Conta Loios

associativismo

Festas de Constância em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem
Clube Naval Barreirense presente em representação do Município do Barreiro

Festas de Constância em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem<br />
Clube Naval Barreirense presente em representação do Município do BarreiroApós um interregno de 10 anos, a representar o município do Barreiro, esteve o Presidente e mais um elemento da Direção do Clube Naval Barreirense (CNB) com uma embarcação catraio, intitulada Cidade do Barreiro

Decorreu na passada segunda-feira dia 22, em Constância, pelo 29º ano consecutivo mais uma grandiosa festa em honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, cuja tradição bicentenária engloba uma procissão que decorre nos rios Zêzere e Tejo, culminando com a bênção das embarcações, junto ao ponto de encontro destes dois rios, nesta bonita vila ribatejana, também apelidada de Vila Poema, pela presença marcante do poeta Luís Vaz de Camões, que por aqui terá vivido entre 1547 e 1550.

A devoção a Nossa Senhora da Boa Viagem em Constância está associada ao intenso tráfego fluvial de mercadorias que se fez durante séculos entre o porto desta vila e a capital. Dos perigos da navegação nasceu o apego dos marítimos à Mãe de Deus e a confiança na sua protetora intervenção.
Sendo cada vez mais necessárias as graças do Céu para os caminhos da terra do que para as viagens nos rios, a bênção estendeu-se também ao automóvel, a partir dos anos sessenta, realizando-se todos os anos na Praça Alexandre Herculano (uma das praças centrais da vila).

O essencial da Festa, o seu espírito, o seu sentido profundo é o mesmo de sempre. Mas foram sendo introduzidos diversos e variados novos elementos, para acompanhar a evolução dos hábitos e costumes.
A Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem está integrada nas Festas do Concelho e realiza-se todos os anos na 2ª feira a seguir à Páscoa

Este ano foi uma das festas mais participadas de sempre do ponto de vista da representação e participação no cortejo fluvial, com 19 municípios, sete juntas de freguesia, cinco corpos de Bombeiros, dois agrupamentos de Escuteiros e oito Associações e Centros Náuticos. Estiveram representados além dos concelhos limítrofes, Alcochete, Montijo, Moita, Barreiro, Seixal, Lisboa e Cascais, perfazendo cerca de 50 embarcações e 250 participantes.
Após um interregno de 10 anos, a representar o município do Barreiro, esteve o Presidente e mais um elemento da Direção do Clube Naval Barreirense (CNB) com uma embarcação catraio, intitulada Cidade do Barreiro.
A data de origem desta embarcação é desconhecida, mas vários estudiosos e entendidos da matéria, afirmam que remonta aos anos 50, pelas suas características de construção.

Pelo estado de degradação que atingiu, esta embarcação deixou de poder navegar e esteve cerca de 10 anos a ser reparada, num estaleiro especializado em Lisboa, mais concretamente no estaleiro do Mestre Fernando que com a participação do atual Presidente do CNB, Luís Fortes e com o apoio da Empresa Sota Voga, procederam à operação de restauro.

Por este motivo, durante este período de 10 anos, o município do Barreiro não foi representado nas Festas de Constância, regressando em 2019, com um catraio renovado e cheio de vontade de içar as velas e viajar.
Fica o agradecimento à Câmara Municipal do Barreiro, pelo apoio prestado na deslocação efetuada.

23.04.2019 - 16:00

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.