Conta Loios

postais

Empresário que venceu concurso da Quinta da Braamcamp no Barreiro
Envolvido em processo de corrupção no Algarve

Empresário que venceu concurso da Quinta da Braamcamp no Barreiro<br />
Envolvido em processo de corrupção no Algarve Segundo noticia da TSF, o empresário Carlos Alberto Casimiro de Matos, não só a título individual, mas também na qualidade de representante legal da Sociedade Saint Germain - Empreendimentos Imobiliários SA, foi constituido arguido no âmbito da «Operação Triâmgulo».

Recorde-se que a empresa Saint Germain venceu o concurso de compra dos terrenos municipio do Barreiro – Quinta Braamcamp.

O processo por corrupção denominado «Operação Triângulo« levou à detenção da presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita. A autarca eleita pelo PSD, entretanto, já renunciou ao cargo.

Para além da autarca social democrata neste processo foi constituído arguido o empresário Carlos Alberto Casimiro de Matos, não só a título individual, mas também na qualidade de representante legal da Sociedade Saint Germain - Empreendimentos Imobiliários SA.

A presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António está proibida de "permanecer nas instalações e de contactar os serviços da Câmara”, igualmente, está proibida de manter "contactos diretos e indiretos com os demais arguidos", assim como com o deputado António Ribeiro Gameiro (PS), funcionários e colaboradores e com funcionários e representantes da Sociedade Saint Germain - Empreendimentos Imobiliários, SA.

O empresário Carlos Casimiro de Matos, está indiciado por "um crime de corrupção ativa de titular de cargo político".
Recorde-se que Carlos Matos, é o representante legal da empresa Saint Germais, a empresa vencedora do concurso de venda do terreno municipal da Quinta do Braamcamp, cujo concurso recebeu dois projetos, um da empresa Calatrava Grace LLC, o outro da Saint Germain – Empreendimentos Imobiliários, S.A.
O juri do concurso da Quinta Braamcamp, aprovou o projecto da empresa Saint Germain, com sede em Leiria, e, especializada na compra e venda de bens imobiliários. O valor de cinco milhões e dez mil euros.
A outra empresa, a Calatrava Grace LLC foi excluída, por deficiências no processo de candidatura. O valor da sua proposta era de cinco milhões e trinta mil euros.

16.04.2021 - 17:03

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.