Conta Loios

postais

Barreiro - Bruno Vitorino, Vereador do PSD
Repudia projecto profissional nas redes sociais que ataca carácter das pessoas
. Cobardes da vida politica e pública

Barreiro - Bruno Vitorino, Vereador do PSD<br />
Repudia projecto profissional nas redes sociais que ataca carácter das pessoas<br />
. Cobardes da vida politica e pública<br />
. CDU afirma distanciamento politico, ideológico, comportamental e ético

Na reunião da Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, vereador do PSD, sublinhou que as redes sociais, nos dias de hoje, são o “espaço por excelência”, onde os “cobardes da vida pública” e “cobardes da politica”, a coberto do anonimato, atacam o carácter, a credibilidade e a seriedade das pessoas.

“Repudio de forma veemente, esse tipo de comportamento, dessa gente que considero cobarde”, disse Bruno Vitorino.

O Vereador social democrata lançou um apelo a todos os “verdadeiros democratas, não aqueles que falam de democracia, mas aqueles que a praticam, que se juntem a mim, porque esse projecto profissional é uma coisa do mais atroz, do mais cobarde que já alguma vez vi na nossa democracia”.

Bruno Vitorino referiu que tem sido alvo, como foram outros, de um ataque vil, cobarde, por parte de quem se entretém nas redes sociais, através de projectos “mais ou menos afectos a partidos politicos”, a atacar o carácter, a atacar a seriedade, a atacar a credibilidade das pessoas, “sem que as pessoas tenham qualquer tipo de defesa”.

“Repudio de forma veemente, esse tipo de comportamento, dessa gente que considero cobarde”, disse Bruno Vitorino, acrescentando – “para já fica só o veemente protesto”.
O autarca salienta que esse projecto é concretizado de “forma profissional e organizada”.

O vereador social democrata referiu que ali, na reunião de Câmara, - “falamos olhos nos olhos uns com os outros”, existindo ou não concordância.
O que acontece no projecto ao qual se refere que existe nas redes sociais – “é uma coisa cobarde”, porque está sempre escondido e através do anonimato – “persegue cidadãos barreirenses, persegue eleitos barreirenses”, enquanto, ao mesmo tempo – “promove outros cidadãos barreirenses e alguns partidos politicos”.
Bruno Vitorino considera que esse projecto organizado, profissional – “é a forma mais vil e cobarde que está na vida pública” do concelho do Barreiro.

Distanciamento politico, ideológico, comportamental e ético

Rui Lopo, vereador da CDU, referiu que os eleitos do PCP e de «Os Verdes» - “fazemos quase nossas as palavras de Bruno Vitorino, quanto ao distanciamento politico, ideológico, comportamental e ético”, sobre os aspectos referenciados pelo autarca social democrata.
“Nós não nos revemos nesse tipo de intervenção politica, partidária que vai correndo nas redes sociais”, disse.
O autarca da CDU salientou que este tipo de intervenção afecta a democracia é contribui para que certas forças politicas obtenham representatividade na Assembleia da República.

Coragem para falar nos olhos e debater ideias.

Frederico Rosa, associou-se na «totalidade» ao que disse Bruno Vitorino, sublinhando o “flagelo que as redes sociais vieram trazer”, porque, esse é um espaço “onde toda a gente pode criar uma página e a coberto do anonimato atacar tudo e todos”.
“Eu sei bem do que falo”, disse.
O edil, sublinhou, que estas situações, merecem o combate de todos, daqueles que têm coragem para falar nos olhos e debater ideias.
“Enquanto o caminho for atacar pessoas infelizmente vamos ter sempre este tipo de atitudes”, afirmou.

Profissionalismo que se nota está por trás do projecto

Bruno Vitorino, esclareceu que com a sua intervenção, visava falar de um projecto concreto – “a diferença que tem em relação ao que o presidente, agora disse, é só uma, o profissionalismo que se nota está por trás daquele projecto”.
Acrescentou que, as suas palavras, também se aplicam áquilo que o presidente “já foi vitima”, tendo na altura expressado a sua solidariedade, com matérias publicadas também vergonhosas.
O vereador social democrata, sublinhou que a sua intervenção era a propósito do projecto que existe, que em relação a outros, este tem, por trás uma lógica – “quase profissional”.

Bruno Vitorino sublinhou que em relação a este projecto, que motivou a sua intervenção – “é importante perceber o que é que ele representa, quem é que representa”.

17.10.2019 - 21:31

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.