Conta Loios

autarquias

Cidade de Setúbal a malha urbana e estratégias de modernização
Seminário: «A Cidade e o Urbanismo. Do Presente ao Futuro»

Cidade de Setúbal a malha urbana e estratégias de modernização<br />
Seminário: «A Cidade e o Urbanismo. Do Presente ao Futuro» A cidade de Setúbal e a respetiva malha urbana, com enfoque nas estratégias de modernização por que está a passar, estão em análise, a 27 de julho, num seminário a realizar no Fórum Municipal Luísa Todi.

“A Cidade e o Urbanismo. Do Presente ao Futuro” é o tema do evento, criado com o objetivo de discutir os principais desafios urbanísticos que se colocam à cidade de Setúbal e de dar a conhecer o trabalho desenvolvido pelo município em matéria de urbanismo e ordenamento do território.

De caráter abrangente, o encontro dirige-se a técnicos, especialistas, empresas e a todos os interessados na temática.

“A Cidade e o Urbanismo. Do Presente ao Futuro”, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, é de participação gratuita, sendo necessária a realização de inscrição através do endereço durb.direcao@mun-setubal.pt.

O programa do seminário tem início às 10h00, com a sessão de abertura a cargo da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira.

Segue-se, às 10h25, a apresentação “Revisão do PDM de Setúbal – Uma nova estratégia de desenvolvimento territorial”, pelo chefe da Divisão de Planeamento Urbanístico da Câmara Municipal de Setúbal, Vasco Raminhas da Silva.

O seminário “Setúbal – A Cidade e o Urbanismo. Do Presente ao Futuro”, moderado, da parte da manhã, pelo diretor do jornal O Setubalense, Francisco Alves Rito, prossegue às 10h45 com “A estratégia de regeneração urbana para a frente ribeirinha de Setúbal”, momento conduzido pela diretora do Departamento de Urbanismo do município, Rita Carvalho.

O programa inclui, às 11h20, uma intervenção do chefe da Divisão de Mobilidade e Transportes da Câmara Municipal de Setúbal, José Miguel Madeira, que apresenta “Mobilidade – uma Cidade para tod@s!”, e, às 11h40, uma alocução de Paula Teles, da empresa mpt – Mobilidade e Planeamento do Território, sobre “Setúbal – Uma cidade de excelência”.

O seminário é retomado às 14h30, com a apresentação “Riscos e Planeamento Municipal: Conhecer, Prevenir e Valorizar o Território”. A exposição é conduzida por José Luís Zêzere, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território.

“A transformação de uma bacia de retenção num parque urbano”, pelo coordenador do Gabinete de Imagem e Requalificação Urbana da Câmara Municipal de Setúbal, Nuno Viterbo, é a apresentação seguinte, prevista para as 14h50.

Segue-se, às 15h10, “SUOPG 20.23, um desígnio para o futuro de Setúbal”, conduzido por Luís Jorge Bruno Soares, da Bruno Soares Arquitetos.

A chefe do Gabinete das Áreas de Reabilitação Urbana da Câmara Municipal de Setúbal, Rita Barreiro, fala, a partir das 15h45, sobre “O Centro Histórico de Setúbal – Da reabilitação à regeneração urbana”.

“A implementação do SIG no município de Setúbal – Evolução, desafios e ambições” é o título da última apresentação do encontro. O momento é apresentado por Sónia Bronze, do Gabinete do Sistema de Informação Geográfica e Toponímia da Câmara Municipal.

A sessão de encerramento do seminário, moderado da parte da tarde pelo diretor do jornal Sem Mais, Raúl Tavares, está agendada para as 17h00 com intervenções do vice-presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Manuel Pisco Lopes.

O evento terá lugares reservados de acordo com as normas de segurança da Direção-Geral da Saúde no âmbito da contenção da pandemia covid-19.

Fonte - CMS

20.07.2021 - 09:29

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.