Conta Loios

opinião

INICIO DE MAIS UM ANO LETIVO
Por Humberto Faísca
Barreiro

INICIO DE MAIS UM ANO LETIVO <br />
Por Humberto Faísca<br />
Barreiro Desejo que este inicio de ano escolar seja marcado por imensas alegrias e aquisição de conhecimentos para os milhares de crianças e jovens que a partir de amanhã voltarão a encher as salas de aula por esse Portugal.
Desejar um excelente ano letivo a todos não implica relembrar os imensos problemas que a comunidade escolar continua a enfrentar.

No meu concelho este ano escolar traz mais uma novidade, é o primeiro ano escolar com a transferência de competências do estado central para a autarquia em curso.

Transferência de competência marcada por uma imposição obrigatória do estado central para as autarquias.
Transferência essa que ainda não garante todas as verbas e recursos humanos necessários a essa mesma transferência, transferência que continua a enviar para as autarquias responsabilidades que dificilmente os municípios conseguirão garantir.
Transferência essa que não garante entre outras o preço das refeições aos alunos, face ao valor que as empresas estão a exigir neste contexto inflacionista, não garante o rácio necessário de trabalhadores entre outras coisas mais que não garante.

Prevê-se pois um ano letivo cheio de dificuldades, dificuldades que espero que o governo central tenha a humildade de as mitigar, a bem de toda a comunidade escolar.

Desejo que o futuro seja mais promissor para a comunidade escolar, que a escola pública seja um dia totalmente gratuita e não assistencialista, que a gratuidade das fichas de actividades seja gratuita, desejo o fim da precariedade garantindo a vinculação aos docentes com 5 ou mais anos até 2023, a Contabilização do tempo de trabalho para efeitos da segurança social dos docentes a termo certo, Contratação, com vínculo efetivo, dos trabalhadores indispensáveis para responder às necessidades permanentes das escolas, tais como professores, auxiliares de educação, técnicos especializados, administrativos, terapeutas da fala, psicólogos, técnicos de psicomotricidade, entre outros, redução do número de alunos por turma visando a melhoria do processo de ensino.

Por tudo isso e por mais coisas reconheço a enorme coragem e determinação de todos aqueles que ano após ano contribuem para a formação das nossas crianças e jovens.
A todos desejo o ano letivo melhor possível

Humberto Faísca

19.09.2022 - 00:01

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.