Conta Loios

autarquias

Barreiro - Aparecimento de uma cor esbranquiçada na água da torneira
É pontual e passageira e não afeta a qualidade da água

Barreiro - Aparecimento de uma cor esbranquiçada na água da torneira<br />
É pontual e passageira e não afeta a qualidade da água No âmbito das obras de construção que estão a decorrer no antigo campo do Luso, têm ocorrido vários constrangimentos e perturbações no normal fornecimento de água para consumo humano, devido há ocorrência de várias roturas na rede.

Estas anomalias provocaram a entrada de areias nas condutas, que apesar das purgas e limpezas executadas, acabaram por se alojar nas redes prediais. Esta situação faz com que os níveis de turvação na água alterem a coloração da mesma e o seu aspeto visual.

Esclarecimento sobre a cor e aspeto visual da água para consumo

A Câmara Municipal do Barreiro informa que devido a várias intervenções não programadas na rede de abastecimento de água, na Rua Miguel Bombarda e envolvente, no âmbito das obras de construção que estão a decorrer no antigo campo do Luso, têm ocorrido vários constrangimentos e perturbações no normal fornecimento de água para consumo humano, devido há ocorrência de várias roturas na rede, nesta zona de abastecimento, em que se englobam as freguesias do Barreiro, Alto de Seixalinho (zona baixa) e Verderena.

Estas anomalias provocaram a entrada de areias nas condutas, que apesar das purgas e limpezas executadas, acabaram por se alojar nas redes prediais. Esta situação faz com que os níveis de turvação na água alterem a coloração da mesma e o seu aspeto visual.
Pode também ocorrer em alguns casos devido ao mesmo motivo o aparecimento de uma cor esbranquiçada na água da torneira, a qual se deve à existência de ar dissolvido na água, com a formação de pequenas bolhas, que é originada, principalmente, por oscilações de pressão nas condutas.

Esta aparência é pontual e passageira, e não afeta a qualidade da água. Se deixar a água repousar por alguns instantes num copo ou jarro transparente, verá como a água volta a ficar límpida.
Importa por isso referir que esta situação nada coloca em causa a excelente qualidade da água para consumo humano fornecida por esta entidade e não tem qualquer problema de saúde pública.

Relembramos que os serviços responsáveis mantêm um residual de cloro na rede no limite máximo, recomendado também, pela Organização Mundial de Saúde, devido à situação de pandemia que vivemos e que tem como finalidade evitar contaminações da água ao longo da rede de distribuição até às torneiras dos consumidores.

A Câmara Municipal agradece a compreensão dos consumidores e garante que está a trabalhar para retomar o normal funcionamento do serviço.

Fonte - CMB

16.05.2020 - 14:09

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.