Conta Loios

postais

Barreiro – Aprovada cedência de terreno ao Colégio Minerva
Para construção de Pavilhão Desportivo junto ao Parque da Cidade

Barreiro – Aprovada cedência de terreno ao Colégio Minerva<br>
Para construção de Pavilhão Desportivo junto ao Parque da Cidade<br>
A proposta de cedência de uma parcela de terreno de 1.640 m2, ao Colégio Minerva, em direito de superfície, por 50 anos, foi aprovada, em reunião da Câmara Municipal do Barreiro, com os votos favoráveis do PS e PSD, e a abstenção da CDU.

Rui Braga, vereador do Planeamento, apresentou, ontem, na reunião da Câmara Municipal do Barreiro a proposta de celebração de um protocolo com o Colégio Minerva, visando a cedência de uma parcela de terreno, em direito de superfície, por 50 anos, destinado à construção de um Pavilhão Desportivo.
O terreno está localizado perto da entrada do Parque da Cidade, junto à Escola Secundária de Casquilhos.

Segundo Rui Braga, a construção do Pavilhão Desportivo, que será destinado no período diurno à prática desportiva dos alunos do Colégio, mas que no período nocturno e aos fins de semana vai estar ao serviço de clubes da comunidade, obteve parecer favorável, quer por parte da APA – Agência Portuguesa do Ambiente, quer da CCDR de Lisboa e Vale do Tejo.

Paulo André, CDU, colocou dúvidas se a construção do Pavilhão pelo Colégio Minerva, poderia inviabilizar a futura construção de um pavilhão para a Escola Secundária de Casquilhos, que carece deste equipamento desportivo, e, interrogou se a escola foi consultada sobre este processo.

Rui Braga, esclareceu que este projecto é de iniciativa provada e não retira nada à Escola de Casquilhos.

Sara Ferreira, vereadora da área do desporto, sublinhou que este equipamento é de grande importância, porque há muita carência de espaços para os clubes.

José Paulo Rodrigues, PSD, salientou que a oferta de equipamentos desportivos no concelho é carente, particularmente para as práticas desportivas colectivas femininas, nesse sentido, expressou a sua satisfação por surgir mais esta oportunidade.

A proposta foi aprovada com quatro votos favoráveis do PS e PSD, e quatro abstenções da CDU.
Rui Braga não votou a proposta, por ter familiares a estudar naquele estabelecimento de ensino privado.

04.04.2019 - 12:21

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.