Conta Loios

autarquias

Moita - Campanha de sensibilização sobre o abandono de animais de estimação
Peça a um familiar ou amigo que fique com o animal

Moita - Campanha de sensibilização sobre o abandono de animais de estimação<br />
Peça a um familiar ou amigo que fique com o animal O abandono de animais de estimação – por norma, animais muito sensíveis e dedicados – é uma ação condenável, equiparada a crime de maus tratos, e está sujeita a coimas elevadas ou mesmo pena de prisão.

A Câmara Municipal da Moita tem em curso uma campanha de sensibilização sobre o abandono de animais de estimação.
Com o aproximar das férias, muitos animais de companhia são vítimas de abandono e negligência, como se fossem objetos descartáveis. Os números são chocantes: em Portugal, todos os verões, cerca de 30 mil animais, sobretudo cães, são abandonados pelos seus donos no período das férias.

A adoção de um animal de estimação implica a responsabilização dos detentores que devem assegurar os seus cuidados básicos (abrigo, alimentação, higiene, assistência veterinária), bem como o cumprimento de todas as obrigações legais, dependendo da espécie, nomeadamente identificação eletrónica, registo e licença.

O abandono de animais de estimação – por norma, animais muito sensíveis e dedicados – é uma ação condenável, equiparada a crime de maus tratos, e está sujeita a coimas elevadas ou mesmo pena de prisão.

Com a atual campanha, o Município pretende alertar para esta realidade e apelar à cidadania, conjugando a utilização de meios de comunicação digitais e suportes informativos no espaço urbano.

Se vai de férias e tem um amigo de quatro patas, pense nestas alternativas:

- Procure um alojamento que aceite animais;
- Peça a um familiar ou amigo que fique com o animal;
- Procure um hotel para animais (existem muitos autorizados pela Direção Geral de Agricultura e Veterinária) ou uma associação de proteção animal.

18.07.2022 - 16:32

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.