Conta Loios

postais

Hoje foi tema de reflexão...dá para pensar Barreiro
O que se passa hoje nas redes sociais já é de molde a suscitar enorme inquietação

Hoje foi tema de reflexão...dá para pensar Barreiro<br />
O que se passa hoje nas redes sociais já é de molde a suscitar enorme inquietação<br />
. A discussão racional e eticamente elevada parece ter dado lugar a uma verdadeira cloaca de impropérios

Francisco Assis, eurodeputado do Partido Socialista, hoje, num textp publicado no jornal «Público» sublinha que – “a mistura das verdades alternativas com as fake news constitui uma ameaça essencial às democracias”.

“O que se passa hoje nas redes sociais já é de molde a suscitar enorme inquietação”, sublinha e acrescenta – “constitui um clamoroso erro pensar que só a extrema-direita detém culpas no cartório neste domínio”.

No seu texto, Francisco Assis, salienta que – “a mistura das verdades alternativas com as fake news constitui uma ameaça essencial às democracias. As democracias só podem sobreviver se as instituições políticas que as conformam estiverem alicerçadas num permanente diálogo intersubjectivo que, obviamente, só é possível na presença de referências factuais precisas. De outro modo entraremos no terreno pantanoso das proclamações proféticas, dos insultos desvairados, no culto dos identitarismos tribalistas, na apologia desregrada de irracionalismos de toda a espécie. Com tantos demónios à solta será impossível o mais pequeno debate democrático.”
Uma verdadeira cloaca de impropérios
Por outro lado refere que – “O que se passa hoje nas redes sociais já é de molde a suscitar enorme inquietação. A ideia de um espaço público enquanto instância de acolhimento e de promoção de uma discussão racional e eticamente elevada parece ter dado lugar a uma verdadeira cloaca de impropérios, de boçalidades e de crueldades. A coisa é de tal ordem que pode conduzir a um verdadeiro questionamento sobre a real dimensão do mal e da estupidez no seio da Humanidade. A partir daí poderão mesmo surgir teorias assentes no questionamento da vocação humana para a prática democrática. Não seria nada estranho que ressurgissem teses preconizando a necessidade de restauração de um modelo elitista de condução das sociedades dotado de características precariamente democráticas.”

Salienta Francisco Assis que – “constitui um clamoroso erro pensar que só a extrema-direita detém culpas no cartório neste domínio. É certo que as tem e que lhe serão mesmo consubstanciais. As responsabilidades, contudo, estão muito repartidas abarcando todos os segmentos políticos e sociais. Vivemos tempos dados à exaltação de fanatismos de diferentes orientações.”
Leio este texto, enquanto estou sentado na Avenida da Praia a olhar o Tejo. Penso, de facto, este texto, permite também..dá para pensar Barreiro.
Até já, divirtam- se!

S.P.

05.09.2019 - 20:24

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.