Conta Loios

autarquias

No Forum Barreiro vai estar patente ao público
Exposição itinerante «Seja um SUPERAMIGO. Lixo no esgoto, Não!»
• De 1 julho até 1 de agosto

No Forum Barreiro vai estar patente ao público <br />
Exposição itinerante «Seja um SUPERAMIGO. Lixo no esgoto, Não!»<br />
• De 1 julho até 1 de agosto Esta é uma iniciativa da SIMARSUL dirigida à comunidade da Península de Setúbal que chama à atenção para o impacto negativo que a colocação indevida de resíduos nas redes de saneamento tem no processo de tratamento e no funcionamento das infraestruturas de águas residuais.
A atividade do saneamento é indispensável para a saúde pública e para o ambiente na Península de Setúbal, na região, no mundo. Seja um Superamigo! Lixo no esgoto, Não!

O evento resulta da parceria entre o Município do Barreiro e a SIMARSUL.

De 1 julho até 1 de agosto, no Forum Barreiro, vai estar patente ao público a exposição itinerante “Seja um SUPERAMIGO. Lixo no esgoto, Não!”, que relata a história dos “nossos heróis”, trabalhadores dos sistemas de saneamento, que combatem os “monstros” feitos de lixo e gorduras que pessoas e indústrias colocam indevidamente nos órgãos das redes de esgotos. O evento resulta da parceria entre o Município do Barreiro e a SIMARSUL.

A Câmara Municipal do Barreiro, responsável pelo sistema municipal de águas residuais, alia-se à SIMARSUL - entidade responsável pelo sistema de transporte “em alta” e tratamento de águas residuais da região da península de Setúbal, na divulgação da campanha “Seja um SUPERAMIGO. Lixo no esgoto, Não!”

• Esta é uma iniciativa da SIMARSUL dirigida à comunidade da Península de Setúbal que chama à atenção para o impacto negativo que a colocação indevida de resíduos nas redes de saneamento tem no processo de tratamento e no funcionamento das infraestruturas de águas residuais.

• A colocação indevida de resíduos nas redes de saneamento, tais como : toalhitas, fio dental, cabelos, cotonetes, pensos higiénicos, tampões, preservativos, pensos rápidos, ligaduras, beatas, pastilhas elásticas, pequenos plásticos, medicamentos, óleos alimentares usados e restos de comida, juntam-se e provocam entupimentos das infraestruturas, em especial das estacões elevatórias e de tratamento de águas residuais, provocando o seu mau funcionamento, a sua deterioração, obrigando ao trabalho árduo e complexo de limpeza efetuado pelos trabalhadores do Município e da SIMARSUL, por forma garantir que as infraestruturas continuam a funcionar adequadamente e que o processo de tratamento é eficaz, evitando que esses resíduos sejam lançados para o rio.

• Ao não deitarmos lixo nos canos de esgoto da nossa casa já estamos a contribuir para um melhor ambiente e mais sustentável. Só depende de nós próprios!

• Para além da questão técnica e ambiental há também a questão económica. Todos podemos contribuir para que as infraestruturas funcionem adequadamente, evitando, portanto, custos extraordinários de limpeza e manutenção de redes e órgãos com entupimentos e deteriorados.

• Mas o trabalho dos nossos heróis não chega, e não é justo depositar sobre eles a tarefa que cabe a cada um de nós. Sejamos então - os SUPERAMIGOS - não deitando lixo no esgoto e não fazendo da sanita um caixote do lixo!

• A atividade do saneamento é indispensável para a saúde pública e para o ambiente na Península de Setúbal, na região, no mundo.

• Seja um Superamigo! Lixo no esgoto, Não!

26.06.2021 - 14:29

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.