Conta Loios

autarquias

Barreiro é a primeira cidade na península ibérica
com incentivos às coberturas e paredes verdes

Barreiro é a primeira cidade na península ibérica <br />
com incentivos às coberturas e paredes verdes A aposta em práticas ambientalmente e energeticamente sustentáveis patente nos critérios para a concessão de incentivos ao investimento como a “concretização de coberturas e fachadas verdes”, é apenas um exemplo, ainda que inovador, do que a Autarquia decidiu introduzir neste documento de incentivo ao investimento.

O Barreiro é a primeira cidade na península ibérica com incentivos às coberturas e paredes verdes em Portugal, graças à inclusão de incentivos a este género de projetos, no atual Regulamento Municipal de Concessão de Incentivos ao Investimento, recentemente aprovado pelo Município.

A Autarquia que se tornou membro da Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV), teve a preocupação de incorporar neste documento, um conjunto de disposições que possam contribuir para um melhor desempenho ambiental.
A aposta em práticas ambientalmente e energeticamente sustentáveis patente nos critérios para a concessão de incentivos ao investimento como a “concretização de coberturas e fachadas verdes”, é apenas um exemplo, ainda que inovador, do que a Autarquia decidiu introduzir neste documento de incentivo ao investimento.

O regulamento contempla, entre outros aspetos, a aposta em “projetos de investimento associados a operações urbanísticas que se concretizem em obras de construção nova, e em obras de reabilitação do edificado que considerem a utilização de práticas como: privilegiar o uso eficiente de energia, de água, soluções para recolha e armazenamento de água da chuva e /ou que possibilitem a reutilização das águas.

Como um “passo importante que vai ao encontro das diretrizes europeias no que ao desenvolvimento ambientalmente sustentável das cidades diz respeito” é a forma como o Vereador responsável pelo Gabinete de Inovação, Desenvolvimento Económico e Turismo carateriza as novidades introduzidas no Regulamento de Incentivos ao Investimento. Para Rui Braga, “os investimentos em infraestruturas verdes têm potencial significativo para reforçar o desenvolvimento regional e urbano, inclusive pela manutenção ou criação de empregos”.
Neste âmbito, o Município sublinha ainda que está em cima da mesa o desenvolvimento de outros regulamentos municipais, que podem vir a considerar outras medidas “de apoio e/ou promoção de coberturas verdes e/ou jardins verticais”, assim como “taxas reduzidas aos particulares, sempre que sejam utilizadas práticas ambientalmente e energeticamente sustentáveis”.

Com o Regulamento Municipal de Concessão de Incentivos ao Investimento, em vigor, a Câmara Municipal do Barreiro não só procura criar oportunidades de negócio através de propostas de intervenção com impacto económico, cultural e social, mas também a requalificação dos espaços, assente numa estratégia de desenvolvimento sustentável, como são disso exemplo os corredores verdes, que responda às necessidades da população e do território.

Fonte - CMB

12.09.2019 - 00:11

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.