Conta Loios

autarquias

Moita - Esclarecimento sobre faturação de Água
As faturas da água foram baseadas em estimativas e não em leituras reais dos contadores.

Moita - Esclarecimento sobre faturação de Água<br />
As faturas da água foram baseadas em estimativas e não em leituras reais dos contadores. Os tarifários dos serviços de Água, Saneamento e Resíduos em vigor na Câmara Municipal da Moita não sofreram quaisquer alterações, pelo que o eventual aumento que se verifique no valor da fatura não é resultante de aumento dos valores das tarifas.

A crise decorrente da pandemia de COVID-19 obrigou ao Estado de Emergência, a 18 de março de 2020, seguindo-se o período de confinamento, de todos conhecido, que obrigou à interrupção das leituras de consumos nos contadores de água. Consequentemente, durante os meses de março, abril e maio, as faturas da água foram baseadas em estimativas e não em leituras reais dos contadores.

Durante este período, foi, inclusive, facilitado o acesso ao tarifário social, com a aceitação de uma declaração emitida pela Segurança Social / Entidade Patronal comprovativa da situação laboral, com referência ao valor mensal auferido.
O software utilizado pela Câmara Municipal da Moita para emissão das faturas da água, saneamento e resíduos é certificado, é fiável e devidamente testado pelos seus produtores e pelos muitos municípios que o utilizam. Quando não há leituras dos contadores, o software faz estimativas de consumo e o valor apresentado é calculado em função do histórico do consumo anterior.

Com o regresso dos serviços municipais ao seu normal funcionamento, foram efetuadas recolhas de leituras reais. Na fatura real, são abatidos os valores faturados anteriormente por estimativa, relativamente às tarifas variáveis. O valor do consumo apurado por período é dividido pelos diversos escalões, em cada período, refletindo sempre o consumo mais baixo. As tarifas fixas são sempre devidas mensalmente.

No caso em concreto, o período de consumo decorrido entre as duas leituras reais foi de 4 meses. Neste período, o primeiro escalão considera 20m3 em vez dos 5m3 mensais, o segundo escalão considera 40m3 em vez dos 10m3 mensais e assim sucessivamente, de acordo com o tarifário em vigor.

De acordo com o descrito, foi recolhida uma leitura presencial em junho, dando origem a uma fatura real onde irá ser refletido o acerto. O período de confinamento pode ter originado aumentos no consumo de algumas famílias. No entanto, os consumidores nunca serão prejudicados, podendo até ser beneficiados, caso o maior consumo tenha ocorrido num único mês.

Para que a fatura de água não reflita valores estimados, evitando-se a eventual acumulação de despesas, na mesma fatura, os consumidores devem comunicar mensalmente à Câmara Municipal a leitura do contador de água, por e-mail ou telefone, de acordo com a informação disponibilizada na própria fatura.

Contactos
Comunicação de Leituras: 800 502 443
E-mail: seccao.comercial.aguas@mail.cm-moita.pt

09.07.2020 - 16:48

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.