - Notas Reflexivas
A FORÇA DO EU
(Uma história pessoal de superação - paraplegia)
Por Rui Grilo
Barreiro

Psicologia - Notas Reflexivas<br />
A FORÇA DO EU <br />
(Uma história pessoal de superação - paraplegia)<br />
Por Rui Grilo<br />
Barreiro<br />
Foi numa manhã gélida de sábado, que abri os olhos e senti uma dor atroz no corpo... Ali deitado, percebi à minha volta destroços e poeira... e dores penosas na cabeça, tronco e membros superiores...
Estranho!!!

Olhei em frente e vi todo o meu corpo... mas mais estranho ainda...as minhas pernas estavam lá mas nao as sentia... como se o meu corpo terminasse na anca... que sensação estranha e ao mesmo tempo perturbadora e confusa...
Assim andei muito tempo.... confuso e em negação...

De cama de hospital, em cama de hospital, chega o tão repudiado dia...

O dia em que me confronto com a dura realidade, de não mais conseguir sair da cama pelos meus pés e pernas...porque não as sinto... porque não tenho qualquer tipo de sensibilidade ao toque...

Chega o dia, em que me vou sentar naquilo que me vai permitir mover e deslocar... até ao resto dos meus dias...a cadeira de rodas...

Até então, o desconhecido trouxe-me alguma esperança ilusória, porque o meu EU foi gerando falsas crenças e expetativas...É isto que a nossa mente desenvolve como mecanismos de defesa contra a realidade...porque esta realidade traz sofrimento e angústia...a Negação...

Mas esta é e será a minha realidade... apartir do momento em que me sentar nesta cadeira...

Mas... no meio deste caos, encontrei no meu EU a capacidade de superar os meus obstáculos emocionais... a fragilidade e o sofrimento que esta situação inesperada colocou sobre mim, transformei-a em motivação e numa readaptação em como viver a minha vida...

Apesar da turbulência de emoções e sentimentos, a vida corre a um ritmo saudável e funcional... porque na realidade, a única particularidade que me distingue do outro...passa somente pela dificuldade de mobilidade...

A capacidade de nos colocarmos no lugar do outro, torna-se preponderante para termos uma sociedade inclusiva e que respeite as individualidades de cada um, promovendo-se equidade e igualdade de oportunidades....

A vida é feita de momentos...às vezes tão ténues e breves...e nesse sentido... afirmo com a certeza que todos somos iguais e todos somos diferentes...porque é na diferença que reside a beleza das coisas....

Um bem haja
Rui Grilo

11.09.2021 - 12:45

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.