Conta Loios

postais

Barreiro - Rotunda na Fuzileiros Navais/Capitães de Abril
Cedência de terreno permite avançar construção

Barreiro - Rotunda na Fuzileiros Navais/Capitães de Abril <br />
Cedência de terreno permite avançar construção<br />
. Obra deverá arrancar no 1º trimestre de 2020

Na reunião de Câmara foi aprovada por unanimidade a aceitação da cedência de 147 m2 de terreno que permite avançar com a construção da rotunda na Avenida dos Fuzileiros Navaias – Rua Capitães de Abril, na Quinta da Lomba.

Rui Braga, vereador da área do Planeamento apresentou a proposta de acordo com um privado de cedência de terreno que vai contribuir para dar resposta a “uma velha ambiação da população” de se construir a rotunda na zona junto ao actual LIDL, na Quinta da Lomba.
O autarca sublinhou que esta cedência de terreno que permite as soluções técnicas para enquadramento da rotunda, “não tem ónus, para já para o municipio” que fica com “uma autorização para poder utilizar o território para construção da via e passeio.
Esclareceu que posteriormente, em sequência de uma “futura operação urbanistica”, este terreno virá para a posse do dominio público da autarquia.

É mesmo uma rotunda

Bruno Vitorino, PSD, considerou que esta é uma obra fundamental numa das entradas do Barreiro para a parte mais urbana.
Referiu que, por várias vezes tinha falado dessa necessidade, uma prioridade quer por razões de segurança, quer por fluidez de trânsito.
“É um passo importante e pelos desenhos que vejo, até é mesmo uma rotunda”, disse.

Lançar concurso até ao final de 2019

Uma obra que está calculada entre 350 a 400 mil euros, uma estimativa, que deverá ter projecto concluído até ao final do ano, sendo lançado o concurso até ao final de 2019, prevendo-se o arranque da obra no 1º trimestre de 2020, segundo divulgou o vereador Rui Braga.
Salientou que a obra não terá apenas a sua intervenção à superfecie, estando prevista a solução de problemas que estão sendo identificados ao nível das redes de saneamento.
Existe a intenção do projecto de arquitectura será realizado pelos serviços da autarquia.

Uma rotunda há muito tempo pensada

Sofia Martins, CDU, salientou que esta é uma rotunda há muito tempo pensada, num cruzamento com nível de conflitualidade de trânsito, cuja construção vai beneficiar a população.
Valorizou o trabalho realizado para se chegar ao acordo, e, sublinhou que teria sido importante a vereação ter sido informada previamente do acordo e do processo.

A proposta foi aprovada por unanimidade.

08.08.2019 - 20:25

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.