Conta Loios

postais

Na Divisão de Policia de Segurança Pública do Barreiro
«Temos condições dignas para acolher vitimas de violência doméstica»

Na Divisão de Policia de Segurança Pública do Barreiro<br>
«Temos condições dignas para acolher vitimas de violência doméstica». Divisão da Policia do Barreiro, tem excelentes profissionais

. Um caso de violência doméstica que seja é demasiado

No âmbito do «Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade», que envolve a vertente de Escola Segura e o acompanhamento de casos de violência doméstica - de crianças, idosos e mulheres –, existe uma estratégia de intervenção, e, neste caso da violência doméstica, estão criadas condições com dignidade de acolhimento das vitimas na Esquadra do Barreiro.

A propósito de uma reportagem do jornal «Rostos», onde foi referido a inexistência de condições de acolhimento na esquadra do Barreiro das vitimas de violência doméstica, hoje, no âmbito de uma visita que efectuámos às instalações verificamos que existem duas salas destinadas ao acolhimento, com privacidade, das vitimas de violência doméstica.
Existem na divisão duas salas e agentes que integram «Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade», que são a base de apoio a vitimas de violência doméstica, sejam crianças, idosos ou mulheres.

Um caso que seja é sempre um motivo de preocupação

O Comissário Reinaldo Canado, sublinhou que sempre existiu na esquadra esta instalação, embora com outras condições, agora, o que se procurou fazer, mais recentemente, foi adequar o espaço e “dar dignidade”.
No breve diálogo que mantivemos com o Comissário Reinaldo Canado, salientou que “há muitos casos de violência doméstica no Barreiro – “felizmente não são situações graves”, disse.
“Um caso que seja é demasiado. Um caso que seja é sempre um motivo de preocupação”, sublinhou.

Esta é a minha cidade

O Comissário Reinaldo Canado exerce as funções de responsável da Divisão da Policia de Segurança Pública do Barreiro, há cerca de um ano. É um homem do norte, da zona de Trás-os- Montes.
“Esta é a minha cidade”, referiu no decorrer da vista numa troca de palavras sobre o Barreiro, acrescentando que – “a Divisão da Policia do Barreiro, tem excelentes profissionais”, e, aqui no Barreiro, salientou, as pessoas olham para a Policia, não como um agente repressivo, mas como alguém que está sempre disponível.

02.10.2019 - 14:44

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.