Conta Loios

autarquias

Presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta
Resultados desmentem todos aqueles que procuram diminuir o progresso do concelho do Montijo

Presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta<br />
Resultados desmentem todos aqueles que procuram diminuir o progresso do concelho do Montijo . Prestação de Contas Consolidada foi aprovada com 3 votos a favor do PS e 3 abstenções (2 da CDU e 1 do PSD).

Na apresentação da Prestação de Contas Consolidadas do grupo municipal, o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, destacou o momento “em que se avaliam as escolhas políticas do município, e do respetivo grupo municipal, sem esquecer que tivemos perante sucessivas vagas de pandemia, que assolaram o concelho e que obrigaram a medidas e políticas, que salvaram vidas e combateram o agravamento da crise económica e social”.

O grupo municipal é constituído pela Câmara municipal do Montijo, pelos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Montijo e pela Associação para a Formação Profissional e Desenvolvimento do Montijo sendo a entidade consolidante a Câmara Municipal e o método utilizado para esta consolidação o da agregação.
Neste documento explicou o presidente “tanto ao nível dos gastos e dos rendimentos, como dos ativos e passivos a Câmara Municipal do Montijo e os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento assumem um peso muito significativo neste grupo tendo a AFPDM uma expressão residual.”

Em termos financeiros, relativamente à execução orçamental, a receita total do grupo municipal foi de 65,5 milhões de euros e a despesa total realizada, pelo grupo, foi de 54,3 milhões de euros. Apesar da política de abaixamento de impostos, definida para famílias e empresas, durante o ano de 2021, verificou-se um resultado líquido do período positivo no valor de 1.236.154,37€.

No final do exercício de 2021, o saldo do grupo municipal de Montijo, para a gerência seguinte foi de 11.223.599,18€.
Quanto à posição financeira, o ativo do grupo municipal no ano de 2021 totalizou 273.484.284,43€, enquanto o passivo do grupo, por outro lado, é de 15,8 milhões de euros.
O presidente salientou que “os resultados que são apresentados, em todo o grupo municipal, permitem o prosseguimento da estratégia de desenvolvimento do concelho do Montijo e também desmentem todos aqueles que procuram diminuir o progresso do concelho do Montijo”.

O autarca sublinhou que “a excelência dos resultados obtidos tem a marca do rigor, da transparência, da seriedade das contas certas, do pagamento ‘a tempo e a horas’ a fornecedores e empreiteiros” e destacou que “ao mesmo tempo que reduzimos a dívida, para os valores mais baixos de sempre, conseguimos também diminuir ou pelo menos autolimitar a nossa receita, baixando os impostos e as taxas municipais, utilizando uma política orçamental contra cíclica, aplicando de receita própria e aumentando as despesas de investimento previsto para as infraestruturas municipais”.

A Prestação de Contas Consolidada foi apresentada na reunião de câmara realizada a 15 de junho e foi aprovada com 3 votos a favor do PS e 3 abstenções (2 da CDU e 1 do PSD).

Fonte - CMM

16.06.2022 - 22:50

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.