postais

Barreiro - Jorge Espirito Santo afirma
Nos primeiros meses de 2015 morreram mais 6000 pessoas que no mesmo período do ano passado

Barreiro - Jorge Espirito Santo afirma <br />
Nos primeiros meses de 2015 morreram mais 6000 pessoas que no mesmo período do ano passado <br />
Ontem à noite, no decorrer da reunião do Observatório Municipal de Saúde do Barreiro, aberta à população, Jorge Espirito Santo, médico, afirmou que – “o número de pessoas que morreram, nestes primeiros meses de 2015, são mais 6.000 que os números do ano passado, no mesmo período”.

Jorge Espirito Santo, prestigiado médico de oncologia, alertou para o facto de a “legislação que tem sido produzida” contribuir para “desarticular todas as áreas do Serviço Nacional de Saúde”.
Expressou a sua preocupação sobre a situação que se vive no Serviço Nacional de Saúde e considerou se necessário – “a mobilização dos cidadãos, do Barreiro e em muitos outros sítios”.
Alertou par o aumento de mortes, em Portugal, que se registaram nos primeiros meses do ano 2015, em número superior de 6.000, comparativamente aos números registados no ano 2014.

11.04.2015 - 20:02

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.