Conta Loios

postais

Memorial do Herminio Gil Martins assinala 75 anos da Escola Alfredo da Silva
Aqui “muitos corações se cruzaram e uniram para uma vida em comum»

Memorial do Herminio Gil Martins assinala 75 anos da Escola Alfredo da Silva<br />
Aqui “muitos corações se cruzaram e uniram para uma vida em comum»<br />
A partir da tarde de hoje, dia 2 de maio, no átrio da Escola Alfredo da Silva, um memorial construído por Herminio Gil Martins, antigo aluno daquele estabelecimento de ensino, vai assinalar o 75º aniversário.
A peça escultórica foi descerrada por Frederico Rosa, presidente da Câmara Municipal do Barreiro e pelo Mestre Pessanha, antigo professor da escola, acompanhados pelo autor Herminio Martins e Ana Paula Costa, Directora da EBSAS.

Este foi o momento que antecedeu a visita à exposição documental sobre a história da Escola Alfredo da Silva e da Sessão Solene que assinalou as Bodas de Diamante, daquela que é a Escola Secundária mais antiga do concelho do Barreiro.
Recorde-se que a Escola Alfredo da Silva foi inaugurada em 12 de janeiro de 1947, e, ao longo de todo o ano vão realizar-se diversos eventos para a celebrar os 75 anos.

Muitos corações se cruzaram e uniram para uma vida em comum

O autor do Memorial aos 75 anos, Herminio Gil Martins, que conta anos de vida, tantos como a sua escola, antes do descerramento da peça escultórica, sublinhou que na Escola Alfredo da Silva “muitos corações se cruzaram e uniram para uma vida em comum”.
Sublinhou que o memorial procura representar a escola como sendo : “uma árvore em permanente crescimento, cujo fruto são pássaros a iniciar uma nova vida.”..
“Nada melhor que uma árvore para representar a EICAS como centro de ensino sempre em crescimento. Ela foi sempre responsável pelo desenvolvimento crescente dos alunos que a frequentaram. Aqui tem início a preparação para a vida futura.”, salientou.
Recordou que na sua escultura, os Cursos lecionados estão representados pelas respectivas cores.
De referir que, Herminio Martins é natural do Barreiro, e frequentou a Escola Alfredo da Silva entre 1960 e 1965, no Curso de Formação de Serralheiro.

Eramos jovens felizes

“Fomos pássaros que voamos para o mundo do trabalho e eramos pretendidos preferencialmente pelas empresas. Quem aqui passou tem motivos para estar grato pela formação recebida”, disse Herminio Martins, evocando nome de diversos professores, entre eles o Mestre Pessanha, presente na cerimónia.
"Nesta escola eramos jovens felizes”, disse, Herminio Martins, pelas relações que se estabeleciam e pelo ensino de excelência, com muitos e dedicados professores.

Ver fotos
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10158552629327681&type=3

02.05.2022 - 20:21

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.