Conta Loios

autarquias

Terreno para Igreja Cigana de Portugal na Moita
Contribuir para um desenvolvimento social no seio da etnia cigana

Terreno para Igreja Cigana de Portugal na Moita<br>
Contribuir para um desenvolvimento social no seio da etnia cigana A Câmara Municipal da Moita formalizou ontem, dia 1 de Junho, um contrato de cedência de terreno em direito de superfície, a título gratuito, com a Igreja Evangélica Filadélfia Cigana de Portugal, de um lote de terreno com uma área de 180m2, sito na Rua dos Sobreiros – Vale do Trabuco, na freguesia do Vale da Amoreira, avaliado em 51 500 euros, destinado à construção de um local de culto religioso e de instalações para funcionamento e desenvolvimento de actividades comunitárias, que deverá ficar concluído no prazo de cinco anos.

Durante a assinatura, o presidente da Câmara Municipal da Moita, João Lobo, salientou a “sensibilidade da Câmara Municipal relativamente à existência de uma comunidade cigana na freguesia do Vale da Amoreira e a sua vontade em trabalhar em conjunto com a igreja, no esforço necessário para a resolução de problemas actuais e futuros”. Reafirmou também a intenção da Câmara Municipal em “estabelecer protocolos de cooperação com vista ao acompanhamento dos problemas e gestão de conflitos, contribuindo para um desenvolvimento social e educacional no seio da etnia cigana, conforme acontece já em vários municípios da Área Metropolitana de Lisboa e na Margem Sul do Tejo (Seixal, Setúbal) ”.

2.6.2011 - 13:16

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.