postais

Barreiro – Limpeza da frente ribeirinha da “Torralta”
Dá continuidade à requalificação da zona ribeirinha do Rio Coina

Barreiro – Limpeza da frente ribeirinha da “Torralta”<br>
Dá continuidade à requalificação da zona ribeirinha do Rio Coina<br>
A zona ribeirinha da vulgarmente denominada “Torralta”, em termos de planeamento urbano, está inserida no território de continuação/ ligação ao projecto POLIS, requalificando as margens ribeirinhas do Rio Coina.

Agora, em sequência da entrega daquele território, pelo governo, para a tutela da Câmara Municipal do Barreiro, foi iniciada uma operação de limpeza daquela área num total de 42 mil metros quadrados.

Recorde-se que toda a zona ribeirinha do Rio Coina, desde a Caldeira do Alemão, já há algumas décadas que vem sendo alvo de sucessivas requalificações, em sequência do projecto POLIS, que nasceu na gestão de Pedro Canário – CDU -, deu os seus primeiros passos na gestão de Emidio Xavier, foi aprofundada na gestão de Carlos Humberto . CDU, e, naturalmente, como é óbvio na vida autárquica, o projecto foi continuado na gestão de Frederico Rosa – PS.

No território designado Torralta, em termos de planeamento urbano, a intervenção que, só agora esta a ser concretizada, só é possível realizar em virtude de o Governo ter deliberado passar a tutela de alguns territórios que eram da sua área de competência, para a tutela do concelho do Barreiro, assim como outros territórios, para outros concelhos do país.
Recordo, como esta temática, da zona da Torralta, dos territórios ferroviários, foi tema de conversas em visitas de Secretários de Estado, ou do PS, ou do PSD, fruto de diálogos que eram estabelecidos por Carlos Humberto.
Esse seu esforço resultou, por exemplo, no caso do Barreiro, na criação de um Grupo de Trabalho que clarificasse, de uma vez por todas, quais os territórios que eram da CP, os que pertenciam à REFER, ou, quais os que eram da gestão das Infraestruturas de Portugal, pois, só essa clarificação permitiria tomar decisões sobre os mesmos.

Tanto quanto me ocorre à memória, foi em sequência dessa clarificação do que pertence a quem, que, findo o processo, foi assinado o protocolo de cedência da Doca Seca da CP à Câmara Municipal do Barreiro, sendo Ministra Ana Paula Vitorino e Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Carlos Humberto.

A decisão recente do governo, foi decisiva para que se pudesse concretizar esta operação de limpeza.
A obra que está em execução na margem do Rio Coina, é, sem dúvida, um importante melhoramento que contribui para ligar mais a cidade aos seus rios.
Está de parabéns o executivo municipal por dar este passo renovador. e, naturalmente, está de parabéns a população do Barreiro por poder viver mais de perto a ligação da cidade ao rio.

António Sousa Pereira


VER FOTOS

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.782687077198442&type=3 />

24.09.2023 - 12:25

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.