postais

Na Abela – Vereador Albano Pereira da Câmara Municipal de Santiago do Cacém
É uma honra recebermos um escritor que é do nosso concelho

Na Abela – Vereador Albano Pereira da Câmara Municipal de Santiago do Cacém<br>
É uma honra recebermos um escritor que é do nosso concelho No decorrer da sessão de apresentação do livro “O Eterno ciclo da vida: ao ritmo das estações do ano” do historiador-escritor António Gonçalves Ventura, o Vereador Albano Pereira da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, sublinhou – “É uma honra recebermos um escritor que é do nosso concelho”, e expressou a sua satisfação pela bela moldura humana que marcou presença.

A sala da Junta de Freguesia da Abela, estava bem composta de amigos e conterrâneos de António Gonçalves Ventura, historiador e escritor, que decidiu realizar a sessão de apresentação pública do seu livro “O Eterno ciclo da vida: ao ritmo das estações do ano”, no concelho e na terra que o viu nascer, partilhando com a sua terra, as memórias inscritas no seu livro.
“O Eterno ciclo da vida: ao ritmo das estações do ano – Contos Didácticos”, de António Gonçalves Ventura, é uma obra que insere o texto integral que o autor apresentou na 13ª edição do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca, tendo sido distinguido com uma Menção Honrosa.

Na sessão de apresentação Hélia Rodrigues, Presidente da Junta de Freguesia da Abela, expressou a sua satisfação pela realização desta iniciativa, referindo que, pela leitura que fez da obra ela traduz muitas das vivências da freguesia da Abela.
Por seu lado o Vereador Albano Pereira, da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, referiu ser “uma honra receber um escritor do nosso concelho” e, acrescentou que este é um evento que coloca um desafio à Câmara, no sentido de ter em atenção a necessidade de apoiar a divulgação de autores locais, alguns que “têm coisas guardadas” e que “deviam ser divulgadas”.
O autarca, natural de Abela, expressou a sua satisfação por ver uma “bela moldura humana” na apresentação do livro do seu conterrâneo António Gonçalves Ventura.

A apresentação da obra foi da responsabilidade de António Sousa Pereira – Director do Jornal “Rostos” que salientou o facto do livro ser um trabalho literário que teve por base um grande rigor de investigação, uma verdadeira historiografia do quotidiano que permite conhecer a identidade de uma comunidade, cujas dinâmicas estão indissociáveis dos ciclos da natureza.

António Gonçalves Ventura, recordou que agricultura é a principal actividade económica da sua freguesia Abela, sendo esta uma actividade marcada pelos ciclos da natureza.
Com a sua obra sublinhou quis entrar no território, ir ao encontro das pessoas, e “fazer alguma coisa por Abela”.
Recordou que em história deve-se falar do que é agradável e desagradável, por essa razão divulgou diversos dados sobre a evolução demográfica do concelho de Santiago do Cacém, desde o século XVIII ao século XX, e, expressou o seu interesse em dar um contributo no estudo de matérias locais, um trabalho que pretende concretizar numa parceria com Vítor Barata, um investigador do concelho.

Após o final da sessão foi realizada um visita ao Museu do Trabalho Rural, em Abela, que proporciona uma interessante viagem pelas memórias e alfaias agrícolas tradicionais, desde o legado da romanização aos instrumentos criados na era industrial.

VER FOTOGRAFIAS
https://www.facebook.com/media/set/?vanity=jornalrostos&set=a.948846943915787

05.05.2024 - 19:10

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.