Conta Loios

autarquias

Barreiro - Programa de Ginástica Laboral na CMB
Destinado a Trabalhadores operacionais dos serviços com maior risco de contrair lesões

Barreiro - Programa de Ginástica Laboral  na CMB<br />
Destinado a Trabalhadores operacionais dos serviços com maior risco de contrair lesõesA constatação de um número excessivo de trabalhadores do Município com lesões musculoesqueléticas, resultado de acidentes de trabalho, suscitou a necessidade de, através do serviço de Saúde e Segurança no Trabalho, da Divisão de Recursos Humanos, da CMB, aprofundar o assunto e procurar possíveis causas do problema.

Pelo tipo de lesões e pelas funções desempenhadas pela maioria dos trabalhadores lesionados afigurou-se como principal causa a realização de esforços de forma inadequada e com os principais músculos ativados, na referida ação, sem terem o necessário aquecimento prévio.

A Câmara Municipal do Barreiro (CMB) deu início a um Programa de Ginástica Laboral, destinado, numa primeira fase – que se prolongará até maio de 2020 –, a Trabalhadores operacionais, nomeadamente dos serviços de Resíduos e Higiene Urbana; Águas e Saneamento; Manutenção dos TCB – Transportes Colectivos do Barreiro e Cemitérios, áreas com maior risco de contrair lesões.

A constatação de um número excessivo de trabalhadores do Município com lesões musculoesqueléticas, resultado de acidentes de trabalho, que, após períodos de recuperação e consequente apreciação pela Medicina do Trabalho, lhes é recomendado “trabalhos melhorados” – o que, em regra, leva ao encaminhamento para outras funções –, suscitou a necessidade de, através do serviço de Saúde e Segurança no Trabalho, da Divisão de Recursos Humanos, da CMB, aprofundar o assunto e procurar possíveis causas do problema.

Segundo o Vereador com o Pelouro dos Recursos Humanos, é uma constatação que o Município não pode continuar a ignorar: “Os Recursos Humanos deverão ter a formação adequada e as condições compatíveis com o tipo de trabalho, na atividade diária das suas funções; quer para evitar danos físicos, que possam afetar de forma permanente a sua qualidade de vida, como para evitar a redução dos meios humanos necessários para o desenvolvimento cabal das atividades do Município, por via de restrições ao desempenho das suas funções, que tem como consequência terem de passar a exercer outras funções, que satisfaçam a recomendação clínica de ‘trabalhos melhorados’”. “Teremos, então, como consequências, trabalhadores com limitações e a Câmara a ter de contratar outros para os substituir”, concretizou João Pintassilgo.

Pelo tipo de lesões e pelas funções desempenhadas pela maioria dos trabalhadores lesionados afigurou-se como principal causa a realização de esforços de forma inadequada e com os principais músculos ativados, na referida ação, sem terem o necessário aquecimento prévio.

O Plano consta de três aulas semanais no início do Turno da respetiva Equipa, durante 15 minutos, antes da jornada de trabalho e, já, equipados com o normal fardamento para o desempenho das suas funções. Sob orientação inicial de um Técnico de Preparação Física, e da equipa técnica do Serviço de Segurança e Higiene no Trabalho da CMB, são executados exercícios simples de aquecimento e relaxamento muscular.
Com a evolução do Plano, a sua aceitação e envolvimento dos trabalhadores, que já se verifica, prevê-se que de cada grupo venha a emergir um orientador natural nas sessões de Ginástica Laboral.

19.07.2019 - 01:02

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.