Conta Loios

associativismo

Nos 170 anos comemorar a Classificação do Património Ferroviário do Barreiro
De Interesse Nacional e a implantação do Núcleo Museológico

Nos 170 anos comemorar a Classificação do Património Ferroviário do Barreiro <br />
De Interesse Nacional e a implantação do Núcleo MuseológicoRealizou-se no passado sábado 2 de Fevereiro, no Espaço L, Estação Ferroviária do Lavradio, uma expressiva e participada sessão comemorativa dos 160 anos da Viagem Inaugural da Linha Férrea do Sul, entre Barreiro e Vendas Novas, realizada a 2 de Fevereiro de 1859.

Nos 170 anos dos Comboios no Barreiro possamos já comemorar a Classificação do valioso Património Ferroviário do Barreiro como Património de Interesse Nacional e a implantação do Núcleo Museológico do Barreiro do Museu Ferroviário Nacional.

Viagem Inaugural a que D. Pedro V e Membros do seu Governo quiseram valorizar e dar ênfase através da sua participação. Uma extraordinária sessão que contou com distintos conferencistas que nos trouxeram importantes contributos para a História dos Caminhos de Ferro Portugueses, ilustradas com excelentes fotografias e imagens.
A Associação Barreiro-Património, Memória e Futuro, certa de interpretar a apreciação e gratidão de todos os presentes, agradece assim a presença e comunicações de:

Prof. Hugo Pereira do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia; Drª Ana de Sousa em representação da CP e da APAI (Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial) Arqª Paula Azevedo em representação da IP e da APAI Arqª Ana Rita, Idém Drª Carla Marina Santos em representação da Associação Barreiro-Património, Memória e Futuro.

Antes de entrar no Porto e Moscatel de Honra com que encerrou esta sessão evocativa, tempo ainda para formulação de dois votos para o Futuro do Barreiro e do seu Desenvolvimento:

- o primeiro, desejando que nos 170 anos dos Comboios no Barreiro possamos já comemorar a Classificação do valioso Património Ferroviário do Barreiro como Património de Interesse Nacional e a implantação do Núcleo Museológico do Barreiro do Museu Ferroviário Nacional.

- o segundo, desejando que, naquela data, possamos comemorar também o regresso dos Comboios do Sul, ao Barreiro e a sua afirmação como Eixo importante da ligação ferroviária Norte-Sul, tal como sonhado e decidido pelos ilustres governantes e visitantes da data que comemoramos.

Esta sessão comemorativa contou ainda com a visita de todos os participantes ao nosso Espaço Museológico onde puderam apreciar um (já) valioso acervo de instrumentos, equipamentos e memórias ferroviárias, que desejamos um dia ver integrado no Núcleo Museológico do Barreiro, do Museu Ferroviário Nacional.

Fonte - Associação Barreiro-Património, Memória e Futuro

04.02.2019 - 18:24

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.