Conta Loios

postais

Arquivos no Parque Empresarial da Baía do Tejo
Divulgados «tesouros» existentes no Barreiro

Arquivos no Parque Empresarial da Baía do Tejo<br />
Divulgados «tesouros» existentes no Barreiro<br />
No Parque Empresarial da Baía do Tejo decorreu uma iniciativa que envolveu o Arquivo da Administração dos Portos de Lisboa, Setúbal e Sesimbra, o Centro de Documentação do Museu Industrial da Baía do Tejo, o Arquivo Ephemera, o Espaço Memória e o Arquivo da Fundação Amélia de Mello, com a finalidade de celebrar o Dia dos Arquivos e divulgar os diferentes espólios existentes naquele parque empresarial no concelho do Barreiro.

O Parque Empresarial da Baía do Tejo, ao longo do dia de hoje, 10 de junho, Feriado Nacional, recebeu dezenas de visitantes, muitos de fora do concelho, entre eles a ex-Ministra da Cultura, Graça Fonseca, e, também Alexandra Leitão, ex- Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública.
Durante o dia, como foi referido, foram divulgados os “tesouros da Cidade dos Arquivos” da Ephemera, do Arquivo da Administração dos Portos de Lisboa, Setúbal e Sesimbra, do Centro de Documentação do Museu Industrial da Baía do Tejo, do Espaço Memória e do Arquivo da Fundação Amélia de Mello.

A exposição patente permite conhecer algumas peças raras que estão nos arquivos existentes no Parque Empresarial da Baía do Tejo.
A realização desta primeira iniciativa conjunta, pelos parceiros envolvidos na «Cidade dos Arquivos», foi considerado um passo positivo e importante que pretende-se que no futuro atinja uma maior dimensão, visando dar mais visibilidade e divulgar os importantes espólios existentes, reconhecidos domo de grande importância nacional.

Esta iniciativa que decorreu ao longo de todo o dia começou com uma vista guiada ao “território da cidade dos arquivos”, que envolveu para ciam de duas dezenas de pessoas, seguindo-se a visita guiada à Exposição do Arquivo Ephemera "Fotografias da coleção", que proporcionam uma viagem pela história contemporânea de Portugal, pela vida cosmopolita de Lisboa, pelos dias de luta pela democracia, pela guerra colonial e até pela luta pela liberdade no mundo.

Foi inaugurada a Exposição "Os Tesouros dos Arquivos", que patente no espaço do Arquivo dos Portos de Lisboa, Setúbal e Sesimbra, onde também pode ser visitada a Exposição do Colectivo SPA.
De tarde foi tempo para conhecer a exposição temporária "O poder da Imagem: As Revista de Informação Interna, que está patente no Museu Industrial da Baía do Tejo

Foi tempo para exibição do filme "Cartografia em Três Movimentos" de Inês Costa e Mário Negrão, no Espaço Memória, onde, no exterior, decorreu a Feira do Livro e animação.
Ficou a promessa de no próximo ano o Dia dos Arquivos ser assinalado no barreiro com uma programa que vá mais longe que o programa deste ano de 2022.

VER FOTOS
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10158615281567681&type=3

10.06.2022 - 22:26

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.