Conta Loios

autarquias

Centro de testes à Covid-19 dos municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra
Aumento de casos no ACES Arrábida exige espaço com melhores condições de atendimento

Centro de testes à Covid-19 dos municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra <br />
Aumento de casos no ACES Arrábida exige espaço com melhores condições de atendimento O centro de testes à Covid-19 e o atendimento a doentes respiratórios dos municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra funcionam a partir de segunda-feira em novas instalações, localizadas no Centro de Emprego e Formação Profissional de Setúbal.

O Centro de Diagnóstico Laboratorial à Covid-19 e o Atendimento a Doentes Respiratórios, transferidos do edifício da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de São Sebastião, em Vale do Cobro, são inaugurados uma semana depois do previsto, devido a atrasos de ordem técnica relacionados com a adaptação das instalações cedidas pelo IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional.

A inauguração, agendada para a próxima segunda-feira às 10h00, conta com a participação da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira.

O aumento dos casos de doença por Covid-19 levou o ACES Arrábida – Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida a solicitar apoio à Câmara Municipal de Setúbal e à Comissão Distrital de Proteção Civil para procurar um espaço mais amplo e com melhores condições de atendimento do que aquele que se encontrava localizado em Vale de Cobro.

A autarquia desenvolveu esforços para procurar novas instalações para o funcionamento do centro de testes à Covid-19 e para o atendimento a doentes com infeções respiratórias e solicitou ao Instituto do Emprego e Formação Profissional a cedência de um espaço no Centro de Emprego e Formação Profissional.

O novo ADR – Atendimento a Doentes Respiratórios tem capacidade para atender 216 doentes por dia, ou seja, o dobro dos atendimentos realizados na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de São Sebastião.

Os doentes com queixas do foro respiratório devem dirigir-se diretamente ao novo ADR, a partir de segunda-feira. No caso de se terem deslocado primeiro ao Centro Hospitalar de Setúbal, serão encaminhados para o ADR se no momento da triagem lhes tiver sido atribuída a pulseira verde ou azul, as menos urgentes da Triagem de Manchester.

O espaço foi alvo de obras de adaptação pela Câmara Municipal de Setúbal, designadamente a montagem de paredes divisórias de forma a criar uma zona isolada par evitar o contacto entre os utentes do atendimento e os funcionários e alunos do centro de formação.

De forma a garantir a segurança de todos, a autarquia criou, igualmente, condições para delimitar um parque de estacionamento e um acesso próprios, no lado da Rua da Azinhaga dos Trabalhadores, para serem utilizados apenas pelos utentes do ADR.

21.11.2020 - 00:24

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.