Conta Loios

postais

Encerramento de Escolas no concelho do Barreiro
Moção aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal

Encerramento de Escolas no concelho do Barreiro<br>
Moção aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal<br>
. Estão a crescer os casos COVID no concelho em ambiente escolar

Na reunião da Câmara Municipal do Barreiro foi aprovada, por unanimidade, uma moção apresentada por Bruno Vitorino, PSD, que defende uma posição favorável ao encerramento imediato de todas as escolas no concelho do Barreiro.

A escola não é o mal deste problema, não devemos estigmatizar a escola, referiu o presidente da Câmara Municipal do Barreiro.

Bruno Vitorino, referiu que existem situações preocupantes nas escolas, face ao estado da pandemia, que já afecta faixas etárias mais novas, e o constante crescimento de óbitos e casos, para além de tecer criticas ao governo por adiar a decisão de encerramento das escolas, defendeu o encerramento imediato das escolas.
Por proposta do Vereador Pedro Estrela, da CDU, foi acrescentado no texto da moção que a autarquia deve garantir as refeições aos alunos carenciados, porque, por vezes, em alguns casos, são as suas únicas refeições.
Sara Ferreira, PS, sublinhou que tal será garantido, tal, como foi na anterior situação de confinamento.
Rui Lopo, da CDU, referiu que sobre este tema existe pressão da opinião pública, existem dados empiricos, mas não existem dados concretos, para exigir alguém que se feche, quando desconhecemos o suporte técnico das opções do govereno. Como eleito não posso decidir com empirismo.

O presidente sublinhou que estão a crescer os casos COVID no concelho em ambiente escolar, são dados que existem ao nível da Protecção Civil.
Referiu que as escolas estão a sofrer efeitos da pandemia registando casos positivos em Pessoal Auxiliar e Professores, que começam a ficar em confinamento, criando dificuldades ao funcionamneto das escolas.
O autarca sublinhou que este não é um problema das escolas, é um problema da comunidade, a situação da pandemia, nesta vaga, atinge diversas faixas etárias.
Defendeu que o encerramento das escolas permite que as pessoas fiquem em casa.
A escola não é o mal deste problema, não devemos estigmatizar a escola, referiu o presidente da Câmara Municipal do Barreiro.

O texto final da moção ficou de ser acordado, porque o presidente considerou importante que no texto da moção fosse expressa a posição da CMB e do Barreiro, e, ter menos foco nas questões do governo.

20.01.2021 - 20:04

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.