Conta Loios

postais

Barreiro – Presidente da República atribuiu à Associação Cultural Ephemera
As insígnias de membro honorário da ordem de Mérito

Barreiro – Presidente da República atribuiu à Associação Cultural Ephemera<br />
As insígnias de membro honorário da ordem de Mérito<br />
Hoje à tarde, no decorrer da cerimónia de inauguração do Armazém 2, da Associação Cultural Ephemera, no Parque Empresarila da Baía do Tejo, no Barreiro, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, atribuiu à associação as insígnias de membro honorário da ordem de Mérito.

Esta cerimónia de inauguração do Armazém da Ephemera, no Barreiro, marcou o encerramento do programa das comemorações do 10º aniversário da associação que, registe-se, foi distinguida como «Rosto do Ano – 2018», na área da Cultura.
A condecoração foi entregue por Marcelo Rebelo de Sousa a José Pacheco Pereira, o rosto público e fundador da associação cultural Ephemera, que conta actualmente com 150 voluntários e também cerca de 300 associados.
Marcelo Rebelo de Sousa, salientou que o trabalho da Ephemera é o “triunfo de um colectivo” que dá um contributo e ajuda a “construir Portugal”.

O arquivo- biblioteca a Ephemera tem maias de 200.000 títulos de livros e brochuras, dezenas de milhares de jornais, milhares de cartazes e autocolantes, fotografias, folhetos, sendo reconhecido como "o maior arquivo privado de Portugal e um dos maiores da Europa".
A Associação Cultural Ephemera desde 2019 foi reconhecida com o estatuto de Utilidade Pública.

VER FOTOS

https://www.facebook.com/pg/jornalrostos/photos/?tab=album&album_id=10156852137437681

22.02.2020 - 23:04

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.