Conta Loios

autarquias

Câmara do Seixal exige ao Governo
suspensão da obra do Terminal Fluvial do Seixal

Câmara do Seixal exige ao Governo <br />
suspensão da obra do Terminal Fluvial do Seixal O presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, exigiu hoje, durante uma tribuna aberta que aconteceu junto ao Terminal Fluvial do Seixal, que "sejam suspensas as obras de substituição do pontão de embarque/desembarque, até que sejam encontradas alternativas que não prejudiquem a população".

O autarca acrescentou ainda que "não é admissível que se suspenda este serviço de transporte público essencial à população, ainda mais numa altura em que devido à pandemia é imprescindível que a segurança das populações esteja assegurada, pois a vida das pessoas está em primeiro lugar. Obrigar os utentes a despenderem ainda mais tempo nos transportes publicos para se deslocarem diariamente não é solução, como propõe o Governo com carreiras em autocarros para Cacilhas, pelo que exigimos que se adoptem soluções aceitáveis e só depois se retomem as obras".

O Presidente da Câmara Municipal do Seixal já solicitou uma reunião com carácter de urgência ao Ministro Matos Fernandes, que tutela a empresa de transporte fluvial Transtejo e se as obras não forem entretanto suspensas, vai estar na próxima segunda feira à porta do Ministério do Ambiente, exigindo soluções que afastem o encerramento do Terminal Fluvial do Seixal, acompanhado da Junta de Freguesia e da Comissão de Utentes dos Transportes da Margem Sul.


25.10.2020 - 17:15

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.