Conta Loios

postais

As intervenções de socorro no município do Barreiro
No ano de 2018 rondaram as 10 783 saídas
. Um fluxo de serviço muito elevado

As intervenções de socorro no município do Barreiro<br>
No ano de 2018 rondaram as 10 783 saídas <br>
. Um fluxo de serviço muito elevado . No Presidente da Câmara recai a responsabilidade de garantir a JUSTIÇA e a IGUALDADE de tratamento entre os dois Corpos de Bombeiros

"Quem defende que os Corpo de Bombeiros deveriam ESPECIALIZAR-SE em áreas diferentes", segundo foi referido por José Figueiredo, Comandante dos Bombeiros Voluntários do Barreiro - Corpo de Salvação Pública, no Dia do Bombeiro, defende um "conceito que é contraproducente num município que lutou tanto para ter duas EIP e duas viaturas INEM ao serviço da população".

Divulgamos a intervenção do Comandante José Figueiredo, dos Bombeiros Voluntários do Barreiro - Corpo de Salvação Pública, no decorrer da sessão das comemorações do Dia Municipal do Bombeiro do Barreiro, realizada no dia 8 de Junho, no Largo do Mercado 1º de Maio.

Bombeiros Voluntários do Barreiro C.S.P.
Dia Municipal do Bombeiro
8 de junho 2019

As comemorações do Dia Municipal do Bombeiros são o momento do justo reconhecimento do esforço de todas as mulheres e homens que asseguram o socorro à população barreirense 24 horas por dia, nos 365 dias do ano.
É inquestionável o PROFISSIONALISMO e a PRONTIDÃO que os nossos bombeiros apresentam em cada missão que lhes é confiada. Por esse motivo, nunca é demais agradecer-vos, Bombeiros e Bombeiras, como também às vossas famílias pelo impacto que esta actividade tem vosso dia-a-dia e, muitas vezes, no bem estar pessoal e familiar.

Mas se hoje é dia de agradecer, julgo que seja também a melhor altura para prestar alguns ESCLARECIMENTOS, já que existe muito RUÍDO sobre os bombeiros, que em nada é benéfico à tranquilidade necessária para prestação de socorro.

Em primeiro lugar, esclarecer que os Corpos de Bombeiros são UNIDADES OPERACIONAIS oficialmente homologadas e tecnicamente organizadas, preparadas equipadas para a resolução das missões atribuídas.

Em segundo lugar, esclarecer o que constitui a MISSÃO dos Corpos de Bombeiros:

1. a PREVENÇÃO e o COMBATE a incêndios;

2. o SOCORRO às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos e a todas as catástrofes de um modo geral;

3. o socorro a NÁUFRAGOS e buscas SUBAQUÁTICAS

4. o socorro e transporte de acidentados e doentes, incluindo a URGÊNCIA PRÉ HOSPITALAR , no âmbito do sistema integrado de EMERGÊNCIA MÉDICA;

5. E por fim, a emissão de PARECERES, a FORMAÇÃO e o dever de COOPERAÇÃO com os serviços municipais de proteção civil.

Julgo que este esclarecimento seja suficiente para clarificar quem defende que os Corpo de Bombeiros deveriam ESPECIALIZAR-SE em áreas diferentes, conceito que é contraproducente num município que lutou tanto para ter duas EIP e duas viaturas INEM ao serviço da população.

...E, utilizando uma frase do nosso Ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita, proferida no último dia 1: “Há que perceber quem está na primeira frente da resposta aos riscos locais, que são os BOMBEIROS”.

Nesse sentido, e tendo a consciência de que o município não possui os 2 milhões e novecentos mil euros de custo anual para manter, por exemplo, a Companhia de Sapadores de Setúbal em prontidão, então há que ser RIGOROSO e JUSTO na gestão de fundos, de modo a equipar os TODOS os operacionais com os meios adequados para os riscos que enfrentam diariamente e, com isso, garantir a segurança efetiva dos Bombeiros.

Isto porque, no ano de 2018, as INTERVENÇÕES DE SOCORRO no município do Barreiro rondaram as 10 783 saídas, o que corresponde a uma MÉDIA DIÁRIA de 29,54 de saídas, o que representa um fluxo de serviço muito elevado e um desgaste acrescido nos recursos materiais, não existindo, por vezes, capacidade para a sua reparação e manutenção....

Já no decorrer deste ano, os valores apresentados até à data, são fortes indicadores de que o número do ano 2018 será superado... Isto representa que temos que estar cada vez mais atentos e preparados para os diversos pedidos de socorro que possam ocorrer, não esquecendo que, nos últimos anos, a frequência de eventos relacionados com as CONDIÇÕES METEREOLÓGICAS ADVERSAS sofreu um aumento significativo.

Não posso deixar de elogiar todos os operacionais que nos dias 28, 29, 30 e 31 de maio estiveram envolvidos no exercício CASCADE19.
Reconheço que foi um ESFORÇO SUPLEMENTAR e espero que os Relatórios de Avaliação nos possam trazer indicações para o melhoramento de todo o sistema de Proteção Civil.

Mas o CASCADE já terminou e agora estamos já no nível III de empenhamento do DECIR19. Neste último domingo, por exemplo, os bombeiros do município do Barreiro foram chamados a intervir em incêndios ocorridos no Pinhal Novo (Olhos de Água) e na Moita... É de EXTREMA IMPORTÂNCIA o cumprimento das regras de segurança e temos que ser capazes de reduzir os acidentes com os bombeiros, porque nenhuma árvore vale uma vida humana.

Para finalizar, nunca é demais voltar agradecer e reconhecer o papel de extrema importância das FAMÍLIAS dos nossos bombeiros. Muito obrigado!
Aos CONDECORADOS, que a coragem que vos acompanhou nestes 10 e 20 anos, nunca vos abandone e aos RESTANTES BOMBEIROS, que façam e que dêem o melhor de cada um para a proteção da vida, defesa do património e do meio ambiente.

Exº Sr Presidente da Câmara, sabemos que o caminho se faz caminhando, e sabemos que está consciente que recai sobre si a responsabilidade de garantir a JUSTIÇA e a IGUALDADE de tratamento entre os dois Corpos de Bombeiros. Esse é o seu trabalho... O meu, é garantir que a população barreirense seja socorrida e isso está nas mãos competentes da maior força da Proteção Civil do nosso país: os Bombeiros.

O Comandante
José António Pires Figueiredo

10.06.2019 - 00:09

Imprimir   imprimir

PUB.

PUB.





Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design. Fotografia e Textos: Jornal Rostos.
Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.